Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13152
Título : Podzolização em solos de áreas de depressão de topo dos tabuleiros costeiros do Nordeste brasileiro
Título(s) alternativo(s): Podzolization in soils of depressed summit areas on the coastal plains of the brazilian Northeastern region
Autor: Silva, Elen Alvarenga
Gomes, João Bosco Vasconcellos
Araújo Filho, José Coelho de
Carvalho, Samara Andrade de
Curi, Nilton
Palavras-chave: Solos arenosos
Mineralogia do solo
Solos – Teor de compostos orgânicos
Sandy soils
Soil mineralogy
Soils – Organic compound content
Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Data da publicação: Jan-2013
Referência: SILVA, E. A. et al. Podzolização em solos de áreas de depressão de topo dos tabuleiros costeiros do Nordeste brasileiro. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 37, n. 1, p. 11-24, Jan./Feb. 2013.
Resumo : Os solos associados às depressões de topo dos Tabuleiros Costeiros são diferenciados sob vários aspectos ainda pouco estudados no Brasil. Geralmente, à medida que se aproxima dessas depressões, nota-se que a textura dos solos é mais arenosa e o hidromorfismo, mais acentuado, sendo comum a ocorrência de Espodossolos. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi realizar diferentes extrações de Fe, Al, Si e C orgânico com o intuito de compreender o processo de podzolização em solos associados às depressões de topo dos Tabuleiros Costeiros do Nordeste brasileiro. Foram descritos perfis e coletadas amostras de solo em quatro áreas: Coruripe, AL; Neópolis, SE; Acajutiba, BA; e Nova Viçosa, BA. Nas amostras, determinou-se o teor de Fe, Al e Si pelos extratores ditionito-citrato-bicarbonato de sódio, oxalato de amônio e pirofosfato de sódio e realizou-se o fracionamento químico da matéria orgânica do solo. Os aumentos nos teores de C orgânico e de Fe e Al pelos diferentes extratores nos horizontes iluviais (de acúmulo) de cada solo, relativamente aos horizontes eluviais (de perda), refletiram a morfologia de campo e reforçaram a importância do processo de podzolização nos solos estudados. Complexos Al-húmus dominam inteiramente a matriz dos horizontes iluviais associados ao hidromorfismo, enquanto naqueles sem hidromorfismo a influência das diferentes formas de Fe é variável. O perfil de Espodossolo Ferrihumilúvico é o único, dos quatro estudados, que possui horizontes espódicos com subscrito "s" e, portanto, onde os teores de Fe extraídos refletiram-se diferencialmente na morfologia.
Abstract: The soils associated to depressed summits on the Coastal Plains are still little studied in Brazil and are differentiated in several aspects. Generally, the closer a soil is to these depressions, the sandier is the texture and the more accentuated the hydromorphism, where the occurrence of Spodosols is common. The objective of this work was to perform different extractions of Fe, Al, Si and organic C to understand the podzolization process in soils of the summit depressions of the Coastal Plains of Northeastern Brazil. For this purpose, soil profiles were described and samples collected in four areas: Coruripe, AL; Neópolis, SE; Acajutiba, BA; and Nova Viçosa, BA. In these samples, the Fe, Al and Si contents were determined by the sodium dithionite-citrate-bicarbonate, ammonium oxalate and sodium pyrophosphate extractors and soil organic matter was chemically fractionated. The increase in organic C, and Fe and Al contents by different extractors from the iluvial (accumulation) horizons of each soil, relatively to the eluvial (loss) horizons, reflects the field morphology and reinforces the importance of the podzolization process in the studied soils. Complexes of Al-humus entirely dominate the matrix of the iluvial horizons associated to hydromorphism, while there is a variable influence of different Fe forms on those with no hydromorphism. The Ferrihumiluvic Spodosol profile is the only one of the four studied profiles with spodic horizons with "s" subscript, i.e., where the contents of extracted Fe affected the morphology differentially.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13152
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCS - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Podzolização em solos de áreas de depressão....pdf251,29 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons