Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15285
Título: Estrutura de governança, coordenação e aprendizado tecnológico na cadeia agroindustrial do ovo de Bastos - SP
Título(s) alternativo(s): Structure of governance, coordination and technological learning in eggs agribusiness chain of Bastos - SP
Autor : Sugano, Joel Yutaka
Lattes: http://lattes.cnpq.br/6646670020755884
Primeiro orientador: Santos, Antônio Carlos dos
Primeiro membro da banca: Reis, Ricardo Pereira
Segundo membro da banca: Brito, Mozar José de
Palavras-chave: Ovos - Produção
Cadeia agroindustrial
Administração rural
Data da publicação: 25-Ago-2017
Referência: SUGANO, J. Y. Estrutura de governança, coordenação e aprendizado tecnológico na cadeia agroindustrial do ovo de Bastos - SP. 1999. 149 p. Dissertação (Mestrado em Administração Rural)- Universidade Federal de Lavras, Lavras, 1999.
Resumo: A competitividade já tem sido o motivo de pesquisa de vários trabalhos, sendo este também analisados sob vários enfoques analíticos diferentes. Neste estudo em particular, este tema fora novamente retomado, porém tendo como o seu corpo de análise dois referenciais teóricos um tanto quanto ainda recentes na literatura, a Economia dos Custos de Transação e a Teoria Neo-schumpeteriana. Como objeto de estudo, focou-se sobre a cadeia agroindustrial do ovo de Bastos, localizada a noroeste do Estado de São Paulo - Brasil. Bastos detém uma cifra respeitosa de 26,5% da produção de ovos do estado e 11% da produção nacional, demonstrando assim a sua força competitiva em se tratando deste produto. Como proposta para esta dissertação estudou-se sua competitividade sob três dimensões distintas a saber: o Aprendizado Tecnológico, a Estrutura de Governança e a Estrutura de Coordenação. Para melhor sistematização didática, esta dissertação fora subdivida em seis capítulos. O capítulo primeiro tratou-se de uma rápida revisão a respeito dos principais estudos teóricos já realizados para a cadeia de produção do ovo. No capítulo segundo abordou-se da evolução histórica da cadeia do ovo de Bastos, e de como esta se estruturara num poderoso claster de produção até os dias atuais. No capítulo terceiro, analisou-se sua competitividade sob os diferentes modos de governança apresentados, levantando-se de que sua conformação lhe permite uma configuração que alie os mecanismos de controle aos mecanismos de incentivos proporcionados pelo mercado. No capítulo quarto determinou-se que a coordenação da dita cadeia está em função das várias organizações ali estabelecidas e também do ambiente institucional que lhe é peculiar, possibilitando assim o intenso fluxo de informações, cuja rapidez e eficiência possibilitam aos seus agentes uma adaptação precisa às transformações do meio. No capítulo quinto abordou-se sobre os aspectos do acúmulo de capacitações técnicas adquiridas ao longo do tempo em forma de aprendizado tácitos, cuja longa tradição da cadeia produtiva de Bastos incorporaram-no aos gestores que se seguiram aos primeiros pioneiros. E finalmente no capítulo sexto, fez-se um apanhado geral dos fatores indutores desta competitividade, as tendências futuras quanto ao rumo desta atividade e um questionamento-proposta a título de agendamento científico para estudos futuros.
Abstract: The competitiveness had been alreadythe motive of studyofmany frameworks, it been analyzed also, upon many differents analitical point of views. In this particular study this theme was took back again, pointed however on two recents theoretical references of analysis in literature, the Transactional Economics of Cost and the Neo-Schumpeterian Theory. As the subject of study, ali attention was focused upon Eggs Agribusiness Chain of Bastos, located at northwest of São Paulo - Brazil. Bastos detain an respectable account of 26,5% of egg's production ofthe State, and 11% ofthe national production, showing thus its competitiveness power to concerning to the products eggs. As the propose to this dissertation work the competitiveness aspect was studied on three distincts dimensions: The Governance Structure, the Coordination Structure and Technological Learning. In order to obtain better didatic sistematization this work was subdivided in six chapters. The first one discussed an quick revision about main theories concerning to the Egg's Agribusiness Chain. The second one we discussed upon historical evolution of this chain, arising how its structuration results in a powerful cluster ofproduction until early days. In the third one, its competitiveness was analyzed from differents kinds ofgovernance presented, raised up that its conformation permit him an configuration that join the mechanism of control to the mechanism of incentives proportioned by the market. In the forth one, was determinated that the coordination ofthis chain is in function ofmany organizations placed in Bastos, and in runction of its own peculiar institution environment too, making possible the intense flux of information, which the quickness and efficiency drive on its agencies into a precise adaptation to the transformations of environment. In the fifth one, we had discussed about the aspects of cumulative capacitations of tacits technological learning, incoming along oftime, sincethe pioneer managers until now, as a result oflong productive tradition in Bastos chain. And fínally in the last chapter, we took an entire vision of the inducer fectors of this competitiveness, the futures tendencies ofthis activity and an propose-asking to future studies.
metadata.teses.dc.description: Esta dissertação/tese está disponível online com base na Resolução CEPE nº 090, de 24 de março de 2015, disponível em http://www.biblioteca.ufla.br/wordpress/wp-content/uploads/res090-2015.pdf, que dispõe sobre a disponibilização da coleção retrospectiva de teses e dissertações online no Repositório Institucional da UFLA, sem autorização prévia dos autores. Parágrafo Único. Caberá ao autor ou orientador a solicitação de restrição quanto à divulgação de teses e dissertações com pedidos de patente ou qualquer embargo similar. Art. 5º A obra depositada no RIUFLA que tenha direitos autorais externos à Universidade Federal de Lavras poderá ser removida mediante solicitação por escrito, exclusivamente do autor, encaminhada à Comissão Técnica da Biblioteca Universitária./ Arquivo gerado por meio da digitalização de material impresso. Alguns caracteres podem ter sido reconhecidos erroneamente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15285
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.