Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10704
Título: Aplicação de microesferas de vidro para avaliação da qualidade da superfície serrada da madeira de Eucalyptus grandis
Autor : Pigozzo, Paulo Fernando Jordão
Primeiro orientador: Lima, José Tarcísio
Primeiro membro da banca: Hein, Paulo Ricardo Gherardi
Segundo membro da banca: Cardoso Júnior, Antonio Américo
Palavras-chave: Serrarias
Rendimento
Qualidade superficial
Microesferas de vidro
Sawmill
Yield
Surface quality
Glass microspheres
Data da publicação: 17-Dez-2015
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: PIGOZZO, P. F. J. Aplicação de microesferas de vidro para avaliação da qualidade da superfície serrada da madeira de Eucalyptus grandis. 2015. 73 p. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia da Madeira)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2015.
Resumo: Em serrarias é crescente o uso de maquinário e softwares visando o aumento do rendimento do desdobro. Essas medidas visam também aprimorar a qualidade da madeira serrada, uma vez que empenamentos, variação de medida (desbitolamento) e defeitos nas superfícies das peças serradas aumentam as perdas nas operações de acabamento. Pouco é abordado na literatura sobre a qualidade da superfície da madeira serrada, devido à escassez de métodos para a sua avaliação. Assim, o principal objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade da superfície serrada da madeira de Eucalyptus grandis através da aplicação do método da medição da altura da mancha das microesferas de vidro, após a classificação das toras, análise de defeitos das peças serradas e cálculo de rendimento. Para isso dividiu-se as toras em quatro classes de diâmetro e avaliou-se as suas conicidades, achatamentos e rachaduras de topo. O método de desdobro foi planejado com o auxílio do software Maxitora® - Optimber, comparando-se o rendimento planejado com o rendimento real. Para as avaliações de qualidade da madeira serrada foram medidos os empenamentos, desbitolamento e avaliadas as suas superfícies, mediante a aplicação de microesferas de vidro, com base no método E960-96 (AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS - ASTM, 2001). Concluiu-se que: i) o formato das toras foi considerado como admissível, de acordo com os métodos usuais de classificação, entretanto as rachaduras de topo foram maiores do que os valores encontrados na literatura; ii) os empenamentos das peças serradas foram considerados de alta intensidade enquanto o desbitolamento das peças, com frequência de 17% das peças, foi classificado como admissível; o rendimento real, obtido no desdobro foi igual a 49,8%, o que, em média, foi 16,3% inferior ao planejado; iii) o método de avaliação da qualidade da superfície da madeira serrada pela altura da mancha de microesferas de vidro mostrou viabilidade, tendo revelado que as superfícies das peças serradas das partes mais externas das toras foram mais irregulares do que as partes removidas das posições intermediárias e internas das toras, independentemente das classes de diâmetro. Os valores da altura da mancha das microesferas de vidro foram iguais a 0,1896 mm; 0,1529 mm e 0,1466 mm para essas três posições respectivamente.
Abstract: The use of machinery and software is growing in sawmills in order to increase the sawing yield. These measures also seek to improve the quality of sawn timber, given that warping, size variation and defects in the surfaces of the sawn pieces increase losses during finishing operations. Little is discussed in the literature concerning the surface quality of lumber. This occurs due to the shortage of evaluation methods. Therefore, the main objective of this study was to evaluate the quality of the sawn surface of Eucalyptus grandis lumber, after log sorting, defect analysis of the sawn pieces and yield calculation. For this, logs were sorted into four diameter classes. We evaluated their tapers, flattening and end checks. The sawing method was planned by Maxitoras® software - Optimber, and was compared with the actual yield. The quality of the sawn timber was assessed by measuring warping and size variation, as well as evaluating their surfaces by applying glass microspheres, based on the E-965 (ASTM, 1996) method. We concluded that: i) the shape of the logs was considered acceptable, according to the usual classification methods, however, the end check values were higher than the values found in literature; ii) the warping of sawn pieces was considered of high intensity, while the size variation of the lumber, with frequency in 17% of the pieces, was classified as acceptable; iii) the actual yield obtained from sawing was equal to 49.8%, which on average was 16.3% lower than planned; iv) the method for evaluating surface quality of the lumber, by using the height of the stain glass microspheres, showed viability and that the surfaces of the sawn pieces of the outer parts of the log were rougher than the parts removed from the intermediate and internal positions of the logs, regardless of the diameter classes. The values of the height of the glass microsphere stains were equal to 0.1896 mm, 0.1529 mm and 0.1466 mm for these three positions, respectively.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/10704
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.