Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15434
Título: Ensaios sobre vieses cognitivos no processo de tomada de decisão gerencial
Título(s) alternativo(s): Trials on cognitive biases in the managerial decision-making process
Autor : Costa, Daniel Fonseca
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0712067140283067
Primeiro orientador: Carvalho, Francisval de Melo
Primeiro coorientador: Moreira, Bruno César de Melo
Primeiro membro da banca: Bressan, Aureliano Angel
Segundo membro da banca: Benedicto, Gideon Carvalho de
Terceiro membro da banca: Costa Júnior, Newton Carneiro Affonso da
Quarto membro da banca: Silva, Washington Santos
Palavras-chave: Finanças - Informações gerenciais
Tomada de decisão
Excesso de Confiança (Economia)
Efeito Ancoragem (Economia)
Viés de Confirmação (Economia)
Finance - Management information
Decision-making process
Overconfidence (Economics)
Anchoring Effect (Economics)
Confirmation Bias (Economics)
Data da publicação: 25-Set-2017
Referência: COSTA, D. F. Ensaios sobre vieses cognitivos no processo de tomada de decisão gerencial. 2017. 214 p. Tese (Doutorado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: O comportamento humano e os erros de julgamentos têm sido pauta de estudos nos campos de Economia e Finanças Comportamentais, com a finalidade de compreender como o indivíduo toma suas decisões, principalmente, em ambientes de riscos e incertezas. Nesse contexto, o presente trabalho tem como objetivo analisar, por meio de um experimento, se o tipo (positiva ou negativa) e o nível (simples ou complexa) de informações econômico-financeiras influenciam os vieses cognitivos de contadores e gestores em um processo de tomada de decisões gerenciais. Os vieses cognitivos estudados foram: o Excesso de Confiança, Efeito Ancoragem e o Viés de Confirmação. Além de análises bibliométricas, a metodologia utilizada foi a experimental, cujo experimento controlado e elaborado para os fins desta pesquisa, foi aplicado pela internet de forma aleatória. Os fatores de tratamento utilizados foram o tipo (positiva e negativa) e o nível (simples e complexa) de informações econômico-financeiras e os sujeitos da pesquisa foram os contadores e os gestores de empresas, contando, também, com um grupo controle formado por profissionais diversos e estudantes. Assim, a tese resultou em seis artigos que, além de mapearem a área de Economia e Finanças Comportamentais, demonstraram que, em algumas situações, a informação gerencial pode influenciar os vieses cognitivos. Os dois primeiros artigos realizaram análises bibliométricas sobre o campo de pesquisa, demonstrando a importância da área de economia e finanças comportamentais, bem como a interação dos vieses cognitivos aqui estudados com esse campo de pesquisa. O terceiro artigo traz uma proposta experimental para mensurar os vieses cognitivos nas tomadas de decisões empresariais, delineando o experimento que conduziu esta pesquisa. O quarto artigo visa a analisar os efeitos da informação gerencial no Excesso de Confiança, trazendo evidências de que o tipo de informação pode influenciar o excesso de Confiança. O quinto artigo analisa o Efeito Ancoragem dos contadores e gestores e sugere que o tipo de informações influencia o efeito ancoragem em projeções mínimas em relação à ancora baixa. Por fim, o sexto artigo analisa o Viés de Confirmação, sugerindo que os fatores tipo e nível não influenciam esse viés na tomada da decisão gerencial e que as informações negativas podem influenciar o viés de confirmação na escolha da informação mais importante para se tomar a decisão gerencial. Com isso, a tese demonstra que tanto o contador como o gestor sofrem dos vieses cognitivos Excesso de Confiança, Efeito Ancoragem e Viés de Confirmação e que o tipo e o nível de informações podem, em certas ocasiões, influenciar esses vieses.
Abstract: Human behavior and mistakes in judgment have been a subject of study in the field of economics and behavioral finances in order to understand how the individual makes decisions, especially in risky and uncertain environments. In this context, this work had the objective of analyzing, by means of an experiment, if the type (positive or negative) and the level (simple or complex) of economic-financial information influence the cognitive biases of accountants and managers in a managerial decision-making process. The cognitive biases were: Overconfidence, Anchorage Effect and the Confirmation Bias. In addition to bibliometric analyses, the methodology employed was experimental, in which the controlled experimental elaborated for this research was randomly applied by the internet. The treatment factors used were type (positive or negative) and level (simple or complex) of the economic-financial information, and the subjects were company accountants and managers, also considering a control group formed by diverse professionals and students. Thus, this dissertation resulted in six articles, which, in addition to mapping the field of economy and behavioral finances, demonstrated that, in some situations, the managerial information can influence the cognitive biases. The first two articles regarded bibliometric analyses on the research field, showing the importance of the field of economy and behavioral finances, as well as the interaction of the cognitive studied biases with this field of research. The third article brings an experimental proposal to measure the cognitive biases in entrepreneurial decision-making, outlining the conducted experiment. The fourth article aims at analyzing the effects of managerial information over the excess of trust, evidencing that the type of information can influence the excess of trust. The fifth article concerns the analysis of the anchoring effect of accountants and managers and suggests that the type of information influences the anchoring effect in minimum projections related to the low anchor. Finally, the sixth article brings the analysis of the confirmation bias, suggesting that the factors of type and level do not influence managerial decision-making and that the negative information can influence the confirmation bias in the choice of the information most relevant to managerial decision-making. Therefore, this dissertation demonstrates that both accountant and manager as administrators suffer the cognitive biases of excess of trust, anchoring effect and confirmation bias, and that the type and level of information can, in certain situations, influence these biases.
URI: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/15434
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_Ensaios sobre vieses cognitivos no processo de tomada de decisão gerencial.pdf4,67 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.