Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13250
Título: Adubação orgânica, micropropagação e validação analítica para doseamento de cardenolídeos totais em Digitalis purpúrea subs. heywoodii
Título(s) alternativo(s): Organic fertilization, micropropagation and analytical validation for determination of total cardenolides in Digitalis purpurea subs. heywoodii
Autor : Silva, Giselly Mota da
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4200197D8
Primeiro orientador: Bertolucci, Suzan Kelly Vilela
Primeiro coorientador: Pinto, José Eduardo Brasil Pereira
Primeiro membro da banca: Pinto, José Eduardo Brasil Pereira
Segundo membro da banca: Braga, Fernão Castro
Terceiro membro da banca: Pádua, Rodrigo Maia de
Quarto membro da banca: Figueiredo, Ana Cristina da Silva
Palavras-chave: Plantas medicinais – Propagação in vitro
Radiação ultravioleta
Adubação orgânica
Agentes antivirais
Medicinal plants – Micropropagation
Ultraviolet radiation
Organic fertilizer
Antiviral agents
Digitalis purpúrea subs. heywoodii
Data da publicação: 22-Jun-2017
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: SILVA, G. M. da. Adubação orgânica, micropropagação e validação analítica para doseamento de cardenolídeos totais em Digitalis purpúrea subs. heywoodii. 2017. 105 p. Tese (Doutorado em Plantas Medicinais, Aromáticas e Condimentares)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: Digitalis purpurea subsp. heywoodii (Plantaginaceae) é considerada uma espécie medicinalmente importante devido a presença do cardenolideo glicoevatromonosideo, responsável por seu potencial antiviral ao herpes humano. Seu cultivo em campo apresenta alguns entraves, e como alternativas para esta problemática têm-se a adubação orgânica e o cultivo in vitro. Assim, objetivou-se cultivar a espécie D. purpurea subsp. heywoodii em vasos com diferentes doses de adubação orgânica e in vitro sob influência de fatores físicos e químicos, e avaliar seus efeitos no crescimento e teor de cardenolídeos totais. O método de quantificação de cardenolídeos totais por espectrofotometria no UV foi validado, o qual se mostrou seletivo a 494 nm, por não ter apresentado absorção significativa em solução de leitura sem adição do reagente de coloração, sendo linear na faixa de 0,025 a 0,125 mg/mL, R2=0,9994. Apresentou também precisão inter-dia (DPR = 3,26%) e intra-dia (DPR = 3,58%), sendo considerado exato em concentrações baixas a média do intervalo linear (98,4% e 98,9%) e robusto para o tempo de reação de 25 min e frente a pequenas variações no comprimento de onda de leitura. A adubação orgânica avaliada foi o esterco de galinha. As doses desse esterco que melhor proporcionaram número e ganho de biomassa foliar foram as de 6 e 9 kg m-2. A ausência de adubo proporcionou melhores ganhos de biomassa da raiz, maior relação R/PA e maiores teores médios de cardenolídeos. No entanto, a produtividade de cardenolídeos foram superiores na dose de 6 kg m-2. Para os fatores químicos, utilizou-se diferentes concentrações e combinações das citocininas BAP e TDZ (mg L-1), com total de treze tratamentos. O maior número de brotos ocorreu nas combinações de BAP + TDZ de 0,5+0,5; 0,25+0,75 e 1+0,5 mg L-1. O acúmulo médio de biomassa seca e produtividade de cardenolídeos totais foi favorecido com a combinação de 0,375+0,125 mg L-1. Avaliou-se também o efeito de fatores físicos como a intensidade, qualidade e o choque de luz. Intensidade e choque de luz com 139 μmol m-2 s-1 produziram maior biomassa da parte aérea, raiz e total, e maior teor e produtividade de cardenolídeos totais. LEDs azul favoreceram tanto a produção de biomassa da parte área quanto a produtividade de cardenolídeos totais. Portanto, o método mostrou-se linear, preciso, exato, robusto, seletivo e reprodutível, e com facilidade de execução; a aplicação de 6 kg m-2 de esterco de galinha no cultivo in vito; a combinação de 0,375+0,125 mg L-1 de BAP + TDZ suplementado ao meio de cultura MS, intensidade e choque de luz com 139 μmol m-2 s-1 e LED azul no cultivo in vitro proporcionam boas condições para o cultivo da espécie, com incrementos na produção de biomassa e na produtividade de cardenolídeos totais.
Abstract: Digitalis purpurea subsp. heywoodii (Plantaginaceae) is considered a medicinally important species due to the presence of glycoevatromonoside cardenolide, responsible for its antiviral potential for human herpes. Its field cultivation presents a few obstacles, demanding the use of organic fertilization and in vitro cultivation as alternative for this issue. Thus, the objective was to cultivate the D. purpurea subsp. heywoodii species in pots with different doses of organic fertilization, as well as in vitro under the influence of physical and chemical factors, in order to evaluate its effects over growth and content of total cardenolides. The method for quantifying total cardenolides by UV spectrophotometry was validated, with selection at 494 nm for not presenting significant absorption in reading solution without the addition of coloring reagent, remaining linear in the range from 0.025 to 0.125 mg/mL, R2=0.9994. Interday (DPR = 3.26%) and intra-day (DPR = 3.58%) precision were considered exact from low to intermediate concentrations in the linear interval (98.4% and 98.9%), and robust for the reaction time of 25 min, with small variations in the length of the reading wave. The organic fertilization evaluated was chicken manure. The doses of this manure that better provided number and gain of foliar biomass were of 6 and 9 kg m-2. The absence of fertilizer provided greater root biomass gains, higher R/PA relation and higher average contents of cardenolides. However, cardenolide productivity were superior with the dose of 6 kg m-2. Concerning the chemical factors, different concentrations and combinations of cytokines BAP and TDZ (mg L-1) were used, in a total of thirteen treatments. A higher number of sprouts occurred with the BAP + TDZ combinations of 0.5 + 0.5; 0.25 + 0.75; 1.0 + 0.5 mg L-1. The average accumulation of dry biomass and productivity of total cardenolides was favored with the combination of 0.375 + 0.125 mg L-1. The effect of physical factors, such as intensity, quality and light shock were also evaluated. Intensity and light shock with 139 μmol m-2 s-1 produced greater the aerial part, root and total biomass, as well as higher content and productivity of total cardenolides. Blue LEDs favored both biomass production of the aerial part and productivity of total cardenolides. Therefore, the method was linear, precise, exact, robust, selective and reproducible, with ease of execution. The application of 6 kg m-2 of chicken manure in in vitro cultivation; the combination of 0.375 + 0.125 mg L-1 of BAP + TDZ supplemented to a MS culture medium; intensity and light shock with 139 μmol m-2 s-1; and blue LED in in vitro cultivation provided good conditions for the cultivation of the species, with increments in the production of biomass and productivity of total cardenolides.
metadata.teses.dc.description: Arquivo foi retido por solicitação da orientadora do trabalho, formulada junto ao atendimento do RIUFLA, em 29 de junho de 2017. Prazo: 1 ano.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13250
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DAG - Plantas Medicinais, Aromáticas e Condimentares - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.