Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1663
Título: Propagação de roseiras em sistema hidropônico
Título(s) alternativo(s): Production rose in hydroponic system
Autor : Locarno, Marco
Primeiro orientador: Paiva, Patricia Duarte de Oliveira
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Chalfun, Nilton Nagib Jorge
Primeiro membro da banca: Landgraf, Paulo Roberto Corrêa
Alvarenga, Amauri Alves de
Pivetta, Káthia Lopes Fernandes
Área de concentração: Produção Vegetal
Palavras-chave: Flores - Cultivo
Hidroponia
Rosa spp.
Hydroponics
Floriculture
Rosa
Data da publicação: 2014
Referência: LOCARNO, M. Propagação de roseiras em sistema hidropônico. 2011. 75 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: As mudas de roseiras de corte são obtidas por enxertia de cultivares híbridos sobre porta-enxertos de roseiras ou estaquia. Com o objetivo de aperfeiçoar o processo de propagação, avaliaram-se porta-enxertos de roseiras Natal Briar e Paulista, cultivadas em hidroponia e pré-tratadas com concentrações de AIB. Os porta-enxertos foram enxertados com as cultivares Versília e Greta aos 60 dias após o plantio, utilizando-se enxertia em borbulhia em placa (BP), borbulhia em T invertido (BT) e garfagem (G). A desmama foi realizada em seguida à enxertia (0) e 20 dias depois. Após 46 dias da realização da enxertia, as mudas foram plantadas em substrato, sendo avaliado o desenvolvimento de mudas em torrão, raiz nua e raiz nua com barrela. Também as cultivares Natal Briar e Paulista, mantidas em cultivo hidropônico, foram enxertadas com segmentos herbáceos de hastes do cultivar Greta pelo método de garfagem de mesa e protegidos com parafina, com e sem fitorregulador, e fita plástica. Posteriormente, foram separadas em três grupos para os tratamentos de forçagem em câmara úmida a 28ºC (0,15 e 30 dias). Os melhores resultados do primeiro ensaio foram obtidos para a cultivar Natal Briar, quando tratada com 1000 mg L-1 AIB em imersão por 15 segundos, enquanto a cultivar Paulista, apresentou melhor enraizamento quando tratada com 2.000 mg L-1. No segundo ensaio, os melhores resultados foram obtidos com a técnica de borbulhia em placa e em T invertido, devendo o desmame ser realizado 20 dias após a enxertia. Quanto à adaptação, todas as mudas transplantadas sobreviveram. No terceiro ensaio, os melhores resultados de percentual de enraizamento e número de raízes foram obtidos com a cultivar Natal Briar, com tempo de forçagem de 15 dias em câmara úmida a 28oC, ocorrendo 57% de enraizamento aos 30 dias. Os enxertos não sobreviveram quando se realizou a enxertia de mesa.
The seedlings of rose-cut is obtained by grafting cultivars of hybrid rootstocks or cuttings of roses. In order to enhance the propagation process, we assessed the rootstock rose, Natal briar and Paulista, grown in hydroponics and pre- treated with IBA concentration. The rootstocks were grafted with the cultivars of Versilia and Greta at 60 days after planting by bud grafting on the plate (BP), inverted T budding (BT) and grafting (G). Weaning was performed after grafting (0) and after 20 days. After 46 days of grafting, the seedlings were planted in substrate, and evaluated the development of seedlings in turf, bare root and root naked with lye. Also, cultivars Paulista and Natal briar, maintained in hydroponic culture, segments were grafted with herbaceous stems grow Greta by the method of grafting table and protected with wax, with and without plant growth regulator, and plastic tape. After, they were separated into three groups for treatments forcing in a moist chamber at 28 º C (0.15 and 30 days). The best results were obtained from the first rehearsal for the Natal briar grow when treated with 1000 mg L-1 IBA immersion for 15 seconds while the cultivar Paulista, showed better rooting when treated with 2000 mg L-1. In the second trial, the best results were obtained with the technique of budding plate and inverted T, with the Weaning be made 20 days after grafting. On adaptation, all transplanted seedlings survived. In the third trial the best results of rooting percentage and root number were obtained with the cultivar Natal briar with forcing time of 15 days in a moist chamber at 28 ° C, occurring 57% rooting after 30 days. The grafts did not survive when it took the table grafting.
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração em Produção Vegetal, para obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1663
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_Propagação de roseiras em sistema hidropônico.pdf446,59 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.