Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4363

Título: Procedimentos experimentais para avaliação da reação do feijoeiro ao mofo branco
Título Alternativo: Experimental procedures for evaluating the common bean reaction to white mold
Autor(es): Souza, Thais Paula de
Orientador: Santos, João Bosco dos
Membro da banca: Ferreira, Daniel Furtado
Resende, Mário Lúcio Vilela de
Assunto: Mofo branco
Gerações de repicagem
Número ideal de repetições
Tamanho ótimo da parcela
Ácido oxálico
Optimum size of the plot
Ideal number of replications
Generations replicating and white mold
Oxalic acid
Data de Defesa: 3-Jul-2009
Data de publicação: 7-Out-2014
Referência: SOUZA, T. P. de. Procedimentos experimentais para avaliação da reação do feijoeiro ao mofo branco. 2009. 25 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: 0s objetivos do trabalho foram determinar o tamanho ótimo da parcela e o número ideal de repetições em experimentos que utilizem solução de ácido oxálico como método indireto para discriminar genótipos com resistência fisiológica do feijoeiro ao mofo branco. Além disso, verificar se as sucessivas gerações de multiplicação de Sclerotinia sclerotiorum, em meio de batata, dextrose e ágar, mudam a agressividade do fungo. Oito genótipos de feijão foram avaliados em quatro experimentos com ácido oxálico ao longo do ano. Cada parcela foi representada por uma planta, repetida 30 vezes sob delineamento inteiramente casualizado. Os dados foram utilizados para estimar o tamanho ótimo de oito plantas por parcela, utilizando o método da máxima curvatura do coeficiente de variação. Para estimar o número ideal de pelo menos quatro repetições por experimento, o método de reamostragem de Monte Carlo foi simulado 3000 vezes. Após dez gerações de repicagem da S. sclerotiorum, a agressividade reduziu após a segunda geração, sugerindo apenas duas gerações a partir do escleródio, para a obtenção do inóculo, sem a perder agressividade.
The present study was carried out to determine the optimal plot size and the ideal number of repetitions in experiments using an oxalic acid solution as a method to discriminate genotypes with physiological resistance to white mold in the common bean. In addition, it was also verified if successive generations of S. sclerotiorum multiplication, in potato dextrose agar, change the aggressiveness of the fungus. Eight common bean genotypes were evaluated in four oxalic acid experiments, in different periods, throughout the year. Each plot was represented by one plant and replicated 30 times using a completely randomized design. The data collected determined the ideal size of each plot to be that of eight plants, using the method of maximum curvature of the coefficient of variation. To estimate the ideal number to be at least four replications per experiment, 3000 simulations were sampled using the Monte Carlo method. After ten generations replicating the S. sclerotiorum in vitro the aggressiveness reduced after the second generation, suggesting that only two generations be used based on sclerotium for obtaining the inoculums without losing aggressiveness.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4363
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Procedimentos experimentais para avaliação da reação do feijoeiro ao mofo branco.pdf267,54 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback