Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1703
Título: Atividade antimicrobiana de óleos essenciais frente a Staphylococcus aureus e Streptococcus agalactiae isolados de mastite bovina
Título(s) alternativo(s): Antimicrobial activity of essential oils against Staphylococcus aureus and Streptococcus agalactiae isolated from bovine mastitis
Autor : Perini, Silvia
Primeiro orientador: Costa, Geraldo Márcio da
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Piccoli, Roberta Hilsdorf
Primeiro membro da banca: Valeriano, Carolina
Mattos, Marcos Rodrigues de
Mian, Gláucia Frasnelli
Área de concentração: Ciências Veterinárias
Palavras-chave: Mamite
Antibacteriano
Composto natural
Mastitis
Antibacterial
Natural compound
Data da publicação: 19-Fev-2014
Referência: PERINI, S. Atividade antimicrobiana de óleos essenciais frente a Staphylococcus aureus e Streptococcus agalactiae isolados de mastite bovina. 2013. 70 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Os tratamentos para mastites baseados na antibioticoterapia nem sempre são efetivos, podendo levar à seleção de bactérias resistentes e à presença de resíduos no leite. Nesse contexto, o uso de compostos derivados de plantas configura-se como alternativa para o controle da mastite em vacas leiteiras. Este estudo foi realizado com o objetivo de determinar, por meio do método de microdiluição em caldo, a concentração inibitória mínima (CIM) dos óleos essencias de Salvia sclarea, Eugenia caryophyllata, Thymus vulgaris, Cymbopogon winterianus, Elettaria cardamomun, Cymbopogon flexuosos, Rosmarinus officinalis e Cinnamomum cassia para isolados de S. aureus e S. agalactiae associados a casos clínicos e subclínicos de mastite. Para isolados de S. aureus, observou-se que o óleo essencial de C. cassia foi o de maior eficiência, apresentando CIM de 0,03906%, seguido dos óleos de T. vulgaris e C. flexuosos (0,15625%) e E. caryophyllata e C. winterianus (0,3125%). Os óleos essenciais de R. officinalis, E. cardamomun e S. sclarea não revelaram atividade antimicrobiana significativa, apresentando CIMs iguais ou superiores a 2,5%. Para isolados de S. agalactiae, o óleo essencial mais efetivo também foi o óleo de C. cassia, cujo CIM foi de 0,01953%, seguido dos óleos de E. caryophyllata (0,078125%), C. flexuosos e T. vulgaris (0,15625%), e C. winterianus e E. cardamomun (0,625%). Já os óleos de S. sclarea (1,25%) e de R. officinalis (CIM˃2,5%) não apresentaram atividade antibacteriana significativa. Foram realizadas combinações entre os óleos essenciais de C. cassia, C. flexuosos e E. caryophyllata, observando-se sinergismo em todas as combinações ensaiadas, principalmente aquelas envolvendo o óleo essencial de C. cassia. Os resultados obtidos apontaram a perspectiva de utilização de óleos essenciais no controle das infecções intramamárias ocasionadas por S.aureus e S.agalactiae, em bovinos.
Treatments for mastitis based on antibiotic therapy are not always effective which may lead to selection of resistant bacteria and the presence of residues in milk. In this context the use of compounds derived from plants configures as an alternative to control mastitis in dairy cows. The objective of this study was to determine, by the method of broth micro dilution, the minimum inhibitory concentration (MIC) of essential oils of Salvia sclarea, Eugenia caryophyllata, Thymus vulgaris, Cymbopogon winterianus, Elettaria cardamomun, Cymbopogon flexuosos, Rosmarinus officinalis and Cinnamomum cassia for isolates of S. aureus and S. agalactiae associated with clinical and subclinical mastitis. For the isolates of S. aureus, was observed that the essential oil of C. cassia presented the highest efficiency with a MIC of 0,03906%, followed by the oils of T. vulgaris and C. flexuosos (0,15625%) and E.caryophyllata e C. winterianus (0,3125%). The essential oils of R. officinalis, E. cardamomun and S.sclarea showed no antimicrobial activity presenting MIC’s equal or higher to 2,5%. For isolates of S. agalactiae, the oil of C. salvia was also the most effective, presenting a MIC of 0,01953%, followed by the oils of E. caryophyllata (0,078125%), C. flexuosos and T. vulgaris (0,15625%), and C. winterianus and E. cardamomun (0,625%). The oils of S. sclarea (1,25%) and R. officinalis didn’t show significant antibacterial activity (CIM˃2,5%). Combinations were made among the essential oils of C .cassia, C. flexuosos and E. caryophyllata, observing synergism in all combinations tested, especially those involving the essential oil of C. cassia. The results indicated the prospect of using essential oils to control bovine intramammary infections caused by S.aureus and S.agalactiae.
metadata.teses.dc.description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1703
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.