Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Programa de Pós-graduação >
DMV - Ciências Veterinárias - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9686

Título: Avaliação epidemiológica da leishmaniose visceral em Belo Horizonte, Minas Gerais, 2006 a 2013
Título Alternativo: Epidemiological evaluation of visceral leishmaniasis in Belo Horizonte, Minas Gerais, 2006 - 2013
Autor(es): Bruhn, Fábio Raphael Pascoti
Orientador: Rocha, Christiane Maria Barcellos Magalhães da
Coorientador(es): Morais, Maria Helena Franco
Membro da banca: Guedes, Elizangela
Muniz, Joziana de Paiva
Pereira, Stela Márcia
Barçante, Thales Augusto
Área de concentração: Ciências Veterinárias
Assunto: Leishmania infantum
Saúde pública
Analise espacial
Séries temporais
Epidemiologia
Fatores de risco
Public health
Spatial analysis
Time series
Epidemiology
Risk factors
Data de Defesa: 12-Mai-2015
Data de publicação: 27-Mai-2015
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: BRUHN, F. R. P. Avaliação epidemiológica da leishmaniose visceral em Belo Horizonte, Minas Gerais, 2006 a 2013. 2015. 155 p. Tese (Doutorado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: Objetivou-se neste estudo avaliar a relação temporal e espacial entre os casos de leishmaniose visceral canina (LVC) e humana (LVH) em Belo Horizonte/MG, no período de 2006 a 2013, além de avaliar a associação entre possíveis fatores de risco ao óbito por LVH ocorridos no município neste período. Assim, foi realizado um estudo observacional e ecológico retrospectivo, por meio da análise de dados secundários, gerados pelo serviço de saúde na rotina de controle da enfermidade em Belo Horizonte /MG. Foram avaliadas as informações referentes à taxa de incidência de casos humanos, além da soroprevalência canina, de acordo com as ações de controle, realizadas nas 148 áreas de abrangência dos centros de saúde, entre 2006 e 2013. Foram feitas análises descritivas das variáveis levantadas, como sexo, idade, cor da pele e escolaridade dos casos de LVH, além de testes de qui-quadrado e Exato de Fisher, visando avaliar a associação entre essas variáveis e os óbitos por LVH e coinfecção pelo vírus causador da aids, por meio do software SPSS 20.0. As análises temporais foram realizadas utilizando o software Gretl 1.9.12. Dessa forma, foram construídas as séries temporais dos dados e, assim, avaliada a existência de tendência e sazonalidade, bem como ajustados modelos ARIMA com posterior análise de intervenção e modelos VAR para testar a relação temporal entre as variáveis. Nas análises espaciais, a identificação dos clusters foi feita pela análise Hot Spot, por meio da estatística Getis-OrdGi. As análises espaciais foram realizadas por meio do software Arc Gis for desktop 10.2.1. Entre 2006 e 2013 houve 866 casos de LVH em Belo Horizonte/MG e, destes, 111 vieram a óbito. Indivíduos do gênero masculino, mais velhos e coinfectados pelo HIV apresentaram maior risco de morrer por LV em Belo Horizonte (p<0,05). Por meio de análises temporais, foi possível verificar que a proporç ão de prevalência da LVC e a proporção de reservatórios no ambiente apresentaram uma relação de influência sobre os casos de LVH (p<0,05). Ao observar os mapas de distribuição de casos de LVH, LVC e óbitos, é possível verificar que a ocorrência de casos humanos está aparentemente associada aos casos caninos ocorridos em anos anteriores. As ocorrências de casos humanos no espaço parecem se deslocar para áreas de maior concentração de reservatórios após 2009. Esses resultados sugerem que medidas que avaliem as ações de controle da LV devem ser realizadas, ao longo do tempo, como por meio de séries temporais, considerando qu e o efeito de tais medidas pode ocorrer após longos períodos de tempo.
The objective of this study was to evaluate the temporal and spatial relation between cases of canine visceral leishmaniasis (CVL) and human visceral leishmaniasis (HVL) in Belo Horizonte, MG, Brazil, from 2006 to 2013, as well as evaluate the association between possible death risk factors of HVL that occurred in the municipality during this period. Therefore, we conducted a retrospective observational and ecological study by means of the a nalysis of secondary data generated by healthcare service in the control routine of the infirmity at Belo Horizonte. We evaluated the information regarding the incidence rate of human cases, in addition to the canine seroprevalence, according to the control actions performed in the 148 areas of coverage of the healthcare centers between 2006 and 2013. We performed descriptive analyzes of the surveyed variables, such as gender, age, skin color and education, of the HVL cases, in addition to chi-square and Fisher's exact tests, in order to evaluate the association between these variables and the deaths from HVL and coinfection by the aids virus, by means of the SPSS 20.0 statistical software. The temporal analyzes were performed using the Gretl 1.9.12 statist ical software. Thus, we constructed the data time series, evaluating the existence of tendency and seasonality, as well as adjusting the ARIMA models with posterior intervention analysis and VAR models to test the temporal relation between the variables. In the spatial analysis, the identification of clusters was performed by the Hot Spot analysis, by means of the Getis -Ord Gi statistics. The spatial analysis were performed by means of the ArcGis software for desktop 10.2.1. Between 2006 and 2013, there were 866 cases of HVL in Belo Horizonte and, of these, 111 lead to death. Male, older individuals, co-infected with HIV, presented higher risk of death from VL in Belo Horizonte (p <0.05). By means of the temporal analysis, it was possible to verify that the proportion of CVL prevalence and the proportion of reser voirs in the environment influenced the HVL cases (p <0.05). When observing the distribution maps for HVL, CVL and deaths, we verified that the occurrence of human cases is apparently associated with canine cases occurred in previous years. The occurrences of human cases in space seem to dislocate to areas of higher concentration of reservoirs after 2009. These results suggest that measures that evaluate the control actions for VL must be performed over time, as by means of time series, considering that the effect of such measures can occur after long periods of time.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/9686
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DMV - Ciências Veterinárias - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Avaliação epidemiológica da leishmaniose visceral em Belo Horizonte, Minas Gerais, 2006 a 2013.pdf3,16 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback