Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15256
Título: Miopia de marketing em universidades públicas brasileiras desde a pesquisa até a comercialização de tecnologias
Título(s) alternativo(s): Marketing myopia in brazilian public universities from research to technology commercialization
Autor : Sousa, Dalton de
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0913461440911175
Primeiro orientador: Zambalde, André Luiz
Primeiro coorientador: Souki, Gustavo Quiroga
Primeiro membro da banca: Rezende, Daniel Carvalho de
Segundo membro da banca: Castro, Cléber Carvalho de
Terceiro membro da banca: Tonelli, Dany Flávio
Quarto membro da banca: Benedicto, Samuel Carvalho de
Palavras-chave: Marketing
Tecnologias universitárias
Empreendedorismo acadêmico
Desenvolvimento econômico e tecnológico
University technologies
Academic entrepreneurship
Economic and technological development
Data da publicação: 22-Ago-2017
Agência(s) de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: SOUSA, D. de. Miopia de marketing em universidades públicas brasileiras desde a pesquisa até a comercialização de tecnologias. 2017. 166 p. Tese (Doutorado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: Com esta tese buscou-se compreender o papel do marketing desde a pesquisa até a comercialização de tecnologias em universidades públicas brasileiras. Isto é justificado pela crescente demanda, para que as universidades contribuam mais ativamente a fim de que o desenvolvimento econômico e social do país, por meio da transferência do conhecimento científico, para o mercado sob a forma de tecnologias com potencial comercial (produtos comercializáveis - inovações). Com o fim de atingir este objetivo geral, o trabalho foi estruturado no formato de artigos, sendo produzidos três distintos artigos. O Artigo 1 (A comercialização de tecnologias universitárias e o marketing: uma revisão de escopo) lançou as bases para a compreensão das alternativas de estudos sobre o papel do marketing desde a pesquisa até a comercialização de tecnologias em universidades. O trabalho foi elaborado por meio de uma revisão escopo da literatura sobre temas inerentes ao marketing e a comercialização de tecnologias das universidades. Os resultados desse artigo apontaram direções ao desenvolvimento de um framework, para estudos sobre o marketing desde a pesquisa até a comercialização de tecnologias em universidades, o que foi realizado por meio do Artigo 2 (Proposição de um framework para estudos do marketing desde a pesquisa até a comercialização de tecnologias em universidades). O framework proposto no segundo artigo compreende a universidade como parte da sociedade, com o marketing viabilizando a interação entre esses ambientes. O framework foi composto pelos seguintes elementos: 1. Análise de mercado proativa (sensoriamento); 2. Integração marketing-pesquisa (a. organizações externas; b. Núcleos de Inovação Tecnológica - NITs); 3. Orientação estratégica de marketing (a. tecnologia; b. consumidor/cidadão; c. empreendedora); 4. Práticas de marketing contemporâneas; 5. Obstáculos ao marketing. Desta forma, o framework permitiu a realização da pesquisa de campo, a qual deu origem ao Artigo 3 ( A miopia de marketing em universidades públicas brasileiras desde a pesquisa até a comercialização de tecnologias). Nesse artigo realizou-se uma pesquisa quantitativa, por meio de um questionário estruturado aplicado via internet a professores e pesquisadores com depósitos de patentes no INPI (patentes sob análise ou já concedidas), líderes de grupos de pesquisa voltados à inovação, funcionários e diretores de Núcleos de Inovação Tecnológica e outros envolvidos com o desenvolvimento, proteção e comercialização de tecnologias acadêmicas em universidades públicas brasileiras. Foi obtida uma amostra de 236 respondentes, que permitiu a realização de análise fatorial e de cluster. Verificou-se, na percepção dos respondentes, que as universidades não se valem da análise de mercado proativa, bem como da integração do marketing por meio de organizações externas. O papel dos NITs, apesar de frágil, apresentouse como uma alternativa para a integração do marketing no contexto estudado. Como orientação estratégica, houve o predomínio da orientação à tecnologia, em detrimento da orientação ao consumidor/cidadão e da orientação empreendedora. As práticas de marketing , que estimulam a transferência de tecnologias das universidades para o mercado , mostraram-se frágeis e de tendência transacional. Por fim, os obstáculos ao marketing apresentaram-se bastante fortes no contexto das universidades. Os resultados apontaram a miopia de marketing, em universidades públicas brasileiras, o que contraria a crescente demanda para que essas instituições contribuam mais ativamente à geração de valor para a sociedade. Dessa maneira, conclui-se que as universidades precisam desenvolver capacidades de marketing que as habilitem a antecipar e agir sobre as mudanças de mercados e da sociedade, em uma perspectiva em longo prazo, de forma ativa, visando a uma contribuição mais direta ao desenvolvimento econômico e tecnológico no Brasil com base em conhecimento mercadológico.
Abstract: In this dissertation, the objective was to understand the role of marketing from research to commercialization of technologies in Brazilian public universities. This is justified by the increasing demand that universit ies more actively contribute for the economic and social development of the country by the transference of scientific knowledge to the market in the form of technologies with commercial potential (marketable products - innovations). To reach this general o bjective, the work was structured in the form of three distinct articles. Article 1 (Commercialization of university technologies and marketing: a scope review) launched the bases for understanding the alternatives for studies on the role of marketing from research to commercialization of technologies in universities. The work was elaborated by means of a scope review of literature inherent to marketing and commercialization of university technologies. The results of this article point to the development of a framework for marketing studies from research to the commercialization of technology in universities, which was done by means of Article 2 (Proposition of a framework for marketing studies from research to technology commercialization in universities). The framework proposed in the second article approaches the university as part of society, with the marketing making feasible the interaction between both environments. The framework was comprised by the following elements: 1. Proactive market analysis (sensing); 2. Marketing-research integration (a. external organizations; b. Technological Innovation Nuclei - NITs); 3. Strategic marketing orientation (a. technology; b. consumer/citizen; c. entrepreneurial); 4. Contemporary marketing practices; 5. Marketing obstacles. Thus, the framework allowed the conduction of the field research, which gave origin to Article 3 (Marketing myopia in Brazilian public universities from research to technology commercialization). In this article, a quantitative research was conducted by means of a structured interview applied via internet to professors and researchers regarding patent deposits in INPI (patents under analysis or conceded), leaders of research groups directed at innovation, employees and directors of the Technological Innovation Nuclei, and others involved with the development, protection and commercialization of academic technologies in Brazilian public universities. A sample of 236 respondents was obtained, which allowed the factorial and cluster analysis. From t he perception of the respondents, it was verified that the universities do not use proactive market analysis or marketing integration by means of external organizations. Despite being fragile, the role of the NITs was considered an alternative for marketing integrating in the studied context. The technological orientation prevailed over consumer/citizen and entrepreneurial orientation. The marketing practices used to stimulate technology transference from the universities were fragile and presented transact ional tendency. Finally, the obstacles to marketing were strong within the context of the universities. The results point to marketing myopia in Brazilian public universities, which contradicts the increasing demand that these institutions contribute more actively for generating society value. Thus, the universities must develop marketing capacities in order to anticipate and act over market and society changes, in a long-term perspective, aiming at a more direct contribution to the economic and technological development in Brazil, based on market knowledge.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15256
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.