Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12818
Título: Características anatômicas e fisiológicas foliares e crescimento de Typha domingensis Pers. submetida à diferentes disponibilidades hídricas
Título(s) alternativo(s): Anatomical and physiological leaf characteristics and growth of Typha domingensis Pers. submitted to different water availabilities
Autor : Cruz, Yasmini da Cunha
Lattes: http://lattes.cnpq.br/6983389250551866
Primeiro orientador: Pereira, Fabrício José
Primeiro coorientador: Castro, Evaristo Mauro de
Primeiro membro da banca: Lira, Marinês Ferreira Pires
Segundo membro da banca: Polo, Marcelo
Palavras-chave: Plantas – Necessidades de água
Plantas – Efeito da seca
Estresse hídrico
Plants – Water requirements
Plants – Effect of drought
Water stress
Typha domingensis
Data da publicação: 4-Mai-2017
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: CRUZ, Y. da C. Características anatômicas e fisiológicas foliares e crescimento de Typha domingensis Pers. submetida à diferentes disponibilidades hídricas. 2017. 40 p. Dissertação (Mestrado em Botânica Aplicada)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: Macrófitas aquáticas apresentam grande plasticidade denotando tolerância a uma diversidade condições do ambiente. Variações na disponibilidade de água em ecossistemas aquáticos naturais são condicionadas principalmente pelo clima. As mudanças climáticas tem produzido instabilidade no clima alterando a temperatura e os períodos de chuva, dessa forma, oferta de água em algumas regiões está cada vez menor resultando em períodos de seca. Nesse sentido, o presente estudo foi realizado com a finalidade de avaliar as características anatômicas e fisiológicas foliares em Typha domingensis que denotam tolerância à redução da disponibilidade hídrica. Clones aclimatizados de T. domingensis produzidos em casa de vegetação foram padronizados quanto ao tamanho e transferidos para vasos com 2,4L de vermiculita contendo solução nutritiva. Diferentes níveis saturação do substrato foram utilizados: alagado, 100%, 75%, 50% e 25% da capacidade de campo do substrato por 60 dias. Foram analisadas as características anatômicas foliares em microscopia de luz, trocas gasosas, teor de clorofila, potencial hídrico foliar e ao final do experimento o crescimento foi avaliado. Plantas submetidas ao alagamento e a 100% da capacidade campo apresentaram capacidade semelhante de produzir novas plantas, em 75% e 50% essa capacidade foi reduzida, entretanto houve crescimento populacional, e em 25% todos os indivíduos morreram. A altura das plantas e a área foliar foram proporcionalmente reduzidas com menores disponibilidades de água em comparação com as plantas alagadas. Do mesmo modo, a fotossíntese e a transpiração total, assim como o uso eficiente da água reduziram em tratamentos de maior restrição hídrica. O potencial hídrico foliar reduziu a 75% e 50% da capacidade de campo. A densidade estomática reduziu nas faces abaxial e adaxial em tratamentos com disponibilidade reduzida de água em relação às plantas alagadas. Enquanto, a espessura do parênquima paliçádico reduziu na face abaxial apenas no tratamento com 50% da capacidade de campo. A redução da fotossíntese em plantas de T. domingensis está relacionada a diminuição da área foliar. T. domingensis é tolerante a redução de 50% de água no substrato, entretanto 25% é limitante a sua sobrevivência.
Abstract: Aquatic macrophytes show great plasticity denoting tolerance to a diversity of environmental conditions. Variations in the availability of water in natural aquatic ecosystems are conditioned, mainly, by the climate. Climate change has produced instability in the climate by altering the temperature and rain periods, thus, water supply in some regions is declining resulting in periods of drought. The present study was carried out to evaluate the anatomical and physiological leaf characteristics in Typha domingensis that denote tolerance to reduced water availability. Acclimated clones of T. domingensis produced in a greenhouse were standardized for size and transferred to pots with 2.4L of vermiculite that contained nutrient solution. Different substrate saturation levels were used for 60 days: waterlogged, 100%, 75%, 50%, and 25% of field capacity of the substrate. Leaf anatomical characteristics were analyzed by light microscopy and for gas exchange levels, chlorophyll content, and leaf water potential, and at the end of the experiment, growth was evaluated. Plants submitted to waterlogged and 100% of the field capacity conditions presented similar capacity to produce new plants; in 75% and 50% conditions, this capacity was reduced, but there was population growth. Under 25% conditions, all the individuals died. Plant height and leaf area were proportionally reduced with the lower availability of water, compared to waterlogged plants. Likewise, photosynthesis and total transpiration, as well as the efficient use of water, were reduced during water restriction. Leaf water potential reduced to 75% and 50% of the field capacity. The stomatal density reduced in the abaxial and adaxial faces in treatments with reduced water availability in relation to the flooded plants. Meanwhile, the thickness of the palisade parenchyma was only reduced in the abaxial face in the treatment with 50% of the field capacity. The reduction of photosynthesis in T. domingensis plants is related to the decrease of leaf area. T. domingensis is tolerant to 50% water reduction in the substrate; however, 25% water reduction limits its survival.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido da autora, até abril de 2018.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12818
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.