Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DQI - Departamento de Química >
DQI - Programa de Pós-graduação >
DQI - Agroquímica - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/810

Título: Frações de lichia: caracterização química e avaliação de compostos bioativos
Autor(es): Queiroz, Estela de Rezende
Orientador: Abreu, Celeste Maria Patto de
Membro da banca: Vilas Boas, Eduardo Valério de Barros
Marcussi, Silvana
Área de concentração: Agroquímica
Assunto: Litchi chinensis
Lichia - Nutrientes
Antinutrientes
Lichia - Secagem
Antioxidantes
Nutrients
Antinutrients
Drying
Antioxidants
Data de Defesa: 27-Fev-2012
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Referência: QUEIROZ, E. de R. Frações de lichia: caracterização química e avaliação de compostos bioativos. 2012. 122 p. Dissertação (Mestrado em Agroquímica) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: A lichia é um fruto tropical a subtropical, da família das Sapindáceas, gênero Litchi, espécie Litchi chinensis, de elevado valor comercial, no entanto pouco se conhece sobre sua composição química, sobretudo da casca e da semente. As frações casca, polpa e semente in natura e a casca e a semente submetidas à secagem a 45ºC de lichias da cv. Bengal foram analisadas quanto a massa e proporção, aos constituintes químicos: vitamina C, antocianinas, compostos fenólicos, β-caroteno, licopeno, antioxidantes e aos antinutrientes: nitratos, ácido oxálico, inibidores de tripsina, lipase e α-amilase. A casca e a semente apresentam elevados valores energéticos totais e teores de carboidratos e juntas representam cerca de 50% do total do fruto. Na casca há predominância de antocianinas monoméricas e maiores teores de fibras (bruta e alimentar), lipídios, proteínas, nitrato, vitamina C e β-caroteno, que as demais frações in natura. A polpa possui maior acidez, menor pH, maiores teores de compostos fenólicos e inibidores de α-amilase, lipase e de sólidos solúveis. O ácido oxálico não foi encontrado nas frações de lichia, enquanto o licopeno foi encontrado apenas na semente. Elevadas atividades antioxidantes foram obtidas na casca e na semente. A secagem a 45º C influenciou o pH e a acidez titulável da semente, os teores de sólidos solúveis e os níveis dos três inibidores enzimáticos, observando-se aumento na atividade inibitória de tripsina e α-amilase e decréscimo na atividade inibitória de lipase. Com a secagem houve perdas de 30% no teor de antocianinas totais da casca; de 89 e 79% do total de vitamina C (da casca e da semente, respectivamente), além de decréscimo na atividade antioxidante de todos os extratos analisados. Também foram observados aumento nos teores de licopeno e compostos fenólicos, após o processo de secagem. Os baixos teores de antinutrientes e os elevados teores de antioxidante e vitamina C encontrados na casca e na semente possibilitam o uso das frações de lichia como fontes de nutrientes e antioxidantes naturais
Litchi is a subtropical to tropical fruit, of the family Sapindaceae, genus Litchi, Litchi chinensis species of high commercial value, although little is known about its chemical composition, especially the shell and seed. The fractions shell, flesh and fresh seed and seed and shell subsequently dried at 45°C of litchi cv. Bengal were analyzed for weight and proportion, chemical constituents: vitamin C, anthocyanins, phenolic compounds, β-carotene, lycopene, antioxidants and antinutrients: nitrate, oxalic acid, trypsin inhibitors, α-amylase and lipase. The shell and seeds have high energy values and total carbohydrates and together represent about 50% of the total fruit. In the shell there is a predominance of monomeric anthocyanins and higher levels of fiber (crude and food), lipids, proteins, nitrate, vitamin C and β-carotene, than in the other fractions fresh. The flesh has a higher acidity, lower pH, higher levels of phenolic compounds and inhibitors of α-amylase, lipase and soluble solids. Oxalic acid was not found in any of the fractions and lycopene was found only in the seed. High antioxidant activities were obtained in the shell and seed. Drying at 45°C influenced the pH and titrable acidity of the seed, and the soluble solids content, as well as the levels of the three enzyme inhibitors. An increase in the activity of the trypsin inhibitor and α-amylase and a decrease in the activity of lipase inhibitory were observed. With drying there was a decrease of the 30% in the anthocyanins of shell, of 89 and 79% of vitamin C (of the shell and seed, respectively), as well as in the antioxidant extracts that were analyzed. An increase in lycopene content of phenol compounds was observed after the drying process. The low levels of antinutrients and high levels of antioxidant and vitamin C found in the shell and seeds allow the use of fractions of litchi as sources of nutrients and natural antioxidants
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-graduação em Agroquímica, para a obtenção do título de Mestre
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/810
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DQI - Agroquímica - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Frações de lichia: caracterização química e avaliação de compostos bioativos.pdf599,7 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback