Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1567
Título: Innovation management in the genetically modified seed industry: a business platform dynamic approach
Autor : Figueira, Mariane
Primeiro orientador: Sugano, Joel Yutaka
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Zambalde, André Luiz
Rickne, Annika
Primeiro membro da banca: Zambalde, André Luiz
Castro, Cleber Carvalho de
Calegário, Cristina Lélis Leal
Rezende, Daniel Carvalho de
Carvalho, Maria Laene Moreira de
Rosa, Sttela Dellyzete Veiga Franco da
Rickne, Annika
Área de concentração: Organizações, Estratégias e Gestão
Palavras-chave: Biotecnologia agrícola
Dinâmica de plataforma de negócios
Sementes geneticamente modificadas
Agricultural biotechnology
Business platform dynamics
Open innovation
Genetically modified seeds
Data da publicação: 2014
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)
Referência: Figueira, M. Innovation management in the genetically modified seed industry: a business platform dynamic approach. 2013. 200 p. Tese (Doutorado em Administração) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Willing to contribute to the field of innovation management the present study analyzes innovation processes from a multi-level, multi-dimensional, and dynamic perspective. The main objective of this study was the development of a generic business platform theoretical model to analyze innovation processes in the genetically modified (GM) seed industry. The study is divided into four chapters that implement the concept of business model dynamics, the dimensions of open innovation and business platform understanding to analyze innovation processes in the agricultural biotechnology sector in Brazil. The first chapter exposes our research background, research questions that motivated the study, theoretical underpinning that was the basis of the entire study and theoretical framework which can be seen as one of the main contributions of this study, and worked as connecting line for the three following chapters. The second chapter illustrates the concept of business model dynamics through a single case study on a pioneering agricultural biotechnology multinational company. The third chapter approaches the concepts of open business model and open innovation, and through the analysis of the agricultural biotechnology industry’s historical trajectory, shows the evolution of business models within the GM seed sector and also the characterization of open business model dimensions. In the fourth chapter we analyze perceptions of the concept of business platforms in the GM seed industry of different agents operating in the sector, considering definition and construction of business platforms and business platform leadership in the GM seed sector. For the development of this study data was collected from documental and bibliographical sources, as well as 22 in-depth interviews and 7 informal conversation carried out with directors, managers and technicians from the six largest agricultural biotechnology multinational companies operating in Brazil, one Brazilian research cooperative and two Brazilian seed companies. Data was collected in 2007, 2008, 2010, 2011, and 2013 and analyzed qualitatively. Results show that the concepts of business model dynamics and the dimensions of open innovation are part of the business platform theoretical framework. The business platform concept has been defined as the shared logic or the architecture that allow gathering the complementary competences necessary to facilitate innovation within firms, within supply chains, and between industries. Four dimensions of innovation were identified: inside innovation characterizing the internal business platform, outside-in innovation generating the supply chain business platform, inside-out innovation which can generate the industrial business platform, and co-development, characterizing the supply chain business platform. Business platform evolution in the sector studied is different compared to the understanding found in the literature. Within the GM seed industry de an internal business platform can evolve to an industrial platform when an agricultural biotechnology company develops integrated solutions to customers.
Visando contribuir para o campo da gestão da inovação, foram analisados processos de inovação a partir de uma perspectiva multi-nível, multi-dimensional e dinâmica. O objetivo do presente estudo foi desenvolver um modelo teórico genérico de plataforma de negócios para analisar processos de inovação na indústria da semente geneticamente modificada (GM). O trabalho foi dividido em quatro capítulos que empregaram os conceitos de dinâmica de modelo de negócios, as dimensões da inovação aberta e o entendimento de plataforma de negócios para compreender processos de inovação de empresas operando no setor da biotecnologia agrícola no Brasil. O primeiro capítulo apresenta o contexto da pesquisa, as questões chave que motivaram esse estudo, o referencial teórico que serviu de base para o trabalho como um todo e o modelo teórico que pode ser visto como uma das principais contribuições desse estudo, servindo de ligação para os outros três capítulos. O segundo capítulo ilustra o conceito de dinâmica de modelo de negócios por meio de um estudo de caso de uma empresa pioneira na área de sementes geneticamente modificadas. O terceiro capítulo expõe os conceitos de modelo de negócio aberto e inovação aberta e, por meio da observação da trajetória histórica da indústria da biotecnologia agrícola, mostra a evolução dos modelos de negócio nesse setor e a caracterização de dimensões da inovação aberta. O quarto capítulo aborda diferentes percepções de agentes do setor de sementes GM sobre a definição e construção de plataformas de negócios e a liderança em plataforma de negócios nesse setor. Para o desenvolvimento desse estudo foram coletadas dados de fontes bibliográficos e documentais e realizadas 22 entrevistas em profundidade e 7 conversas informais com diretores, gerentes e técnicos das seis maiores empresas multinacionais de biotecnologia agrícola presentes no Brasil, uma cooperativa que desenvolve pesquisa, e duas empresas de sementes. Os dados foram coletados nos anos de 2007, 2008, 2010, 2011 e 2013 e analisados de maneira qualitativa. Os principais resultados obtidos mostram que os conceitos de dinâmica de modelo de negócios e as dimensões da inovação aberta fazem parte do modelo teórico de plataforma de negócios. O conceito de plataforma de negócios foi definido como sendo a lógica compartilhada ou a arquitetura que permite a união das competências necessárias para se facilitar a inovação dentro de firmas, em cadeias de suprimentos e entre indústrias. Quatro dimensões de inovação foram identificados: inovação inside que caracteriza a plataforma de negócios interna, inovação outside-in que pode gerar a plataforma de negócios de cadeia de suprimentos, inovação inside-out que pode gerar a plataforma de negócios industrial, e o co-desenvolvimento que pode gerar a plataforma de negócios de cadeia de suprimentos. A evolução das plataformas de negócios no setor estudado se diferencia um pouco com relação ao entendimento encontrado na literatura. Na indústria de sementes GM uma plataforma interna pode evoluir para uma plataforma industrial quando uma empresa de biotecnologia agrícola desenvolve soluções integradas para os consumidores.
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Administração, área de concentração Organizações, Estratégias e Gestão, para a obtenção do título de “Doutor”.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1567
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: en
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_Innovation management in the genetically modified seed industry.pdf985,52 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.