Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/48232
Título : Irrigação por gotejamento subsuperficial e pulsos na produção de tomate de mesa
Título(s) alternativo(s): Subsuperficial drip irrigation and pulses drip irrigation tomato production
Autor: Nascimento, João Marcelo Silva do
Silva, Anita Cristina Costa da
Diotto, Adriano Valentim
Lima, Luiz Antônio
Oliveira, Mayra Carolina de
Palavras-chave: Irrigação localizada
Gerenciamento da irrigação
Tensiômetros
Drip irrigation
Management irrigation
Tensiometers
Publicador: Brazilian Journals Publicações de Periódicos e Editora Ltda.
Data da publicação: Set-2020
Referência: NASCIMENTO, J. M. S. do et al. Irrigação por gotejamento subsuperficial e pulsos na produção de tomate de mesa. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 6, n. 9, p. 65903-65916, set. 2020. DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-135.
Resumo : Objetivou-se nesse trabalho avaliar o efeito da frequência de aplicação de água e uso da irrigação por gotejamento subsuperficial na cultura do tomate de mesa em lavoura comercial. O experimento foi implantado em Ingaí (MG) utilizando um delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2x2 com duas técnicas de irrigação (gotejamento superficial e gotejamento subsuperficial) e duas frequências de irrigação (irrigação contínua e por pulsos) com seis repetições. A irrigação por pulsos consistiu na divisão da lâmina de irrigação diária, em seis vezes, com intervalos iguais de descanso e aplicação de água. Foram avaliados o potencial mátrico e variáveis de produção. Como resultado: O potencial mátrico do solo apresentou comportamento similar em função das profundidades 0,10; 0,30 e 0,50m. A produtividade comercial (20,78 kg.m-3), produção total (21 kg.m-3) a massa média de frutos (113 g) e o número médio de frutos por planta (26) não tiveram diferenças para uso da irrigação superficial, subsuperficial, contínua ou pulsos e suas interações. Não foram observadas diferenças estatísticas significativas em aplicar lâmina de irrigação de 151 de modo contínuo, em 6 pulsos por irrigação, superficial ou subsuperficial. O uso da irrigação contínua e a irrigação por pulsos não ocasionou diferenças estatísticas quantitativas para as variáveis de produção do tomate de mesa.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the effect of the frequency of water application and the use of subsurface drip irrigation on the commercial tomato crop. The experiment was implemented in Ingaí (MG) using a completely randomized experimental design in a 2x2 factorial scheme with two irrigation techniques (surface drip and subsurface drip) and two irrigation frequencies (continuous and pulsed irrigation) with six replications. Pulse irrigation consisted of dividing the daily irrigation blade six times with equal intervals of rest and water application. The matric potential and production variables were evaluated. As a result: The soil matric potential showed similar behavior as a function of depth 0.10; 0.30 and 0.50m. The commercial yield (20.78 kg.m3), total yield (21 kg.m-3), mean fruit mass (113 g) and mean number of fruits per plant (26) did not differ for use of surface irrigation, subsurface, or continuous pulses and their interactions. No significant statistical differences were observed in applying irrigation depth of 151 continuously, in 6 pulses per irrigation, superficial or subsurface. The use of continuous irrigation and pulse irrigation did not cause statistical quantitative differences for the tomato table production variables.
URI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-135
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/48232
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DEG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.