DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1232

Título: Pastagens consorciadas, estoques de carbono e nitrogênio, produtividade e persistência de leguminosas
Autor(es): Babilônia, José Libêncio
Orientador: Evangelista, Antônio Ricardo
Coorientador(es): Pinto, José Cardoso
Ladeira, Márcio Machado
Membro da banca: Baião, Afrânio Afonso Ferrari
Athayde, Antônio Augusto Rocha
Oliveira, Pedro Silva de
Área de concentração: Produção e Nutrição de Ruminantes
Assunto: Agroflorestal
Arachis pintoi
Brachiaria humidicola
Pueraria phaseoloides
Stylozanthes
Agro-forest
Data de Defesa: 1-Abr-2013
Data de publicação: 17-Out-2013
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: BABILÔNIA, J. L. Pastagens consorciadas, estoques de carbono e nitrogênio, produtividade e persistência de leguminosas. 2013. 159 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Este trabalho foi realizado no Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, Campus de São Vicente, a partir do dia 15 dezembro de 2008 até o dia 19 de junho de 2012, em pastagens de Brachiaria humidicola em monocultivo, estabelecidas ha mais de 30 anos, com sinais de degradação, sobre a qual foram introduzidas três leguminosas forrageiras e uma espécie arbórea (Moringa oleifera) em consórcio, caracterizando os seguintes tratamentos: T1= Stylozanthes-cultivar Campo Grande+Brachiaria humidicola+Moringa oleifera; T2=Arachis pintoi–cultivar Belmonte+Brachiaria humidicola+Moringa oleifera; T3=Pueraria phaseoloides+Brachiaria humidicola+Moringa oleifera e T4=Brachiaria humidicola em monocultivo+Moringa oleifera, que foram delineados em DBC com cinco repetições por tratamentos e com duas ou três repetições no tempo em função da variável estudada. Objetivou-se avaliar o desempenho da Moringa oleifera no SAFs; os teores de nitrogênio e carbono e seus respectivos estoques na liteira e no solo; a produtividade animal e a persistência das leguminosas no consórcio com a Brachiaria humidicola. Para a avaliação do desempenho da Moringa oleifera, mediu-se o diâmetro do caule, a altura e taxa de sobrevivência da espécie em três diferentes períodos. Considerou - se como liteira todo resíduo vegetal desprendido da planta que se encontrava sobre o solo. Os estoques de carbono e nitrogênio do solo foram obtidos em função de seus teores e da densidade nas diferentes camadas de solo avaliadas. Para avaliação da produtividade animal, utilizaram-se ovinos na fase de recria/engorda sob manejo intermitente das pastagens diferidas, durante dois ciclos de pastejo com taxa de lotação variável (LTV). Para avaliação da persistência das leguminosas, considerou a participação de cada espécie no relvado em três diferentes períodos, e quatro ciclos de pastejo foram realizados em todos os tratamentos, nos dois primeiros ciclos utilizaram-se bovinos de corte com elevada carga animal independentemente da forragem disponível, caracterizando pastejo intenso, enquanto que nos dois últimos ciclos foram utilizados ovinos, a uma pressão de pastejo média de 10,3 kg de MS/100 kg de PV. Os dados obtidos foram submetidos ao PROC MIXED do SAS para análises estatísticas e diferenças entre médias de tratamentos foram analisadas pelo teste Tukey a 5% de probabilidade. A Moringa oleifera apresentou baixo desempenho e baixo percentual de sobrevivência nas condições deste experimento. O consórcio constituído pela Pueraria phaseoloides + Brachiaria humidicola apresentou liteira mais recalcitrante com maiores estoques de carbono e nitrogênio na liteira. O consórcio do Stylozanthes + Brachiaria humidicola apresentou liteira de melhor qualidade e proporcionou os maiores estoques de carbono e nitrogênio no solo, porém, esta leguminosa apresentou baixa persistência. O consórcio constituído pelo Arachis pintoi e a Brachiaria humidicola apresentou maior persistência e maior produtividade animal.
This work was performed at the Instituto Federal de Ciência e Technologia de Mato Grosso, São Vicente Campus, from December 15th of 2008 to June 19th of 2012. We used the monoculture of Brachiaria humidicola pastures, established in over 30 years, with signs of degradation, over which were introduced three fodder legumes and an arboreal species (Moringa oleifera) in consortium, characterizing the following treatments: T1 = Stylozanthes – Campo Grande cultivar + Bracharia humidicola + Moringa oleifera; T2 = Arachis pintoi – Belmonte cultivar + Brachiaria humidicola + Moringa oleifera; T3 = Pueraria phaseoloides + Bracharia humidicola + Moringa oleifera and T4 = Brachiaria humidicola in monocultivation + Moringa oleifera. The treatments were done in a randomized blocks design with five replicates per treatments and with two or three replicates in time in regard to the studied variables. This work aimed at evaluating: the performance of the Moringa oleifera in the agrosilvopastoral systems; nitrogen and carbon content and their respective stocks in the litter and in the soil; animal productivity and the persistence of the legumes in the consortium with Brachiaria humidicola. For the evaluation of the Moringa oleifera‟s performance, we measured the diameter of the stem, height and survival rate of the species in three different periods. We considered as litter all plant residue detached from the plant found on the soil surface. The soil‟s nitrogen and carbon stocks were obtained in relation to their content and to the density in the different layers of the soil evaluated. For the evaluation of animal productivity, we used sheep in rearing/fattening phase under intermittent management of the differed pastures during two crop cycles with a varying stocking rate (VTR). For the evaluation of the persistence of the legumes, we considered the participation of each species in the field in three different periods, and four crop cycles were performed in all treatments. In the first two cycles we used beef cattle with an elevated animal stock, independent of the forage available, characterizing intense grazing, while in the last two cycles we used sheep, at an average grazing pressure of 10.3 kg of DM/100 kg of LW. The obtained data were submitted to the PROC MIXED of the SAS for statistical analysis, and the differences between treatment means were analyzed by the Tukey test at 5% of probability. The Moringa oleifera presented low performance and survival percentages in the conditions of this experiment. The consortium constituted of Pueraria phaseoloides + Brachiaria humidicola presented a more recalcitrant litter, with larger carbon and nitrogen stocks in the soil, however, this legume presented low persistence. The consortium constituted by the Arachis pintoi and the Brachiaria humidicola presented larger persistence and animal productivity.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, área de concentração em Produção e Nutrição de Ruminantes, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1232
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Pastagens consorciadas, estoques de carbono e nitrogênio, produtividade e persistência de leguminosas.pdf994,51 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback