Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/6537
Título: Produção do taro 'Chinês', em cultivo solteiro e consorciado com chicória
Autor: Zárate,Néstor Antonio Heredia
Vieira,Maria do Carmo
Graciano,João Dimas
Helmich,Marcelo
Gassi,Rosimeire Pereira
Souza,Cleila Marcondes de
Palavras-chave: Colocasia esculenta
Cichorium endivia
associação de culturas
renda
Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Data: 1-Out-2007
Outras Identificações : http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542007000500043
Descrição: Objetiva-se com este trabalho avaliar a produtividade e a renda bruta do taro 'Chinês', conduzido em cultivo solteiro ou consorciado com chicória 'Escarola Lisa', nas condições ambientes de Dourados-MS. Os tratamentos foram arranjados no delineamento experimental de blocos casualizados, com cinco repetições. A colheita da chicória foi aos 97 dias após a semeadura e a do taro aos 203 dias. O consórcio foi avaliado pela razão de área equivalente (RAE) e sua validação pela renda bruta. As plantas de taro e de chicória foram influenciadas significativamente pela consorciação, exceto para altura das plantas de chicória que foram semelhantes. O cultivo solteiro proporcionou maiores produções de taro (9,90; 3,96; 10,42 e 9,03 t ha-1 de folhas, rizomas-mãe, rizomas-filho comerciais e rizomas-filho não comerciais, respectivamente) e diâmetro (19,22 cm) e número (50,69 mil ha-1) de cabeças comerciais de chicória. A RAE para o consórcio taro-chicória foi de 0,92 e, por isso, o consórcio foi considerado como não efetivo.
Idioma: pt
Aparece nas coleções:Ciência e Agrotecnologia

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.