Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5131

Title: Does the analysis unit affect the consistency of the factors influencing small vertebrate road-kills?
???metadata.dc.creator???: Cardoso, Thálita de Resende
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Bager, Alex
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Grilo, Clara
???metadata.dc.contributor.referee1???: Ascensão, Fernando
Ribas, Carla
???metadata.dc.description.concentration???: Ecologia e Conservação de Recursos Naturais em Paisagens Fragmentadas e Agrossistemas
Keywords: Análises multi-escalas
Segmentos de estrada
Análise de buffers
Atropelamento de fauna
Particionamento hierárquico
Multi-scale analysis
Road segments
Buffer analysis
Wildlife-vehicle collisions
Hierarchical Partitioning
Road-kill
???metadata.dc.date.submitted???: 27-Sep-2013
Issue Date: 2015
???metadata.dc.description.sponsorship???: Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Citation: CARDOSO, T. de R. Does the analysis unit affect the consistency of the factors influencing small vertebrate road-kills? . 2014. 28 p. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
???metadata.dc.description.resumo???: Estudos de atropelamento são importantes para compreender a magnitude do impacto sobre a persistência das populações no entorno das rodovias. A decisão do tamanho e do uso de buffers ou segmentos como unidade de análise para a coleta de dados de fatores da paisagem que influenciam os atropelamentos é arbitrária. Ela pode influenciar os resultados e a definição das medidas de mitigação. Neste estudo tivemos como objetivo testar este problema utilizando unidades com diferentes formas (buffers e segmentos) e tamanhos (movimento diário, padrão e dispersão). Os dados de atropelamentos foram coletados em 2005, em uma extensão de 137 km de duas estradas federais brasileiras. Foram analisados os registros de dois répteis, cobra d'água (Helicops infrataeniatus) e tartaruga tigred’agua (Trachemys dorbigni) e três mamíferos, gambá de orelha branca (Didelphis albiventris), nutria (Myocastor coypus) e skunk (Conepatus chinga). O percentual de variância explicada de forma independente para cada classe de uso do solo foi determinada utilizando o particionamento hierárquico (HP) de modelos de regressão múltipla. Os nossos resultados mostraram que a forma de buffer é a melhor forma para ser utilizado nas análises, e que o papel do tamanho das unidades é complexo e pode ser específico da espécie. No entanto, o tamanho padrão (1000 m) parece ser uma solução razoável, uma vez que funcionou bem para as espécies com pequena e grande área de vida.
Road-kill studies are important to understand the magnitude of the impact on the persistence of the surrounding populations. The size and the decision between the use of buffers or segments as analysis unit to data collection of landscape factors influencing roadkill are arbitrary. It may influence the results and the definition and placement of mitigation measures. In this study we aimed to test this issue by using units with different shapes (buffers and segments) and sizes (daily movement, standard and dispersal) in five small vertebrate species. The road-kill data were collected weekly in 2005 in an extension of 137 km encompassing two Brazilian Federal paved roads. We analyzed records of two reptilians, water snake (Helicops infrataeniatus) and D’Orbigny’s slider (Trachemys dorbigni), and three mammals, white-eared opossum (Didelphi salbiventris), nutria (Myocastor coypus) and skunk (Conepatus chinga). We used those species because they have different life-history traits and are frequently killed on the assessed roads. The percentage of variance explained independently for each land-use class was determined using hierarchical partitioning (HP) of multiple regression models. Our results showed that buffer shape is the best shape to be used on the analyses, and that the role of size of units is complex and may be species-specific. However standard size (1000 m) seems to be a reasonable solution as it worked well for species with both low and high home-range values. Our study highlights the importance of prior analysis with several scales and shapes to identify the appropriate unit for road-kill modeling.
Description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aplicada, área de concentração em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais em Paisagens Fragmentadas e Agrossistemas, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/5131
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: en_US
Appears in Collections:DBI - Ecologia Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Does shape and scale of analysis units affect the consistency of.pdf814.62 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback