Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13224
Título: Inoculação com fungos micorrízicos arbusculares favorece atributos bioquímicos do solo em diferentes cultivares de cana-de-açúcar (Saccharum officinarum)
Título(s) alternativo(s): Inoculation with arbuscular mycorrhic fungi favors biochemical attributes of the soil in different cultivars of sugar cane (saccharum spp.)
Autor : Sales, Flávia Reis
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4369620U6
Primeiro orientador: Carneiro, Marco Aurélio Carbone
Primeiro membro da banca: Moreira, Fatima Maria de Souza
Segundo membro da banca: Souza, Edicarlos Damacena
Palavras-chave: Fungos micorrízicos arbusculares
Microbiota
Micorrização
Biomassa microbiana
Arbuscular mycorrhizal fungi
Mycorrhization
Saccharum officinarum
Microbial biomass
Cana-de-açúcar - Cultivo
Sugarcane - Cultivation
Data da publicação: 13-Jun-2017
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: SALES, F. R. Inoculação com fungos micorrízicos arbusculares favorece atributos bioquímicos do solo em diferentes cultivares de cana-deaçúcar (Saccharum officinarum). 2017. 61 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: A biomassa microbiana do solo é definida como parte viva e ativa do solo, composta por microorganismos que atuam no processo de decomposição da matéria orgânica, representando um reservatório de nutrientes para as plantas, atuando na sustentabilidade biológica e na produtividade nos ecossistemas. É considerado indicador sensível às alterações ambientais e antrópicas e utilizada como ferramenta para orientar o planejamento e avaliar as práticas de manejo do solo. Neste contexto, o objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da inoculação com Fungos Micorrízicos Arbusculares em diferentes cultivares de cana-de-açúcar (Saccharum officinarum) sobre os atributos bioquímicos em um Latossolo Vermelho distroférrico. O experimento foi conduzido em campo no município de LavrasMG, em área de produção de cana-de-açúcar da empresa Bocaina Agroindústria e Comércio de Cachaça Ltda. O solo utilizado foi classificado como Latossolo Vermelho distroférrico (LVdf), profundo, bem drenado e textura muito argilosa, cujas características químicas foram: pH = 6,5; Ca = 2,90cmolc dm -3 ; Mg = 1,3cmolc dm -3 ; Al = 0cmolc dm -3 ; P = 1,1 mg dm -3 ; K = 28 mg dm -3 ; V = 67%; M.O.= 2,61 dag Kg -¹. Foram utilizadas seis cultivares (CTC1, CTC7, CTC9, CTC16, SP891115 e RB925345) de cana-de-açúcar; o delineamento estatístico utilizado foi o DBC, em esquema fatorial 6 x 2 com 3 repetições envolvendo as 6 cultivares, com e sem inoculação de FMAs, obtidos de cultivos armadilha existentes em casa de vegetação no Setor de Biologia, Microbiologia e Processos Biológicos do Solo do Departamento de Ciência do Solo da Universidade Federal de Lavras (UFLA), totalizando 36 parcelas, durante duas safras. Foram avaliados o carbono orgânico total (COT), o nitrogênio total do solo (N-total), o carbono da biomassa microbiana (C-BM), o nitrogênio da biomassa microbiana (N-BM), a respiração microbiana, atividades enzimáticas da β-glucosidase, urease, fosfatase ácida e hidrólise do diacetado de fluoresceína (FDA).Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e a comparação entre as médias dos tratamentos pelo teste de Scott Knott a 5% de probabilidade utilizando-se o programa estatístico Sisvar. Conforme análise de variância constatou-se que houve efeito significativo para a interação Cultivar x Inoculação com FMAs no N-total, C-BM, qCO 2 , atividades enzimáticas da β-glucosidase, urease e FDA. As médias para os tratamentos inoculados foram maiores quando comparados aos tratamentos não inoculados, evidenciando que a inoculação com FMAst em efeito benéfico sobre a microbiota nativa do solo, havendo maior destaque nos atributos bioquímicos avaliados para a CTC7.
Abstract: Microbial biomass is defined as a living and active part of the soil, consisting of microorganisms that operate in the decomposition of organic matter, representing a reservoir of nutrients for plants, acting on sustainability and productivity in ecosystems. It is considered an indicator that is sensitive to environmental and anthropogenic changes and it is used as a tool to guide the planning and evaluation of soil management practices. In this context, the aim of this study was to evaluate the effect of inoculation with arbuscular mycorrhizal fungi in different sugarcane (Saccharum officinarum) cultivars, on the biochemical attributes in an Oxisol. The experiment was conducted in the field of LavrasMG, in a sugarcane production area of Bocaina Agroindústria e Comércio de Cachaça Ltda. The soil was classified as a Deep Latosol (LVdf), deep, well drained and very clayey, whose chemical characteristics were: pH = 6.5; Ca = 2.90 cmolc dm -3 ; Mg = 1.3 cmolc dm -3 ; Al = 0 cmolc dm -3 ; Q = 1.1 mg dm -3 ; K = 28 mg dm -3 ; V = 67%; MO = 2.61 g kg -¹. Six sugarcane cultivars were used (CTC1, CTC7, CTC9, CTC16, SP891115 and RB925345); the statistical design was DBC, factorial 6 x 2, with 3 replications involving six cultivars, with and without inoculation of FMAs obtained from trap plants existing in a greenhouse in the Biology, Microbiology and Soil Biological Processes Department in the Soil Science Department of Federal University of Lavras (UFLA), totaling 36 plots during two harvests. Total organic carbon (COT), total soil nitrogen (N-total), microbial biomass carbon (C-BM), microbial biomass nitrogen (N-BM), microbial respiration, enzymatic activities of β-glucosidase, urease, acid phosphatase and fluorescein diacetyl hydrolysis (FDA), were evaluated. The data were submitted to analysis of variance and the means were compared by the Scott Knott test at 5% probability, using the statistical program Sisvar. According to the analysis of variance, it was found that there was a significant effect for the interaction Cultivar x Inoculation with FMAs on N-total, C-BM, qCO 2, enzymatic activities of β-glucosidase, urease and FDA. The mean values for the inoculated treatments were higher, when compared to non-inoculated treatments, evidencing that inoculation with FMAs has a beneficial effect on the native soil microbiota, with a greater emphasis on the biochemical attributes evaluated for CTC7.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13224
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.