DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEN - Departamento de Entomologia >
DEN - Programa de Pós-graduação >
DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1056

Título: Influência da interação roseira-coentro (Coriandrum sativum) – pulgão (Macrosiphum euphorbiae) (Aphididae) no comportamento de Chrysoperla externa (Chrysopidae)
Autor(es): Bastidas, Jordano Salamanca
Orientador: Souza, Brígida
Membro da banca: Piaggio, Martin Francisco Pareja
Carvalho, Lívia Mendes de
Resende, André Luis Santo
Área de concentração: Entomologia Agrícola
Assunto: Controle biológico conservativo
Macrosiphum euphorbiae
Chrysoperla externa
Apiaceae
Interação tritrófica
Conservative biological control
Tritrophic interaction
Data de Defesa: 26-Fev-2013
Data de publicação: 2013
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: BASTIDAS, J. S. Influência da interação roseira-coentro (Coriandrum sativum) – pulgão (Macrosiphum euphorbiae) (Aphididae) no comportamento de Chrysoperla externa (Chrysopidae). 2013. 73 p. Dissertação (Mestrado em Entomologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: As roseiras são umas das culturas principais do Brasil e, como todo cultivo agrícola, também são hospedeiras de diversas pragas. Entre elas se encontra o pulgão Macrosiphum euphorbiae, causador de danos significativos devido, especialmente, à deformação dos brotos. O método mais utilizado no controle deste pulgão é o químico, o qual causa muitos danos ao ambiente e ao homem. Para evitar estes problemas advindos do uso inadequado desses produtos, deve-se estimular o uso do controle biológico. O predador Chrysoperla externa é um eficiente controlador de diversas pragas agrícolas, entre as quais os afídeos se destacam como suas presas preferidas. Este inseto pode ser atraído para o interior de um agroecossistema por diferentes espécies de plantas companheiras, sendo o coentro (Coriandrum sativum), uma das mais pesquisadas mundialmente, por interferir no comportamento dos inimigos naturais de modo a aumentar sua eficiência como controlador biológico. Assim, objetivou-se avaliar o número de ovos produzidos por C. externa nas plantas de roseira com coentro como planta companheira, em função da presença de M. euphorbiae, bem como sua resposta olfativa às fontes de odor das roseiras e do coentro, influenciadas por M. euphorbiae. Em casa de vegetação foram liberados 80 casais de C. externa, mantidos juntos por 10-12 dias de modo a garantir a cópula. Ao longo de sete dias de avaliação foram contados os ovos nas roseiras e no coentro. Em laboratório se avaliou a resposta olfativa com um olfatômetro em “Y” observando a atração das fêmeas de C. externa em cada braço do aparelho, até um máximo de 10 minutos, medindo-se a resposta inicial (RI) (1a resposta) e a resposta final (RF) (permanência > 30 seg.) de cada fêmea. Em casa de vegetação constatou-se que o fator afídeo tem uma influência significativa (P ≤ 0,05) na oviposição de C. externa nas roseiras, independente da presença ou ausência do coentro. Nos estudos de olfatometria, fêmeas de C. externa apresentam uma atração significativa para as roseiras infestadas com afídeos (RI= 67% e RF= 74%), e para aquelas não infestadas e tendo o coentro como planta companheira (RI e RF= 67%), tanto na resposta inicial como final. Pode-se evidenciar que a presença de M. euphorbiae nas plantas é um fator determinante na preferência de oviposição deste predador, podendo ser uma presa adequada para seu desenvolvimento e sobrevivência da sua prole. Constatou-se, também, que o coentro é uma planta atrativa a C. externa devido aos voláteis que exalam, podendo ser útil na atração desse inimigo natural em cultivos de roseira
Rose bushes are one of the main cultures in Brazil and, as in every agricultural cultivation, they are also host for various pests. Among these is the aphid Macrosiphum euphorbiae, responsible for significant damage, especially due to the deformation of the sprouts. The most widely used control method for this aphid is the chemical, which causes many damages to man and to the environment. In order to avoid these problems derived from the inadequate use of these products, we must stimulate the use of biological control. The predator Chrysoperla externa is an efficient controller of many agricultural pests, among which the aphids are highlighted as their favored prey. This insect may be attracted to the interior of an agro-ecosystem by different species of company plants, being coriander (Coriandrum sativum) one of the most worldwide researched, for interfering in the behavior of the natural enemies, increasing its efficiency as a biological control. Thus, we aimed at evaluating the number of eggs produced per C. externa in rose bushes with coriander as a company plant, in regard to the presence of M. euphorbiae, as well as its olfactory response to the sources of odor of the rose bushes and coriander, influenced by M. euphorbiae. We released 80 pairs of C. externa in a greenhouse, maintained together for 10 – 12 days in order to guarantee copulation. Over the course of seven days of evaluation we counted the eggs in the rose bushes and coriander. In laboratory we evaluated the olfactory response with an olfactometer in “Y” observing the attraction of C. externa females in each arm of the device, until a maximum of 10 minutes, measuring the initial response (RI) (1st response) and the final response (RF) (permanence > 30 sec.) of each female. In the greenhouse we noted that the aphid factor presents a significant influence (P ≤ 0.05) in C. externa spawning on the rose bushes, independent of the presence or absence of the coriander. In the olfactometry studies, the C. externa females presented a significant attraction to the rose bushes infested by aphids (RI = 67% and RF = 74%), and for those not infested and having the coriander as companion plant (RI and RF = 67%). We may affirm that the presence of M. euphorbiae on the plants is a determining factor in the preference of the predator’s spawning, and it may be an adequate prey for its development and the survival of its offspring. We also noted that the coriander is an attractive plant to the C. externa due to the volatiles they exhale from the leaves, and may be useful in attracting this natural enemy of the rose bush cultivations
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Entomologia, área de concentração em Entomologia Agrícola, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1056
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_Influência da interação roseira-coentro....pdf1,08 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback