DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCA - Departamento de Ciência dos Alimentos >
DCA - Programa de Pós-graduação >
DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1598

Título: Caracterização do desenvolvimento de frutos do cerrado: Marolo (Annona crassiflora Mart.) e Gabiroba (Campomanesia pubescens)
Título Alternativo: Characterization of the development of savana fruit: marolo fruit (Annona crassiflora Mart.) and gabiroba fruit (Campomanesia pubescens)
Autor(es): Silva, Edson Pablo da
Orientador: Vilas Boas, Eduardo Valério de Barros
Membro da banca: Batista, Luis Roberto
Pinheiro, Ana Carla Marques
Xisto, Andrea Luiza Ramos Pereira
Área de concentração: Ciências dos Alimentos
Assunto: Fruta nativa
Crescimento
Maturação
Native fruit
Growth
Maturation
Data de Defesa: 27-Fev-2009
Data de publicação: 2014
Agência de Fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: SILVA, E. P. da. Caracterização do desenvolvimento de frutos do cerrado: Marolo (Annona crassiflora Mart.) e Gabiroba (Campomanesia pubescens). 2009. 115 p. Dissertação (Mestrado em Ciências dos Alimentos) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: Este trabalho teve como objetivos a caracterização de frutos do cerrado, marolo (Annona crassiflora, Mart.) e gabiroba (Campomanesia pubescens), durante o desenvolvimento, por meio de análises físicas, químicas e fisiológicas. A floração do marolo iniciou-se no final de setembro, princípio de outubro, com frutificação observada inicialmente no final do mês de outubro, com pico de produção no final do mês de fevereiro e início do mês de março. O desenvolvimento total do fruto compreendeu 140 dias, a partir da antese. A floração inicial da gabiroba ocorreu no mês de agosto e o ápice do evento foi observado no mês de setembro com frutificação inicial no mês de setembro sendo outubro o período ideal para colheita. O período compreendido entre a abertura da flor (antese) e o amadurecimento foi de 63 dias (9 semanas), atingindo tamanho máximo neste ponto. Foi observado nos frutos, marolo e gabiroba, durante o desenvolvimento, o incremento de massa e diâmetros transversal e longitudinal. As mudanças físicas e químicas nos teores de sólidos solúveis, açúcares, vitamina C, pH, acidez e valor b* foram observadas no marolo a partir do 120° dia; na gabiroba, estas mudanças ocorreram entre 48 e 53 dias de desenvolvimento, indicando o início da fase de maturação nos frutos. O crescimento apresentado durante o desenvolvimento dos frutos sugere um comportamento sigmoidal duplo, para o marolo e sigmoidal simples, para a gabiroba.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos, área de concentração em Ciências dos Alimentos, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1598
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Caracterização do desenvolvimento de frutos do cerrado - Marolo - Annona crassiflora Mart. - e Gabiroba - Campomanesia pubescens-.pdf903,09 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback