DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Programa de Pós-graduação >
DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1025

Título: Imuno-histoquímica para diagnóstico rápido da raiva bovina e estudo da distribuição periférica do vírus
Autor(es): Abreu, Camila Costa
Orientador: Bezerra Júnior, Pedro Soares
Membro da banca: Raymundo, Djeison Lutier
Varaschin, Mary Suzan
Vasconcelos, Rosemeri de Oliveira
Área de concentração: Patologia, Clínica e Cirurgia Veterinárias
Assunto: Bovino
Cattle
Hidrofobia
Rabies
Data de Defesa: 27-Fev-2012
Data de publicação: 10-Set-2013
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: ABREU, C. C. Imuno-histoquímica para diagnóstico rápido da raiva bovina e estudo da distribuição periférica do vírus. 2012. 75 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.
Resumo: O presente trabalho foi dividido em duas partes. Na primeira é apresentado o emprego de um protocolo de processamento em micro-ondas para diagnóstico histopatológico e imuno-histoquímico rápido da raiva bovina. A imuno-histoquímica (IHQ) tem sido empregada para diagnóstico de raiva em tecidos fixados em formol com resultados satisfatórios, porém o tempo para obtenção do diagnóstico é consideravelmente maior em relação à imunofluorescência direta (IFD). Por meio do protocolo avaliado foi possível um diagnóstico histopatológico provisório de raiva em torno de três horas e meia após a coleta. O diagnóstico imuno-histoquímico foi obtido em cerca de seis horas após a coleta. O protocolo apresentou 100% de correlação com a IFD, sendo bastante promissor principalmente para situações em que apenas material em formol está disponível para diagnóstico ou quando a refrigeração ou o transporte dos tecidos refrigerados são problemáticos. Na segunda parte foi realizado um estudo histopatológico e imuno-histoquímico de tecidos fora do sistema nervoso central em 48 casos de raiva bovina, confirmados pela IFD e/ou IHQ do sistema nervoso central. Nos bovinos deste estudo, foi observada inflamação mononuclear em todos os gânglios trigêmeos, espinhais, estrelados e celíacos analisados, em todas as adrenais na região medular, em 85% das neuro-hipófises, em 55% das pars intermedias e em 15% da pars distalis da adeno-hipófise. A IHQ foi positiva em 92,31% dos gânglios espinhais lombares, em 90,9% dos gânglios trigêmeos, em 41,67% dos gânglios estrelados e em 16,67% dos gânglios celíacos. Uma das adrenais avaliadas (1/17) apresentou marcação IHQ fortemente positiva no citoplasma de feocromócitos. A IHQ da hipófise foi positiva em um caso na neuro-hipófise (1/20) e em um na pars intermedia da adeno-hipófise (1/20). Os dados do presente estudo indicam que em casos suspeitos de raiva em bovinos, além do complexo hipófise, rete mirabile e gânglio trigêmeo, a avaliação de outros gânglios, particularmente os espinhais lombares, e da adrenal pode também contribuir para o diagnóstico e o entendimento da patogênese da doença nesta espécie
This work was divided in two parts. The first is presented the use of a microwave processing protocol for the rapid histopathological and immunohistochemical diagnosis of bovine rabies. Immunohistochemistry (IHC) has been used for rabies diagnosis in formalin-fixed tissue with satisfactory results, although the time to diagnosis is considerably longer than that with direct immunofluorescence (DIF). The protocol provided a provisory histopathological rabies diagnosis in approximately three and half hours and the immunohistochemical diagnosis was available after six hours. The protocol achieved 100% correlation with DIF and is a promising method, particularly in situations in which only material in formalin is available for diagnosis or when the refrigeration or transportation of biological material is difficult. In the second part, it was performed an histopathological and immunohistochemical study of tissues outside the central nervous system in 48 cases of bovine rabies confirmed by the DIF and/or IHC from central nervous system. Staining among cattle of this study, inflammation was observed in all trigeminal, spinal, stellate and celiac ganglion analyzed, in all adrenal glands, at medullary region, in 85% of neurohypophysis, in 55% of the pars intermedias and 15% of the pars distalis of the adenohypophysis. IHC was positive in 92,31% of the lumbar spinal ganglion, in 90,9% of trigeminal ganglion, in 41,67% of the stellate ganglion and 16,67% of the celiac ganglion. One of the adrenal evaluated (1/17) presented IHC labeling strongly positive inside the cytoplasm of pheochromocytes. The IHC from pituitary was positive in one case in the neurohypophysis (1/20) and one in the pars intermedia of the adenohypophysis (1/20). The data from this study link that in suspected cases of rabies, in addition to the complex of trigeminal ganglion, rete mirabile and pituitary gland, the evaluation of other ganglions, specially the lombar spinal ganglion, and of the adrenal gland can also contibute to the diagnosis and to the knowledge of the pathogenesis of the disease in cattle
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias, área de concentração em Patologia, Clínica e Cirurgia Veterinárias, para obtenção do título de Mestre
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1025
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Imuno-histoquímica para diagnóstico rápido da raiva bovina e estudo da distribuição periférica do vírus.pdf1,03 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback