Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4190

Título: Efeito do processamento de rações com diferentes níveis nutricionais e suplementadas com enzimas para frangos de corte: desempenho e digestibilidade de nutrientes
Título Alternativo: Processing effect of diets with different nutritional levels and supplemented with enzymes for broiler chickens: performance and nutrients digestibility
Autor(es): Pucci, Luiz Eduardo Avelar
Orientador: Rodrigues, Paulo Borges
Coorientador(es): Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
Bertechini, Antônio Gilberto
Membro da banca: Lima, Renato Ribeiro de
Albino, Luiz Fernando Teixeira
Área de concentração: Nutrição de Monogástricos
Assunto: Frango de corte - Alimentação e rações
Frango de corte - Enzimas
Enzimas na nutrição animal
Nutrição animal
Processamento de ração
Nutrição de monogástrico
Broiler chickens
Enzymatic complex
Diets processing
Nutrition of monogastrics
Data de Defesa: 31-Out-2008
Data de publicação: 30-Set-2014
Referência: PUCCI, L. E. A. Efeito do processamento de rações com diferentes níveis nutricionais e suplementadas com enzimas para frangos de corte: desempenho e digestibilidade de nutrientes. 2008. 113 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: Dois ensaios de desempenho e dois de metabolismo foram realizados com o objetivo de avaliar a forma física da ração, o uso de enzimas, os níveis nutricionais e a adição de vitaminas (antes ou após o processo de peletização), em dietas à base de milho e farelo de soja para frangos de corte nas fases inicial - 8 a 21 dias de idade, e final - 22 a 42 dias de idade. Os experimentos foram conduzidos em um delineamento inteiramente casualizado, com 12 tratamentos com 5 repetições de 30 aves cada (ensaios de desempenho); e 6 repetições de 5 aves cada (ensaio de metabolismo - 8 a 21 dias de idade); e 6 repetições de 3 aves cada (ensaio de metabolismo - 22 a 42 dias de idade), sendo as médias dos tratamentos comparadas pelo Teste F para contrastes mutuamente ortogonais. As dietas experimentais consistiram de duas formas físicas (farelada e triturada), sem ou com complexo enzimático (amilase, celulase e protease), dois níveis nutricionais (95 e 100% das recomendações segundo as tabelas brasileiras) e adição de vitaminas antes ou após o processo de peletização. Nos ensaios de desempenho, conduzidos isoladamente, foram avaliados consumo de ração (CR), ganho de peso (GP) e conversão alimentar (CA) e, na fase final, os rendimentos de carcaça (RC), peito (RP), coxa+sobrecoxa (RC+SC) e teor de gordura abdominal (GA) das aves. Nos ensaios de metabolismo, simultaneamente a cada ensaio de desempenho determinaram-se os valores energéticos das rações (EMAn), os coeficientes de metabolizabilidade da matéria seca (CMMS), a proteína bruta (CMPB) e o extrato etéreo (CMEE). A forma física da ração influenciou a EMAn e a digestibilidade da MS, PB e EE na fase inicial e o desempenho dos frangos e a EMAn da ração na fase final. A suplementação enzimática influenciou a CA, a EMAn e a digestibilidade dos nutrientes na fase inicial. Na fase final, a suplementação enzimática não influenciou os resultados de desempenho, entretanto influenciou EMAn, CMPB e CMEE. O nível nutricional influenciou os resultados de EMAn e a digestibilidade dos nutrientes nas fases inicial e final; CR, CA, na fase inicial e o GP e a CA na fase final. A adição de vitaminas influenciou o CR, a CA, a EMAn e a digestibilidade dos nutrientes na fase inicial e, na fase final, a CA, a EMAn e o CMEE. Na fase final, as características de carcaça não foram influenciadas pelos tratamentos experimentais. Observou-se, na fase inicial, que a ração triturada proporcionou maior EMAn. O uso do complexo enzimático influenciou apenas a CA das aves que receberam as rações fareladas, não mostrando efeito para os valores energéticos e de digestibilidade dos nutrientes. O nível nutricional em 100% das recomendações, independentemente da forma física da ração, mostraram melhores CR, CA, EMAn e digestibilidade dos nutrientes. A adição de vitaminas promoveu efeito significativo para o CR e a CA antes da peletização, enquanto a adição após a peletização influenciou a digestibilidade da MS, PB e EE independentemente do nível nutricional da ração. Na fase final, a forma física farelada proporcionou os melhores valores para GP e CA, enquanto a forma triturada influenciou a EMAn. A suplementação enzimática não influenciou os resultados de desempenho, entretanto foi significativo para EMAn, CMPB e CMEE, independentemente da forma física da ração. O nível nutricional com 100% das recomendações, independentemente da forma física da ração, influenciou GP e CA, além da EMAn e da digestibilidade dos nutrientes, exceto o CMEE, influenciado pelo nível de 95% das exigências nutricionais. A adição de vitaminas antes da peletização influenciou a CA, a EMAn e o CMEE, independentemente do nível nutricional. Para as características de carcaça não foram observados efeitos das variáveis dos tratamentos experimentais estudados.
Two assays of performance and two of metabolism were carried out to evaluate the physical form of diet, use of enzymes, nutritional levels and the vitamins addition (before or after the pelleting process) in diets based on corn and soybean meal for broiler chickens in the initial - 8 to 21 and final phases - 22 to 42 days of age. A randomized design were used with 12 treatments with 5 replicates of 30 birds each (performance assay), and 6 replications of 5 birds each (metabolism assay - 8 to 21 days of age), and 6 repetitions of 3 birds each (assay of metabolism - 22 to 42 days of age), being and the were average of the treatments compared by mutually orthogonal contrasts for the F test. The experimental diets consisted of two physical forms (meal and crushed), with or without complex enzymatic (amylase, cellulase and protease), two nutritional levels (95 and 100% of the brazilian tables recommendations) and the addition of vitamins before or after the pelleting process. In the performance assays, carried isolately, feed intake (FI), weight gain (WG) and feed conversion (FC) and, in the final phase the carcass yield (CY), pectoris yield (PY), thigh + drumsticks (TY+DS) and percentage of abdominal fat (AF) of the birds. In assay of metabolism, simultaneously at the each performance assay, it was determined the energy values of diets (AMEn), the metabolizability coefficients of dry matter (MCDM), crude protein (MCCP) and ether extract (MCEE). The physical form of diet influenced the AMEn and digestibility of DM, CP and EE in the initial phase, and the performance of chickens and AMEn in the final phase. The enzyme supplementation influenced the FC, the AMEn and digestibility of nutrients in the initial phase. In the final phase the results of performance not was influence by the enzyme supplementation, it was evaluated the, however, influenced AMEn, MCCP and MCEE. The level nutritional influenced the results of the AMEn and digestibility of nutrients in the initial and final phases, FI, FC, in the initial phase and the WG and FC in the final phase. The addition of vitamins influenced the FI, FC, the AMEn and digestibility of nutrients in the initial phase and, in the final phase the FC, the AMEn and MCEE. In the final phase, the carcass characteristics it was not influenced by experimental treatments. It was observed that, in the initial phase, the crushed diet provided greater AMEn. The use of the complex enzymatic affected only the FC birds that received the feed mash, showing no effect on the energy values and digestibility of nutrients. The nutritional level in 100% of the recommendations, regardless of physical form of diet, showed better FI, FC, AMEn and nutrients digestibility. The addition of vitamins promoted significant effect on the FI and FC before the pelleting, while the addition after the pelleting influence the digestibility of DM, CP and EE, regardless of the nutritional level diet. In the final phase, the physical meal provided the best value for WG and FC, while the diet crushed influence the AMEn. The enzyme supplementation did not influence the results of performance, however, was significant for AMEn, MCCP and MCEE, regardless of physical form of diet. The nutritional level with 100% of the recommendations, regardless of physical form of diet, influenced the WG and FC, in addition to AMEn and digestibility of the nutrients, except MCEE, influenced by the level of 95% of the nutritional requirements. The addition of vitamins before the pelleting influenced the FC, the AMEn and MCEE, regardless of nutritional level. For the carcass characteristics were not observed effects of the variables of the experimental treatments studied.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4190
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Efeito do processamento de rações com diferentes níveis nutricionais e suplementadas com enzimas para frangos de corte desempenho e digestibilidade de nutrientes.pdf606,74 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback