Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13440
Título: A moda brasileira pode muito mais: sociedade e sustentabilidade cultural em Ronaldo Fraga
Título(s) alternativo(s): Brazilian fashion can do much more: society and cultural sustainability in Ronaldo Fraga
Autor : Valente, Aline Aparecida
Lattes: http://lattes.cnpq.br/2401473389603602
Primeiro orientador: Silveira, Luciana Braga
Primeiro coorientador: Dulci, Luciana Crivellari
Primeiro membro da banca: Cabral, Eloisa Helena de Souza
Segundo membro da banca: Bonadio, Maria Cláudia
Terceiro membro da banca: Silva, Wânia Rezende
Palavras-chave: Moda sustentável
Estilistas brasileiros
Ronaldo Fraga
Sustentabilidade
Sustainable fashion
Brazilian stylists
Sustainability
Data da publicação: 24-Jul-2017
Referência: VALENTE, A. A. A moda brasileira pode muito mais: sociedade e sustentabilidade cultural em Ronaldo Fraga. 2017. 181 p. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável e Extensão)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: Os significados atribuídos à moda podem estar associados a um modelo a ser seguido, à representação de desigualdades, à diferenciação de grupos e valores, para ressaltar relações de poder, expressar a cultura e ainda, representar um processo de obsolescência programada. Por outro lado, dada a sua representatividade e abrangência, a moda pode ainda confluir com a sustentabilidade em seus diversos aspectos, tais como o ambiental, econômico, social e cultural. Dessa forma, repensar processos para produzir moda, na perspectiva sustentável, se tornou relevante, dentre os profissionais da área, nos últimos tempos em que estas reflexões estão mais presentes. Esta pesquisa propõe identificar elementos sobre a relação entre a moda e a sustentabilidade, através da análise do trabalho desenvolvido pelo estilista brasileiro Ronaldo Fraga, focando a perspectiva cultural de sustentabilidade. O trabalho do estilista contém aspectos importantes que contribuem para pensar a sustentabilidade na moda, para além dos aspectos materiais e procedimentais da produção. Nessa perspectiva, para esta investigação foram analisadas todas as 42 coleções apresentadas pelo estilista até a presente data, produzidas no período compreendido entre 1996 e 2016. Foi realizada uma pesquisa documental através dos releases das coleções, vídeos institucionais, imagens fotográficas e vídeos dos desfiles. Para a pesquisa bibliográfica utilizou-se de artigos, dissertações e teses sobre o trabalho desenvolvido por Ronaldo Fraga, além das teorias pertinentes às temáticas tratadas neste trabalho. A pesquisa, qualitativa, foi fundamentada na análise de conteúdo para o tratamento de dados. Dessa forma, os resultados foram discutidos através das categorias criadas a partir das análises das coleções do estilista. Partindo dos dados coletados foi possível interpretar aspectos que sinalizavam para uma reflexão sobre sustentabilidade, assim como perceber que o fator humano e cultural é cada vez mais importante neste conceito. Sendo assim, a moda pode contribuir para manter a cultura viva e, sustentar a cultura é sustentar a humanidade. Com esta investigação foi possível afirmar que o trabalho do estilista Ronaldo Fraga colabora na construção de um caminho para a sustentabilidade na moda numa perspectiva sociocultural.
Abstract: The meanings attributed to fashion may be associated with patterns to be followed, representation of inequalities, differentiation of groups and values, emphasizing power relationship, expression of culture or representation of a planned obsolescence process. On the other hand, because of its representativeness and extent, fashion may also come together with sustainability in its various aspects, such as environmental, economic, social and cultural ones. Thus, rethinking processes to produce fashion, from a sustainable perspective, has become relevant to the professionals of the area recently when these reflections are more present. This research proposes the identification of elements of the relationship between fashion and sustainability through the analysis of the work developed by Brazilian stylist Ronaldo Fraga, focusing on the cultural perspective of sustainability. Fraga's work contains important aspects that contribute to thinking sustainability in fashion, beyond the material and procedural aspects of production. From this perspective, all the 42 collections presented by the designer from 1996 to 2016 were analyzed. A documentary research was carried out through collections releases, institutional videos, photographic images and videos of fashion shows. For bibliographical research, articles, dissertations, and theses about the work developed by Ronaldo Fraga were used, in addition to the theoretics pertinent to the themes treated in this work. Qualitative research was based on content analysis for the data treatment. Therefore, the results were discussed through categories created from the analysis of Fraga's collections. Based on the collected data, it was possible to interpret aspects that signaled for a reflection on sustainability, as well as to recognize that the human and cultural factor is increasingly important in this concept. Hence, fashion can contribute to keeping a culture alive, and sustaining a culture is sustaining humanity. With this research, it was possible to affirm that the work of the stylist Ronaldo Fraga collaborates in the construction of a path to sustainability in fashion from a sociocultural perspective.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/13440
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DAE - Desenvolvimento Sustentável e Extensão - Mestrado Profissional (Dissertações/TCC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_A moda brasileira pode muito mais: sociedade e sustentabilidade cultural em Ronaldo Fraga.pdf3,59 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.