DSpace
Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
PPBV - Programa de Pós-graduação em Biotecnologia Vegetal >
PPBV - Biotecnologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1641

Título: Plantas de cana-de-açúcar transformadas com ZmRab17:: AtDREB2A CA para tolerância a seca
Autor(es): Reis, Rafaela Ribeiro
Orientador: Chalfun Júnior, Antônio
Membro da banca: Molinari, Hugo Bruno Correa
Kobayashi, Adilson Kenji
Sousa, Carlos Antônio Ferreira de
Área de concentração: Biotecnologia Vegetal
Assunto: Resistência à seca
Cana-de-açúcar
Sugarcane
Stress abiótico
Abiotic stress
Risotron
Data de Defesa: 26-Jul-2013
Data de publicação: 2014
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: REIS, R. R. Plantas de cana-de-açúcar transformadas com ZmRab17:: AtDREB2A CA para tolerância a seca. 126 p. 2013. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia Vegetal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Períodos de déficit hídrico são frequentes nas regiões áridas e semiáridas do Brasil, principalmente, na Região do Bioma Cerrados onde a cultura da cana-de-açúcar tem avançado a cada safra. Este estresse ambiental, quando persiste por longos períodos, pode causar perdas consideráveis de 50% ou mais na produtividade das culturas dependendo da sensibilidade da espécie e nível de estresse a que elas foram submetidas. Em resposta ao déficit hídrico, as plantas ativam mecanismos que auxiliam na redução da perda de água, reparo/proteção celular como consequência da eficiência do uso da água (EUA). O presente trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a resposta molecular, fisiológica e fenotípica de plantas transgênicas de cana-de-açúcar, contendo a construção gênica ZmRab17::AtDREB2A CA sob condições de déficit hídrico em casa de vegetação. Oito eventos independentes foram obtidos via biobalística com eficiência de transformação de 3,3%. Análises de Southern blot dos eventos revelaram que o número de cópias do transgene variou de uma a mais de quinze. Plantas transgênicas do evento 24.2 apresentaram taxas fotossintéticas 12 vezes maiores do que as plantas não-transgênicas, no segundo dia após a suspensão da irrigação, mantendo taxas, significativamente, superiores até o terceiro dia. Ao final do experimento, as taxas fotossintéticas, para ambos os materiais, foi quase nula. O potencial hídrico foliar ao final do experimento das plantas transgênicas foi de -1,3 MPa, enquanto que as não-transgênicas de -2,0 MPa. O evento 24.2 apresentou um teor de sacarose 33,8% maior que as plantas não-transgênicas. Além disso, o comprimento linear total do colmo foi aproximadamente 20% superior. O peso seco de parte aérea e de raízes, assim como as análises fenotípicas de raiz por imagem não diferiram significativamente. Nestes resultados foram demonstrados que as plantas transgênicas de cana-de-açúcar do evento 24.2 tiveram aumento na tolerância ao déficit hídrico sem comprometimento na produtividade.
Periods of drought are frequent in the arid and semi -arid regions of Brazil, especially in the Cerrado biome where the sugarcane culture has advanced each season. When this environmental stress persists for long periods, it may cause the considerable loss of 50 % or more in crop yields, depending on the species’ sensitivity and the level of stress to which they were subjected. In response to drought, plants activate mechanisms that assist in the reduction of water loss and cell repair/protection as a result of efficient water use (USA). This study aimed at evaluating the molecular, physiological and phenotypic responses of transgenic sugarcane plants, containing the ZmRab17 :: AtDREB2A CA gene construction, under water deficit conditions in a greenhouse. Eight independent events were obtained by biolistic with a 3.3% transformation efficiency. Southern blot analysis of the events revealed that the number of transgene copies ranged from one to more than fifteen. Transgenic plants from the 24.2 event presented photosynthetic rates 12 times higher than the nontransgenic plants on the second day after the irrigation suspension, maintaining significantly superior rates until the third day. At the end of the experiment, photosynthetic rates for both materials were almost nil. The leaf water potential of the transgenic plants at the end of the experiment was of -1.3 MPa, while for the non – transgenic plants was of -2.0 MPa. The 24.2 event presented sucrose content 33.8 % higher than the non-transgenic plants. In addition, the total linear length of the stem was approximately 20 % superior. The dry weight of shoots and roots, as well as the imaging phenotypic analysis of the roots did not differ significantly. These results demonstrated that the transgenic sugarcane plants of the 24.2 event had increased tolerance to water deficit without compromising productivity.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Vegetal, área de concentração em Biotecnologia Vegetal, para a obtenção do título de Mestre
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1641
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: PPBV - Biotecnologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Plantas de cana-de-açúcar transformadas com ZmRab17.pdf2,16 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback