Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11673
Título : Crescimento de cafeeiros enxertados cultivados em solução nutritiva
Título(s) alternativo(s): Grafted coffee growth in mineral nutrient solution
Autor: Ferreira, André Dominghetti
Rezende, Ramiro Machado
Rezende, Juliana Costa de
Carvalho, Gladyston Rodrigues
Carvalho, Alex Mendonça de
Pereira, Thamiris Bandoni
Palavras-chave: Coffea canephora
Coffea arabica
Apoatã IAC 2258
Enxertia
Compatibilidade
Hidroponia
Grafting
Hydroponics
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Data da publicação: 2014
Referência: FERREIRA, A. D. et al. Crescimento de cafeeiros enxertados cultivados em solução nutritiva. Coffee Science, Lavras, v. 9, n. 3, p. 312-318, jul./set. 2014.
Resumo : A utilização da enxertia no cafeeiro, além de conferir maior tolerância aos nematoides, tem mostrado influência no crescimento vegetativo. Objetivou-se, no presente trabalho, avaliar o crescimento vegetativo de diferentes cultivares de Coffea arabica, enxertadas em Apoatã IAC 2258 (Coffea canephora). O experimento foi instalado em casa de vegetação, utilizandose o método de cultivo em solução nutritiva. Foi utilizado um fatorial 7 x 3, sendo sete cultivares de C. arabica L. (Palma II, Catucaí 2SL, Oeiras MG 6851, Obatã IAC 1669-20, Acauã, Topázio MG 1190 e Paraíso MG H 419-1), três tipos de mudas (pé- franco, autoenxertada e enxertada sobre a cultivar Apoatã IAC 2258) e mais dois tratamentos adicionais (Apoatã autoenxertado e Apoatã pé-franco). A técnica da enxertia não afetou o crescimento das mudas de cafeeiros. As cultivares Acauã, Paraíso MG H 419-1 e Catucaí 2SL apresentam melhor desempenho quando enxertadas. O desenvolvimento do sistema radicular das mudas autoenxertadas e de pé-franco superou o das mudas enxertadas. As cultivares Palma II, Obatã IAC 1669-20e Oeiras MG 6851 possuem potencial para promover o desenvolvimento do sistema radicular do porta-enxerto semelhante ao da muda de Apoatã autoenxertada.
Abstract: The use of grafting in coffee, in addition to greater tolerance for nematodes, have shown influence on the growth of coffee. The purpose of this study was to evaluate the growth of different varieties of Coffea arabica grafted into Apoatã IAC 2258 (Coffea canephora). The experiment was installed in a greenhouse, using the method of cultivation in nutrient solution. It used a factorial 7 x 3, seven cultivars of C. arabica L. (Palma II, Catucaí 2SL, Oeiras MG 6851, Obatã IAC 1669-20, Acauã, Topázio MG 1190 and Paraíso MG H 419-1), three types of seedlings (coffee cultivars grafted on ‘Apoatã IAC 2258’, self grafted, meaning a cultivar was grafted on a rootstock of the same cultivar and no grafting) and more two additional treatments (Apoatã self grafted and Apoatã no grafting). The technique of grafting did not disadvantage the development of seedling trees. Cultivars Acauã, Paraíso MG H 419-1 and Catucaí 2SL had better perform when grafted. The development of the root system of the plants self-grafted and non-grafted seedlings was better then grafted seedlings. Cultivars Palma II, Obatã IAC 1669-20 and Oeiras MG 6851have potential to promote the root system development similar to Apoatã self-grafted seedlings.
URI: http://www.coffeescience.ufla.br/index.php/Coffeescience/article/view/639
http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/11673
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.