Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1360
Título : Plantas de cobertura no controle das perdas de solo, água e nutrientes por erosão hídrica
Título(s) alternativo(s): Cover crops to control soil, water and nutrient losses by water erosion
Autor: Cardoso, Dione P.
Silva, Marx L. N.
Carvalho, Gabriel J. de
Freitas, Diego A. F. de
Avanzi, Junior C.
Palavras-chave: Crotalária júncea
Feijão-de-porco
Milheto
Sunn hemp
Jackbean
Milhet
Publicador: Universidade Federal de Campina Grande
Data da publicação: 2012
Referência: CARDOSO, D. P. et al. Plantas de cobertura no controle das perdas de solo, água e nutrientes por erosão hídrica. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.16, n.6, p.632–638, 2012.
Resumo : Plantas com alto índice de cobertura e elevada produtividade de fitomassa propiciam melhor proteção ao solo, amortecendo o impacto das gotas de chuva sobre a superfície do solo reduzindo, consequentemente, os processos erosivos. Objetivou-se avaliar a influência das plantas de cobertura e dos espaçamentos de plantio no controle das perdas de solo, água e nutrientes por erosão hídrica, visando à conservação do solo. O experimento foi conduzido em um Argissolo Vermelho-Amarelo, cujos tratamentos foram definidos por três espécies de plantas de cobertura: crotalária júncea, feijão-deporco e milheto e com dois espaçamentos entrelinhas (0,25 e 0,50 m). Para a quantificação das perdas de solo, água e nutrientes, utilizaram-se parcelas de 4 x 12 m em que a maior dimensão obedeceu ao sentido do declive. Nos meses de dezembro e janeiro ocorrem os maiores valores de erosividade requerendo, neste período, melhor cobertura da superfície do solo. O feijão-de-porco foi a espécie que apresentou maior potencial no controle dos processos erosivos; quanto ao espaçamento a melhor proteção do solo para todas as culturas foi obtida no espaçamento de 0,25 m, propiciando menores perdas de solo, água e nutrientes.
Abstract: Cover plants with high coverage index and biomass productivity provide a better soil protection, cushioning the impact of the raindrops on the soil surface, thus reducing the erosion process. The objective of this study was to evaluate the influence of cover crops and plant spacing in the control of soil, water and nutrient of this study losses by water erosion, aiming the soil conservation. The experiment was conducted in the Red-Yellow Argisol, with three treatments of cover crops; sunn hemp, jackbean and millet, in two row spacing (0.25 and 0.50 m). To quantify the loss of soil, water and nutrients, plots of 4 x 12 m were used, and the larger dimension followed up and down slope. During the months of December and January there were the highest erosivity values, requiring in this period a better coverage of the soil surface. The jackbean was the species with the highest potential in the erosion control; and the spacing that promoted the best soil protection for all crops was 0.25 m, providing lesser losses of soil, water and nutrients.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1360
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Plantas de cobertura.pdf242,09 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons