Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1221
Título : Comportamento de cultivares de cafeeiros C. Arabica L. enxertados sobre cultivar ‘Apoatã IAC 2258’ (Coffea canephora)
Título(s) alternativo(s): Performance of C. Arabica L. Coffee cultivars grafted on ‘Apoatã IAC 2258’ cultivar (Coffea canephora)
Autor: Paiva, Renato Fonseca de
Mendes, Antônio Nazareno Guimarães
Carvalho, Gladyston Rodrigues
Rezende, Juliana Costa de
Ferreira, Andre Dominghetti
Carvalho, Alex Mendonça de
Palavras-chave: Café
Tipo de enxertia
Produtividade
Cultivar
Coffee
Grafting
Yield
Cultivar
Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Data da publicação: 2012
Referência: PAIVA, R. F. de et al. Comportamento de cultivares de cafeeiros C. Arabica L. enxertados sobre cultivar ‘Apoatã IAC 2258’ (Coffea canephora). Ciência Rural, Santa Maria, v. 42, n. 7, p. 1155-1160, jul. 2012.
Resumo : Objetivou-se no trabalho avaliar a influência da enxertia e do porta-enxerto ‘Apoatã IAC 2258’ no comportamento agronômico de sete cultivares de cafeeiro da espécie Coffea arabica cultivadas em solo isento de fitonematoides. O ensaio foi conduzido em delineamento experimental de blocos casualizados em esquema fatorial (7 x 3) com quatro repetições, sendo sete cultivares de Coffea arabica (‘Obatã IAC 1669-20’, ‘Acauã’, ‘Oeiras MG 6851’, ‘Catucaí Amarelo 2SL’, ‘Topázio MG 1190’, ‘IBC Palma II’ e ‘Paraíso MG H 419-1’) e três tipos de enxertia (muda enxertada, auto enxertada e pé franco). Foi avaliada a produtividade média de quatro anos, uniformidade de maturação, percentagem de frutos chochos e classificação do grão por tipo de peneira. As cultivares enxertadas estudadas apresentaram comportamento agronômico satisfatório em todas as características avaliadas e semelhante ao pé-franco. Em áreas isentas de fitonematoides, à exceção das cultivares ‘IBC Palma II’ e ‘Paraíso MG H 419-1’, as demais cultivares estudadas são adequadas opções de escolha para uso como copas. A técnica da enxertia com o uso do porta-enxerto ‘Apoatã IAC 2258’ em área isenta de fitonematoides não se justifica para incremento de produtividade.
Abstract: This research had the objective to evaluate the effect of grafting and ‘Apoatã IAC 2258’ cv. as rootstock on agronomic performance of seven Coffea arabica cvs. planted in area nematodes free. The experimental design was randomized blocks using a 7x3 factorial scheme with four repetitions. The treatments were ‘Obatã IAC 1669-20’, ‘Acauã’, ‘Oeiras MG 6851’, ‘Catucaí Amarelo 2SL’, ‘Topázio MG 1190’, ‘IBC Palma II’ and ‘Paraíso MG H 419-1’ coffee cultivars grafted on ‘Apoatã IAC 2258’, self grafted (meaning a cultivar was grafted on a rootstock of the same cultivar) and no grafting. The characteristic evaluated was the average yield of beans between the first and the fourth year, the fruit maturation stage, floating grain percentage and the bean size. The grafting cultivars showed good agronomic performance in the characteristic evaluated. The performance in coffee cultivars grafted on ‘Apoatã IAC 2258’ is the same in no grafting. In nematodes free areas, with the exception of the cultivars ‘IBC Palma II’ and ‘Paraíso MG H 419-1’, all cultivars are good choices to be used as scions. The grafting technique using ‘Apoatã IAC 2258’ as rootstock on area free of nematodes is not justified for yield increase.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1221
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Comportamento de cultivares.pdf115,61 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons