Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15374
Título: Programa de arraçoamento no crescimento de Arapaima gigas de 1,6 a 8 kg de peso corporal
Título(s) alternativo(s): Feeding program in the growth of Arapaima gigas from 1.6 to 8 kg of body weight
Autor : Sales Neto, Henrique Magalhães de
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1236619320620036
Primeiro orientador: Rosa, Priscila Vieira e
Primeiro coorientador: Cavali, Jucilene
Segundo coorientador: Zangerônimo, Márcio
Primeiro membro da banca: Cavali, Jucilene
Segundo membro da banca: Gaya, Leila de Genova
Terceiro membro da banca: Fonseca, Rilke Tadeu
Palavras-chave: Pirarucu (Peixe) – Criação – Nutrição
Manejo alimentar
Arapaima culture – Nutrition
Feeding management
Data da publicação: 13-Set-2017
Referência: SALES NETO, H. M. de. Programa de arraçoamento no crescimento de Arapaima gigas de 1,6 a 8 kg de peso corporal. 2017. 43 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: O pirarucu (Arapaima gigas) é outra espécie nativa que tem se destacado e sido apontada como uma das mais promissoras para a aquicultura. A produção da espécie no país tem registrado expressivo crescimento, passando de cerca de 1.000 toneladas, em 2011 chegando a 11 mil e 763 toneladas em 2014. Porém, o desenvolvimento da cadeia produtiva esbarra em uma série de entraves tecnológicos, dentre os quais são os mais críticos, o baixo domínio sobre a reprodução em cativeiro e a nutrição. Com isso, objetivou-se com esse estudo avaliar o comportamento das variáveis peso corporal, ganho de peso, consumo de ração, consumo de proteína bruta, conversão alimentar aparente e densidade de estocagem durante a fase inicial de crescimento (de 1,6 a 8 kg de peso corporal) em pirarucus em viveiros submetidos a diferentes planos nutricionais, visando a obtenção de informações para que se possa promover uma maior eficiência produtiva da espécie. Para tanto, noventa juvenis de pirarucu com peso médio inicial de 1.612 ± 27 g, foram alocados em um viveiro escavado medindo 950 m2, dividido em 15 hapas de 50 m2 e 1,5 m de profundidade por um período experimental de 283 dias, sendo alimentados três vezes ao dia. Os planos nutricionais (PN) foram baseados nas taxas de arraçoamento (% peso corporal médio por hapa), PN1 4,0; 3,5; 3,0; 2,5%, PN2 3,5; 3,0; 2,5; 2,0%; PN3 3,0; 2,5; 2,0; 1,5%, PN4 2,5; 2,0; 1,5; 1,0% e PN5 2,0; 1,5; 1,0; 0,5% e no nível de proteína bruta (38 e 36 %), sendo ajustados de acordo com o peso dos peixes. Ao longo do experimento, os parâmetros da água foram mantidos dentro da faixa apropriada para a criação de peixes tropicais. No plano nutricional com taxas de arraçoamento de 3 a 1,5%, intermediárias às dos demais planos avaliados neste estudo, os peixes se aproximaram do peso de abate preconizado, porém com a desaceleração do consumo de ração e proteína e conversão alimentar aparente ao intervalo final de cultivo estudado, o que poderia vir a contribuir para a desoneração do sistema de criação, sendo tal comportamento um indicativo de eficiência produtiva no período inicial de crescimento estudado neste protocolo de fornecimento de ração. Os outros planos nutricionais avaliados podem ser recomendados para os pirarucus desde que se avalie a relação custo-benefício entre as necessidades do mercado e do sistema de produção, tendo em vista o tempo necessário para a obtenção do peso final ao abate preconizado, avaliando-se em quanto o investimento em ração será compensado em função preço de comercialização desse peixe ao final da fase final de crescimento estudada.
Abstract: Pirarucu (Arapaima gigas) is another native species that has stood out and been pointed out as one of the most promising for aquaculture. The production of the species in the country has registered significant growth, from around 1,000 tons, in 2011 to 11,336 tons in 2014. However, the development of the production chain faces a series of technological obstacles, among which are the more critical, the low dominance over captive breeding and nutrition. The objective of this study was to evaluate the behavior of the body weight, weight gain, feed intake, crude protein consumption, apparent feed conversion and storage density variaties during the initial growth phase (from 1.6 to 8 kg of body weight) in pirarucu in ponds submitted to different nutritional plans, in order to obtain information to promote a higher productive efficiency of the species. Therefore, ninety juveniles of pirarucu with a mean initial weight of 1,612 ± 27 g, were allocated to a excavated pond measuring 950 m2, divided into 15 hapas of 50 m2 and 1.5 m depth for an experimental period of 283 days, fed three times a day. Nutritional Plans (NP) were based on budget rates (mean body weight per hapa), (% peso corporal médio por hapa), NP1 4,0; 3,5; 3,0; 2,5%, NP2 3,5; 3,0; 2,5; 2,0%; NP3 3,0; 2,5; 2,0; 1,5%, NP4 2,5; 2,0; 1,5; 1,0% and NP5 2,0; 1,5; 1,0; 0,5% and at the crude protein level (38 and 36%), being adjusted according to the fish weight. Throughout the experiment, the water parameters were kept within the appropriate range for the creation of tropical fish. In the nutritional plan with feed rates of 3 to 1.5%, intermediate to the other plans evaluated in this study, the fish approached the recommended slaughter weight, however with the deceleration of feed and protein intake and apparent feed conversion at the interval End of studied crop, which could contribute to the discharge of the breeding system, being such behavior an indicative of productive efficiency in the initial period of growth studied in this protocol of feed supply. The other nutritional plans evaluated may be recommended for pirarucus provided that the cost-benefit ratio between the needs of the market and the production system is evaluated, taking into account the time required to obtain the final slaughter weight, While the investment in feed will be offset by the marketing price of this fish at the end of the final stage of growth studied.
URI: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15374
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Programa de arraçoamento no crescimento de Arapaima gigas de 1,6 a 8 kg de peso corporal.pdf960,62 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.