Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10640
Título: Manganês e flúor para o manejo da mancha aureolada do cafeeiro (Pseudonomas syringae pv. garcae)
Título(s) alternativo(s): Manganese and fluorine for the management of bacterial blight of coffee tree (Pseudonomas syringae pv. garcae)
Autor : Velloso, Jeanny Alice
Lattes: http://lattes.cnpq.br/2523859173651560
Primeiro orientador: Souza, Paulo Estevão de
Primeiro coorientador: Pozza, Edson Ampélio
Segundo coorientador: Pozza, Adélia Aziz Alexandre
Primeiro membro da banca: Guimarães, Rubens José
Segundo membro da banca: Carvalho, Milene Alves de Figueiredo
Palavras-chave: Mancha aureolada
Café
Nutrição mineral
Epidemiologia
Bacterial blight
Coffee
Mineral nutrition
Epidemiology
Data da publicação: 3-Dez-2015
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: VELLOSO, J. A. Manganês e flúor para o manejo da mancha aureolada do cafeeiro (Pseudonomas syringae pv. garcae). 2015. 43 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitopatologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: Com o objetivo de avaliar o efeito de concentrações de manganês (Mn) e flúor (F) para o manejo da mancha aureolada do cafeeiro, conduziu-se experimento instalado inicialmente em casa de vegetação e posteriormente sob condições controladas em câmara de crescimento, para avaliar a intensidade da doença e fotossíntese. O ensaio foi conduzido no Departamento de Fitopatologia (DFP), da Universidade Federal de Lavras (UFLA). A cultivar suscetível Catuaí Vermelho IAC 99 foi utilizada. Os tratamentos consistiram na combinação de cinco concentrações de Mn (0; 0,7; 1,4; 2,8; e 5,6 g. L -1 ) e cinco concentrações de F (0; 0,01875; 0,0375; 0,075; e 0,15 g. L -1 ), em esquema fatorial 5 x 5, totalizando 25 tratamentos com quatro repetições. O delineamento foi em blocos casualizados. Houve interação significativa entre as concentrações de Mn e F para a área abaixo da curva de progresso da incidência (AACPI) e para a área abaixo da curva de progresso da severidade (AACPS). Não houve influência da interação entre as concentrações de Mn e F na fotossíntese das mudas de cafeeiro, bem como não houve efeito isolado para as concentrações de F. As concentrações de Mn influenciaram significativamente a fotossíntese, havendo redução decorrente ao aumento das concentrações deste nutriente.
Abstract: In order to evaluate the effect of concentrations of manganese (Mn) and fluorine (F) for the management of bacterial blight in coffee, experiment was conducted initially in greenhouse and later under controlled conditions in growth chamber to evaluate the intensity of the disease and photosynthesis. The assay was conducted in the Department of Plant Pathology (DFP), at Lavras Federal University (UFLA). The susceptible cultivar Catuaí Vermelho IAC 99 was used. Treatments consisted of a combination of five Mn concentrations (0, 0.7, 1.4, 2.8, and 5.6 g L -1 ) and five F concentrations (0, 0.01875, 0.0375, 0.075 and 0.15 g L -1 ) in a factorial 5 x 5, totaling 25 treatments with four replications. The experimental design was a randomized block. There was a significant interaction between the concentrations of Mn and F to the area under disease progress curve of incidence (AUDPCI) and the area under disease progress curve of severity (AUDPCS). There was no influence of the interaction between the concentrations for Mn and F in the photosynthesis rate of the coffee seedlings, and no isolated effect for concentrations of F. The Mn concentrations significantly influenced photosynthesis, occurring decrease due to increase of the nutrient concentration.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10640
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DFP - Agronomia/Fitopatologia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Manganês e flúor para o manejo da mancha aureolada do cafeeiro (Pseudonomas syringae pv. garcae).pdf869,23 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.