Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9360

Título: Níveis de fibra dietética e energia metabolizável em rações para frangos de corte
Autor(es): Clemente, Alisson Hélio Sampaio
Orientador: Fassani, Édison José
Membro da banca: Geraldo, Adriano
Alvarenga, Renata Ribeiro
Rodrigues, Paulo Borges
Área de concentração: Produção e Nutrição de não Ruminantes
Assunto: Avicultura
Digestibilidade
Poultry
Digestibility
Data de Defesa: 19-Dez-2014
Data de publicação: 7-Mai-2015
Agência de Fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: CLEMENTE, A. H. S. Níveis de fibra dietética e energia metabolizável em rações para frangos de corte. 2014. 62 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: Objetivou-se com este trabalho combinar níveis de fibra dietética e energia metabolizável em rações para frangos de corte e avaliar seus efeitos sobre o desempenho produtivo, rendimento de carcaça, desenvolvimento de órgãos, pH da moela e porções do trato gastrintestinal e digestibilidade de nutrientes. O experimento foi conduzido no Setor de Avicultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras, sendo composto por 640 pintos machos, da linhagem Cobb 500®, com um dia de idade. O período experimental teve duração de 42 dias e as aves foram distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial, 3x3+1, constituído por dez tratamentos, sendo três níveis de fibra bruta (3,0; 3,5 e 4,0%), três níveis de energia metabolizável (2900, 3000 e 3100 kcal/kg) e um tratamento controle em oito repetições cada, totalizando 80 parcelas. As rações experimentais foram fornecidas até o 21ºdia de idade, e a partir desta idade, foi fornecida ração de mesma composição nutricional a todas as aves até os 42 dias. Aos sete e aos 21 dias de idade foram analisados o desempenho (consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar), o desenvolvimento (peso total e comprimento) de órgãos (moela, coração, intestinos, fígado, pâncreas), a metabolizabilidade de matéria seca (CMMS), proteína (CMPB), gordura (CMG) e energia metabolizável aparente (EMA) e energia metabolizável aparente corrigida por nitrogênio (EMAn). Aos 21 dias também foram avaliados o tempo de trânsito intestinal (TTI) e valores de pH da moela e de porções do trato gastrintestinal. Aos 42 dias foram avaliados o desempenho (consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar), desenvolvimento de órgãos (peso e comprimento total) e rendimento de carcaça e peso relativo de cortes (peito, coxa + sobrecoxa e asas). A utilização dos níveis de fibra dietética e energia metabolizável melhoraram o desempenho produtivo, desenvolvimento de órgãos, metabolizabilidade de nutrientes e os valores energéticos das rações para aves até 21 dias de idade. Não havendo diferenças em nenhuma das características avaliadas aos 42 dias de idade, indicando não ocorrer efeito residual das dietas aplicadas até os 21 dias de idade sobre os frangos aos 42 dias de idade.
In this work had as objective to combine dietary fiber levels and metabolizable energy in diets for broilers and evaluate its effects on productive performance, carcass yield, development of organs, pH of the gizzard and portions of the gastrointestinal tract and nutrient digestibility. The experiment was conducted at the Poultry Section of the Animal Science Department of the Federal University of Lavras, and consists of 640 male chicks, lineage Cobb 500®, with one day of age. The experimental period lasted 42 days and the poultry were distributed in a completely randomized design in factorial, 3x3 + 1, consisting for ten treatments, three crude fiber levels (3.0, 3.5 and 4.0%), three levels of metabolizable energy (2900, 3000 and 3100 kcal/kg) and a control treatment in eight repetitions each, totaling 80 plots. The experimental diets were fed to the 21th day old, and after that age, were provided feed of the same nutritional composition to all the poultry up to 42 days. At seven and 21 days of age were analyzed performance (feed intake, weight gain and feed conversion), development (weight and length) of organs (gizzard, heart, intestines, liver, pancreas), the metabolizability dry matter, protein, fat and apparent metabolizable energy and apparent metabolizable energy corrected by nitrogen. At 21 days were also evaluated intestinal transit time (ITT) and pH values of gizzard and portions of the gastrointestinal tract. At 42 days were evaluated the performance (feed intake, weight gain and feed conversion), development organs (weight and length) and carcass yield and relative weight of cuts (breast, thighs and drumsticks and wings). The use of dietary fiber levels and metabolizable energy levels have improved the productive performance, development of organs, metabolization of nutrients and energy values of diets for poultry up to 21 days old. No differences in any of the characteristics evaluated at 42 days old, showing no occur residual effects of the diets applied up to 21 days of age on the chickens at 42 days of age.
Informações adicionais: Dissertação apresentada como parte das exigências do Programa de Pós- Graduação em Zootecnia, Área de Concentração em Produção e Nutrição de não Ruminantes para obtenção do título de mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9360
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Níveis de fibra dietética e energia metabolizável em rações para frangos de corte.pdf297,15 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback