Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15252
Título: Aspectos biológicos de Planococcus citri (Pseudococcidae) em roseira e compatibilidade dos predadores Cryptolaemus montrouzieri (Coccinellidae) e Chrysoperla externa (Chrysopidae) no controle dessa cochonilha
Título(s) alternativo(s): Biological aspects of Planococcus citri (Pseudococcidae) in rose bush and compatibility of predators Cryptolaemus montrouzieri (Coccinellidae) and Chrysoperla externa (Chrysopidae) in the control of this mealybug
Autor : Paula, Flávia Fagundes de
Lattes: http://lattes.cnpq.br/6174249462567508
Primeiro orientador: Souza, Brígida
Primeiro coorientador: Bezerra, Carlos Eduardo Souza
Primeiro membro da banca: Santa-Cecília, Lenira Viana Costa
Segundo membro da banca: Marucci, Rosângela Cristina
Palavras-chave: Roseira - Pragas
Cochonilha-branca - Controle biológico
Rosas - Cultivo
Insetos predadores
Rosebush - Plagues
Citrus mealybug - Biological control
Rose crop
Predator insects
Data da publicação: 21-Ago-2017
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: PAULA, F. F. de. Aspectos biológicos de Planococcus citri (Pseudococcidae) em roseira e compatibilidade dos predadores Cryptolaemus montrouzieri (Coccinellidae) e Chrysoperla externa (Chrysopidae) no controle dessa cochonilha. 2017. 69 p. Dissertação (Mestrado em Entomologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: A floricultura vem se consolidando como uma atividade econômica de grande relevância e, nesse cenário, a rosa é uma das flores de corte mais produzidas e comercializadas no mundo. Porém, a incidência de pragas na cultura da roseira pode se tornar um entrave para a produção. Dentre elas, a cochonilha Planococcus citri tem assumido importância econômica, ocorrendo em grandes populações em cultivos de rosas em Minas Gerais e no Ceará. Devido à ausência de inseticidas sintéticos registrados para o controle de P. citri em plantas ornamentais no Brasil, e das limitações desses produtos para o controle de cochonilhas, o método biológico tem-se apresentado como uma estratégia promissora para a redução populacional desses organismos. O predador exótico, Cryptolaemus montrouzieri, e o nativo, Chrysoperla externa, apresentam grande potencial no controle de cochonilhas da família Pseudococcidae. Assim, os objetivos desse trabalho foram avaliar aspectos da biologia de P. citri, ainda desconhecidos em plantas de roseira no Brasil, avaliar a capacidade predatória de C. montrouzieri e de C. externa sobre P. citri, investigar o comportamento desses predadores isoladamente, e a ocorrência de interação intraguilda e comportamento quando combinados. No estudo sobre a biologia de P. citri, acompanhou-se em laboratório, todo o desenvolvimento e características reprodutivas da cochonilha em folíolos de roseira. A capacidade predatória de adultos de C. montrouzieri e larvas de terceiro instar de C. externa foram avaliadas sobre o primeiro, segundo e terceiro instar de P. citri, e também sobre fêmeas adultas. O comportamento dos predadores foi investigado em todos os tratamentos por meio do programa Etholog 2.2. A interação intraguilda entre os predadores foi analisada frente a ninfas de primeiro instar e fêmeas adultas de P. citri, e o comportamento dos predadores também foi observado diante dessas presas. P. citri se desenvolve rapidamente em roseira em comparação com seu desenvolvimento associado a outras plantas ornamentais. Adultos de C. montrouzieri e larvas de terceiro instar de C. externa apresentam capacidade de predação decrescente com a evolução do desenvolvimento de P. citri. C. montrouzieri evidencia maior consumo sobre a fase jovem de P. citri, porém, sobre fêmeas adultas, não apresenta diferença em relação a C. externa. Adultos de C. montrouzieri e larvas de terceiro instar de C. externa não apresentam interação intraguilda significativa quando confinados com fêmeas adultas de P. citri. Entretanto, frente a ninfas de primeiro instar, os predadores interagem de forma positiva, resultando em um consumo sinérgico. O comportamento de C. montrouzieri e C. externa é influenciado pela fase de desenvolvimento de P. citri e pela presença de um competidor.
Abstract: The floriculture has been consolidating as an economic activity of great relevance. In this scenario, roses are one of the most produced and commercialized cut flowers in the world. However, the incidence of pests in roses crops can become an obstacle to production. Among them, the mealybug Planococcus citri has assumed economic importance, occurring in large populations on cultivated roses in Minas Gerais and Ceará states, Brazil. Due to the absence of synthetic insecticides registered for the control of P. citri in ornamental plants in Brazil, and the limitations of these products for mealybugs control, the biological method has been presented as a promising strategy for population reduction of these organisms. The exotic predator, Cryptolaemus montrouzieri, and the native one, Chrysoperla externa, exhibit great potential in the control of mealybugs of the family Pseudococcidae. Thus, the aims of the present study were to evaluate aspects of the biology of P. citri, still unknown in rose plants in Brazil, to evaluate the predatory capacity of C. montrouzieri and C. externa on P. citri, to investigate the behaviour of the predators separately, and the occurrence of intraguild interaction and behaviour when both predators are combined. In the study on the biology of P. citri, all the development and reproductive characteristics of the mealybug on rose leaflets were monitored in laboratory. The predatory capacities of C. montrouzieri adults and third instar larvae of C. externa were evaluated on the first, second and third instars of P. citri and on adult females. The behaviour of predators was investigated in all treatments by the Etholog 2.2 program. The intraguild interaction between the predators was analyzed against first instar nymphs and adult females of P. citri and behaviour of the predators was observed. P. citri develops rapidly in rose bush compared to its development associated with other ornamental plants. Adults of C. montrouzieri and third instar larvae of C. externa present a decreasing in predation with the development of P. citri. C. montrouzieri shows higher consumption on the young stage of P. citri but on adult females does not present difference in relation to C. externa. Adults of C. montrouzieri and third instar larvae of C. externa do not exhibit significant intraguild interaction when confined to adult females of P. citri. However, compared to first instar nymphs predators interact positively resulting in a synergistic consumption. The behaviour of C. montrouzieri and C. externa is influenced by the development stage of P. citri and by the presence of a competitor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15252
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.