Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9527

Título: Tipos de lâmpadas e cor da luz para codornas japonesas nas fases de crescimento e seus efeitos na fase de produção
Autor(es): Espósito, Marcelo
Orientador: Fassani, Édison José
Membro da banca: Geraldo, Adriano
Castro, Jaqueline de Oliveira
Rodrigues, Paulo Borges
Yanagi Junior, Tadayuki
Área de concentração: Produção e Nutrição de Não Ruminantes
Assunto: Coturnicultura
LED’s (Diodo emissor de luz)
Cor de luz
Comprimento de onda
Quail production
LED’s (Light Emitting Diode)
Light color
Wavelength
Data de Defesa: 26-Fev-2015
Data de publicação: 13-Mai-2015
Agência de Fomento: Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: ESPÓSITO, M. Tipos de lâmpadas e cor da luz para codornas japonesas nas fases de crescimento e seus efeitos na fase de produção. 2015. 58 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: A coturnicultura é uma atividade avícola que vem se destacando no Brasil. As codornas durante a fase de crescimento possuem necessidades especiais, principalmente em nutrição e manejo. Algumas ações de manejo podem ser utilizadas visando à maximização do potencial produtivo, a exemplo da luz que está diretamente envolvida no desenvolvimento reprodutivo desta espécie. De baixo custo, com bons resultados e de fácil uso, as lâmpadas se tornaram grande sucesso e ainda é o método popular de iluminação. Lâmpadas incandescentes liberam a maior parte de sua energia sob a forma de fótons de luz infravermelho carregados de calor, apenas 10% da luz produzida alcançam o espectro visível e isso desperdiça muita eletricidade. Fontes de luz fria como lâmpadas fluorescentes e LED’s (Light Emitting Diode) não desperdiçam tanta energia gerando calor, emitindo assim muito mais luz visível. Objetivou-se no presente estudo avaliar o impacto da aplicação de diferentes tipos de luz nas fases de cria e recria sobre o desempenho produtivo, biometria de vísceras e qualidade de ovos em codornas japonesas. O experimento foi conduzido no Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras. Foram utilizadas 1554 codornas japonesas fêmeas com um dia de idade e os tratamentos experimentais foram constituídos por seis diferentes comprimentos de ondas emitidos por três tipos de lâmpadas, a citar: Incandescente amarela, Fluorescente compacta branca e LED’s (azul, verde, vermelha e branca). As aves foram submetidas aos tratamentos durante a fase de crescimento (1 a 35 dias de idade), sendo avaliado nessa fase o desempenho zootécnico, o crescimento de vísceras e a viabilidade do lote. Aos 35 dias de idade as aves foram transferidas para o galpão de postura onde foi registrado o desempenho zootécnico, evolução da produção de ovos, qualidade interna e externa dos ovos e viabilidade das aves. Nas fases de crescimento utilizou-se sete repetições, sendo a parcela experimental constituída por 37 aves. No momento da transferência de instalações foram selecionadas 20 aves em cada unidade experimental, com o peso vivo próximo à média da parcela, sendo alojadas 10 aves por gaiola na fase de produção, totalizando 14 repetições com seis tratamentos para verificação do efeito residual. As médias foram submetidas à análise de variância utilizando o pacote computacional SAS, e quando significativa, os diferentes comprimento de onda, foram comparados entre si pelo teste SNK (P<0,05). Conclui-se que comprimentos de ondas específicos, usados nas fases de cria e recria, influenciam o desempenho produtivo de codorna japonesa, sendo o comprimento de onda branco o que se mostrou mais eficiente.
The quail production is a poultry activity that has been increasing in Brazil. During quails’ growth stage, this phase have special needs, especially regarding nutrition and handling. Some handling actions can be used in order to maximize the productive potential, as example, the light is directly involved in the reproductive development of this species. Bulbs have become very successful and are still popular lighting method, because it is low cost, easy to use and bring good results. Incandescent bulbs release most of their energy in the form of infrared light photons loaded with heat, and only 10% of light output reaches the visible spectrum and this waste a lot of electricity. Cold light sources such as fluorescent lamps and LED’s (Light Emitting Diode) do not spend so much energy generating heat, consequently emitting more visible light. In this study aimed to evaluate the impact of the application of different light types in development phase on productive performance, biometric viscera and egg quality in Japanese quail. The experiment was conducted at the Animal Science Department of Federal University of Lavras. It was used 1554 Japanese female quails with one day of age. The experimental treatments consisted of six different wavelengths emitted for three bulbs types, such as: Yellow Incandescent, White compact Fluorescent and LED’s (blue, green, red and white). The quails were submitted the treatments during the growth phase (1 to 35 days of age), this stage being evaluated zootechnical performance, viscera growth and batch viability. At 35 days of age the quails were transferred to the laying house where it was registered the zootechnical performance, evolution of egg production, internal and external egg quality, and quails viability. In the growth phase seven replicates were used and the experimental group had 37 quails. At the time of installations’ transfer, 20 quails were selected in each experimental unit with live weight close to the parcel average; 10 quails were housing per cage in the production phase, totaling 14 repetitions with six treatments to verify the residual effect. The averages were submitted to variance analysis using the SAS computer package, and when significant, the different wavelength were compared with each other by SNK test (P<0.05). It was concluded that specific wavelengths used in the development phases influence the productive performance of Japanese quail. The white wavelength was considered the most efficient.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, área de concentração em Produção e Nutrição de Não Ruminantes, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9527
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Tipos de lâmpadas e cor da luz para codornas japonesas nas fases de crescimento e seus efeitos na fase de produção.pdf611,97 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback