Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12991
Título : Banco de sementes do solo e serapilheira acumulada em floresta restaurada
Título(s) alternativo(s): Soil seed bank and accumulated litter in restored forest
Autor: Miranda Neto, Aurino
Martins, Sebastião Venâncio
Silva, Kelly de Almeida
Gleriani, José Marinaldo
Palavras-chave: Restauração florestal
Indicadores de restauração ecológica
Síndromes de dispersão
Forest restoration
Indicators of ecological restoration
Dispersal syndromes
Publicador: Universidade Federal de Viçosa
Data da publicação: 2014
Referência: MIRANDA NETO, A. et al. Banco de sementes do solo e serapilheira acumulada em floresta restaurada. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 38, n. 4, p. 609-620, 2014.
Resumo : Este estudo teve por objetivo avaliar o banco de sementes do solo e a serapilheira acumulada em uma floresta restaurada por meio de plantio, com 40 anos, em Viçosa, MG. Foram alocadas 16 parcelas contíguas de 25 x 25 m, cobrindo toda a área da floresta (1 ha). Em cada parcela, foram coletadas cinco amostras de solo superficial (0,30 x 0,30 x 0,05 m) para avaliação do banco de sementes pelo método de germinação e uma amostra de 1,0 m² de serapilheira para avaliação da serapilheira acumulada. Foi realizada a classificação dos indivíduos e espécies de plântulas registrados do banco de sementes quanto à categoria sucessional, síndrome de dispersão e hábito de vida. Foram registradas 5.555 plântulas pertencentes a 32 famílias e 93 espécies e um morfotipo que reuniu todas as trepadeiras. Registrou-se o predomínio de síndrome de dispersão zoocórica e, quanto ao hábito de vida, maior percentual de ervas, em nível de espécie (48,6%) e de indivíduo (44,8%). Entre as espécies arbustiva-arbóreas, observou-se maior percentual da categoria sucessional pioneira, em nível de espécie (75,1%) e de indivíduo (85,1%). A serapilheira média acumulada foi de 3.432 kg ha-1, com a fração foliar representando 65% e correlação significativa com a área basal (p = 0,031; R² = 0,29) do estrato arbóreo. Os resultados indicam que o banco de sementes do solo da floresta restaurada, após 40 anos de sua implantação se assemelha, quanto as relações ecológicas, às áreas de floresta estacional semidecidual na mesma região e a outras áreas restauradas que também foram utilizados plantio de mudas.
Abstract: This study aimed to evaluate the soil seed bank and accumulated litter in a restored forest through planting, aged 40, in Viçosa, MG. We allocated 16 contiguous plots of 25 x 25 m, covering the entire forest area (1 ha). In each plot, we collected five samples of surface soil (0.30 x 0.30 x 0.05 m) to evaluate the seed bank by germination method and a sample of 1.0 m² litter for evaluation of accumulated litter. We performed the classification of individuals and species of seedlings of the seed bank as for successional category, dispersion syndrome and life form. 5,555 seedlings were recorded, belonging to 32 families and 93 species and morphotype which grouped all the vines. We recorded the predominance of zoochoric dispersion syndrome and, as for life form, a higher percentage of herbs, at the species level (48.6%) and individuals (44.8%). Among the shrub-arboreal species, we observed a higher percentage of successional category pioneer, species level (75.1%) and individuals (85.1%). The accumulated litter average was of 3,432 kg ha-1, with the leaf fraction representing 65% and significant correlation with basal area (p = 0.031, R² = 0.29) of the tree stratum. The results indicate that the soil seed bank of forest restored after 40 years of its implementation is similar, as for ecological relations, to the areas of stational semidecidual forest in the same region and other restored areas that were also used for planting seedlings.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/12991
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCF - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Banco de sementes do solo e serapilheira acumulada em floresta restaurada.pdf264,42 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons