Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15268
Título: Influência dos tributos sobre a rotação, reforma e custo de produção de madeira de eucalipto
Título(s) alternativo(s): Influence of the tributes on the rotation, reform and cost of production of eucalyptus wood
Autor : Rodrigues, Carla
Primeiro orientador: Rezende, José Luiz Pereira de
Primeiro membro da banca: Oliveira, Antônio Donizette de
Segundo membro da banca: Scolforo, José Roberto Soares
Palavras-chave: Tributação
Economia florestal
Rotação
Reforma
Custo de produção
Eucalipto
Data da publicação: 23-Ago-2017
Referência: RODRIGUES, C. Influência dos tributos sobre a rotação, reforma e custo de produção de madeira de eucalipto. 2001. 117 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2001.
Resumo: Uma das formas mais antigas utilizadas pelos governos para obtenção de receitas éa de impor tributos sobre a atividade dos vários setores da economia. Atualmente, a melhor forma de obtenção de receitas para o Estado é através da arrecadação de tributos. OBrasil apresenta hoje a maior carga tributária entre as onze principais economias da América Latina. Infelizmente, nossos tributos além de serem muitos, são calculados mediante alíquotas elevadas, e com isso acaba-se criando uma carga onerosa. Quanto mais elevada a carga tributária, mais os contribuintes tendem a sonegar os tributos. Com isso, o governo tende a aumentar cada vez mais as taxas, impostos e contribuições. Sendo que estes estarão sempre embutidos no preço final dos produtos e serviços, e quem termina por pagá-los é o consumidor final. O setor florestal, já desenvolveu sofisticados sistemas industriais que garantem a competitividade de seus produtos e permitem um crescimento futuro para os três subsetores: celulose e papel, madeira eenergia. Ofato de ser diversificado eheterogêneo, faz com que o setor florestal seja responsável pela produção de uma enorme gama de produtos, tanto madeireiros quanto não-madeireiros. O setor florestal está inserido entre os contribuintes dos tributos, porém com sua diversificação este paga um número excessivo de taxas, impostos econtribuições eéum dos setores que vêm sendo mais penalizados com a cobrança destes sobre suas atividades ligadas aos setores primários (área florestal), secundários (área industrial) e terciários (área de serviços). Opaís, em geral, eo setor florestal, em particular, clamam por um novo sistema tributário que reduza ao mínimo, o número de tributos; que seja desburocratizado esimples; eque não contenha tributos de alto custo de arrecadação e de fácil sonegação. No Brasil ainda não há estudos suficientes sobre a influência dos tributos incidentes sobre a produção florestal. Estudos sobre a influência das taxas, impostos e contribuições no custo de produção da madeira, na rotação florestal e na reforma de eucaliptais ainda são incipientes na literatura pertinente. Torna-se, assim, necessário um estudo mais específico, que preencha as lacunas existentes e que possa, de um modo geral, dar impulso a novas pesquisas. Com isso, este estudo teve como objetivos: identificar e caracterizar os tributos incidentes sobre a produção de madeira; determinar a contribuição dos tributos na formação do custo de produção de madeira; analisar a influência das taxas, impostos e contribuições sociais na rotação florestal de povoamentos de Eucalyptus spp.; e analisar a influência das taxas, impostos e contribuições sociais no ciclo ótimo de substituição de povoamentos de Eucalyptus spp
Abstract: One of the most ancient forms utilized by governments is that of imposing tributes on the business ofseveral sectors ofeconomy. .At present, the best way ofobtaining incomes for the State is thorough the collection oftributes (taxes, rates). Brazil presents today the highest tributary charge among the twelve chiefeconomies ofLatin America. Unfortunately, our tributes in addition to being many, they are calculated by means ofelevated aliquots and due to that they end up creating an onerous charge. The higher the tributary charge is the more the contributors tend to evade tributes. So, the government tends increase more and more the rates, taxes and contributions. These will always be enclosed in the final price ofproducts and services and who comes to pay for them is the final consumer. The forest sector has already developed sophisticated industrial systems which warrant the competitiveness ofits products and enable a future growth for the three subsectors: cellulose and paper, wood and energy. The fact ofbeing diversified and heterogeneous causes the forest sector to be responsible for the production ofa huge range ofproducts, both from wood and non-wood. The forest sectors enclosed among the contributors ofthe tributes but with the diversification this pays an excessive number ofrates, taxes and contributions and is one ofthe sectors more penalized with the collection of these on its activities linked to the primary (forest área), secondary (industrial área) and tertiary sectors. The country, in general, and the forest sector, in particular, call for a new tributary system which reduces to the minimum, the number of tributes, which may be debureaucratized and simple, and which do not contain tributes ofa high cost of collection and ofan easy evading. In Brazil, there are no studies enough on the influence ofthe tributes falling on the forest production yet. Studies on the influence of rates, taxes and contributions on the cost of production of wood in the forest rotation and in the reform ofeucalyptus plantations are still at the beginning in the pertinent literature. Return, a more specific study becomes necessary which fulfills the gaps existing and which may, in general, to give impulse to new research works. Thus, this study was designed to: identify and characterize the tribute falling the production of wood;to determine the contribution of the tributes in the formation of cost of production of wood; to analyze the influence of rates, taxes and social contributions in forest rotation of Eucalyptus spp. stands; and to analyze the influence ofthe rates, taxes and social contributions in the optimum cycle of replacement oiEucalyptus spp. stands.
metadata.teses.dc.description: Esta dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, disponível em http://www.biblioteca.ufla.br/wordpress/wp-content/uploads/res090-2015.pdf, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária./ Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15268
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.