Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Microbiologia Agrícola - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4611

Título: Atividade de peroxidases, lectina e teor de β-glucano durante as fases de cultivo de Lentinula edodes (Berk) Pegler
Título Alternativo: Peroxidase, lectin activity and beta-glucan content during the cultivation phases of Lentinula edodes (Berk.) Pegler
Autor(es): Sousa, Maiara Andrade Carvalho
Orientador: Dias, Eustáquio Souza
Membro da banca: Dias, Disney Ribeiro
Marques, Simone Cristina
Pereira, Luciana Lopes Silva
Zied, Diego da Cunha
Área de concentração: Microbiologia Agrícola
Assunto: Shiitake
Ciclo de cultivo
Enzima
Composição nutricional
Shiitake
Nutritional composition
Cultivation cycle
Lectin
Antioxidant activity
Data de Defesa: 15-Ago-2014
Data de publicação: 2014
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: SOUSA, M. A. C. Atividade de peroxidases, lectina e teor de β-glucano durante as fases de cultivo de Lentinula edodes (Berk) Pegler. 2014. 96 p. Tese (Doutorado em Microbiologia Agrícola) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Os cogumelos são valorizados por suas propriedades nutricionais e terapêuticas, tornando-se atraentes como alimento funcional e como fonte de compostos bioativos. O presente trabalho foi realizado com os objetivos de avaliar o ciclo de cultivo de linhagens de Lentinula edodes a partir da produção de enzimas, lectina e β-glucano e avaliar o consumo de celulose, hemicelulose e lignina e a produtividade de cogumelos, bem como a composição centesimal, a atividade antioxidante e o teor de lectina, de lacase e de tirosinase. Os resultados apontaram um aumento no teor de lectina e lacase no micélio pigmentado. A produção de tirosinase foi maior na capa micelial marrom. O teor de β-glucano, para todas as linhagens, sofreu variações ao longo do ciclo. As linhagens apresentaram diferentes capacidades de consumir celulose, hemicelulose e lignina. As linhagens UFLA-LE4 e UFLA-LE6 foram as mais produtivas, com produtividade de 26,9% e 26,2%, respectivamente. A linhagem UFLA-LE2 apresentou maior teor de proteína bruta (30,71±0,82%) e cinzas (5,49±0,23%); UFLA-LE3, maior teor de lipídeos (3,14±0,14%); UFLA-LE6, maior teor de fibras (16,40±0,20%) e UFLA-LE5, maior teor de carboidratos (66,59±0,90%). A linhagem UFLA-LE4 apresentou maior atividade antioxidante (53,0±0,1%). As linhagens UFLA-LE3 e UFLA-LE6 apresentaram maior atividade de lectina (32 UH 50µL-1). A atividade de lacase foi maior para a linhagem UFLA-LE6 (13,78±0,62 U kg-1). Não foi detectada atividade de tirosinase no cogumelo de nenhuma linhagem. Como a linhagem UFLA-LE4 apresentou maior atividade antioxidante, a linhagem UFLA-LE2 apresentou maior teor de proteínas e cinzas e menor teor de lipídeos e a linhagem UFLA-LE6 se destacou quanto à maioria dos parâmetros nutricionais, atividade de lectina e maior produtividade em cogumelos, essas linhagens podem ser selecionadas para futuros trabalhos de melhoramento genético.
Abstract: The mushrooms are prized for their nutritional and therapeutic properties become attractive as a functional food and as a bioactive compounds source. This study aimed to evaluate the crop cycle of Lentinula edodes strains from the production of enzymes, lectin and β-glucan and to assess the intake of cellulose, hemicellulose and lignin and the mushrooms productivity, as well as the centesimal composition, antioxidant activity and the content of lectin, laccase and tyrosinase. The results showed an increase in lectin content and laccase in the pigmented mycelium. The tyrosinase production was increased in brown mycelial cover. The β-glucan content for all strains suffered variations throughout the cycle. The strains showed different capacities to consume cellulose, hemicellulose and lignin. The strains UFLA-LE4 and UFLA-LE6 were the most productive with productivity of 26.9% and 26.2%, respectively. The strain UFLA-LE2 showed higher crude protein (30.71±0.82%) and ash (5.49±0.23%), UFLA-LE3 higher lipid content (3.14±0.14%), UFLA-LE6 higher fiber content (16.40±0.20%) and UFLA-LE5 higher carbohydrate content (66.59±0.90%). The strain UFLA-LE4 showed higher antioxidant activity (53.0±0.1%). The strains UFLA-LE3 and UFLA-LE6 showed greater lectin activity (32 UH 50µL-1). The laccase activity was higher for the strain UFLA-LE6 (13.78±0.62 U kg-1). It was not detected tyrosinase activity on mushroom in any strain. As the strain UFLA-LE4 showed higher antioxidant activity; the strain UFLA-LE2 showed higher content of protein and ash and lower lipid content; and the strain UFLA-LE6 stood out as the most nutritional parameters, lectin activity and higher productivity in mushrooms, these strains can be selected for future breeding projects.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola, área de concentração em Microbiologia Agrícola, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/4611
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Microbiologia Agrícola - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Atividade de peroxidases, lectina e teor de β-glucano durante as fases de cultivo de Lentinula edodes (Berk) Pegler.pdf1,68 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback