DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1301

Título: Efeito de cascas de café e de arroz dispostas nas camadas do solo sobre a germinação e o crescimento inicial do Caruru-de-mancha
Título Alternativo: Allelopathic Effect of Coffee and Rice husks arranged in soil layers on the germination and initial growth of Amaranthus viridis
Autor(es): Santos, J.C.F.
Souza, I.F.
Mendes, A.N.G.
Morais, A.R.
Conceição, H.E.O.
Marinho, J.T.S.
Assunto: Alelopatia
Competição (biologia)
Cobertura morta
Controle de plantas daninhas
Allelopathy
Competition (Biology)
Soil mulch
Weed control
Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Data de publicação: 2001
Referência: SANTOS, J.C.F. et al. Efeito de cascas de café e de arroz dispostas nas camadas do solo sobre a germinação e o crescimento inicial do Caruru-de-mancha. Planta Daninha, Viçosa-MG, v.19, n.2, p.197-207, 2001.
Resumo: Estudos dos efeitos dos resíduos de plantas pela utilização de coberturas mortas no controle das plantas daninhas têm apresentado dificuldade de determinar a diferenciação entre alelopatia e competição. Atualmente, muitas pesquisas têm se referido a critérios que propõem evidência à alelopatia. Este trabalho em casa de vegetação visou determinar os efeitos alelopáticos proporcionados pelas cascas de café e de arroz sobre o caruru-de-mancha, por meio das disposições desses resíduos nas camadas do solo. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com os tratamentos em quatro repetições e organizados num esquema fatorial (3x3), sendo cascas de café e de arroz e vermiculita expandida como um fator e suas disposições, com resíduos depositados no topo, incorporados na superfície e incorporados no fundo, como segundo fator. Como testemunha foi usado um tratamento adicional sem cobertura. De modo geral, resíduos de cascas proporcionaram inibição da germinação e estímulo ao crescimento do caruru-de-mancha. A casca de arroz proporcionou menor índice de velocidade de emergência e germinação de sementes do que a casca de café. A casca de café depositada no topo proporcionou maior crescimento e maior peso da matéria seca do caruru-de-mancha, seguido pela mesma casca incorporada na superfície do solo.
Abstract: Studies of plant residue effects involving mulches to control weeds in perennial crops are difficult to carry out due to the need to differentiate between allelopathy and competition. Many researches, nowadays, refer to criteria proving allelopathy. This work was established under greenhouse conditions to determine the allelopathic effects of coffee and rice husks on Amaranthus viridis through their arrangements in soil layers. The experimental design was a randomized block with four replications, arranged in a 3 x 3 factorial scheme, with coffee and rice husks and expanded vermiculite being one factor and their residues placed on the top and incorporated into the soil surface and into the bottom, as the other factor. One additional treatment without mulching was used. Overall, plant residues inhibited seed germination and stimulated growth of slender amaranth. Rice husk showed lower emergent velocity index and seed germination than coffee husk. Coffee husk placed on the top provided greater growth and higher dry matter weight of slender amaranth, followed by husk incorporation into the soil surface.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1301
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Efeitos de cascas.pdf426,75 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback