Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1751
Título: Manutenção da qualidade de morangos submetidos ao 1-MCP e armazenados em temperatura ambiente e refrigerada
Título(s) alternativo(s): Quality maintanance of strawberries submitted to 1-MCP and stored at room and refrigerated temperature
Autor : Silva, Polyanna Alves
Primeiro orientador: Abreu, Celeste Maria Patto de
Primeiro membro da banca: Saczk, Adelir Aparecida
Lima, Luiz Carlos de Oliveira
Batista, Luís Roberto
Gonçalves, Emerson Dias
Área de concentração: Agroquímica/Agrobioquímica
Palavras-chave: Armazenamento
Metilciclopropeno
Pós-colheita
Vitamina C
Storage
Postharvest
Methylcyclopropene
Vitamin C
Data da publicação: 2014
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: SILVA, P. A. Manutenção da qualidade de morangos submetidos ao 1-MCP e armazenados em temperatura ambiente e refrigerada. 2010. 137 p. Tese (Doutorado em Agroquímica) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014
Resumo: A cultura do morango tem se destacado muito no Brasil, nos últimos anos, à sua importância econômica. Com a mudança dos hábitos alimentares ocorridos nos últimos anos, os consumidores passaram a exigir atributos de qualidade para as frutas e hortaliças, tais como aparência, sabor, odor, valor nutricional e ausência de defeitos. Estudos têm demonstrado a eficiência do 1-metilciclopropeno (1-MCP) em inibir a ação do etileno na pós-colheita, estendendo, assim, a vida útil desses produtos. Neste estudo foram avaliadas a qualidade de morangos submetidos ao 1-MCP na concentração de 100 nL L-1 por exposição de 2 horas e armazenados à temperatura ambiente e refrigerada e a influência de dois tipos de sanificantes, além de ter sido realizada uma comparação entre os métodos de HPLC e colorimetria, para a determinação de Vitamina C em morangos. O uso de sanitizantes foi de fundamental importância, mantendo baixas as contagens de fungos filamentosos e leveduras, tendo o dicloro isocianurato a 200 mg L-1 o que apresentou os melhores resultados. A determinação via HPLC detectou maiores teores de vitamina C. O 1-MCP, na concentração de 100 nL L-1, aplicado nos morangos, por exposição de 2 horas em câmara hermeticamente fechada, seguido do armazenamento por seis dias à temperatura ambiente, foi eficiente em retardar o amaciamento dos frutos. E, quando foram armazenados por 18 dias sob refrigeração, foi eficiente em estender a vida útil desses frutos por 8 dias.
The the economical importance of the strawberry culture in Brazil has stood out a lot in in recent years. With the change of eating habits occurred in the recent past, the consumers have started to demand quality attributes of the fruits and vegetables, such as appearance, flavor, aroma, nutritional value and absence of defects. Studies have been demonstrating the efficiency of 1-methylcyclopropene (1-MCP) in inhibiting the postharvest action of ethylene, thus extending, the shelflife of these products. In this study, the quality of strawberries submitted to 1-MCP at a concentration of 100 nL L-1 by a 2 hour exposure and stored at room and refrigerated temperature and the influence of two types of sanitizing agents were appraised. Furthermore, a comparison was conducted between the HPLC and colorimetry methods for vitamin C determination in strawberries. The use of sanitizers was of fundamental importance, maintaining the filamentous fungi and yeast count low, dichloroisocyanurate at 200 mg L-1 being that which presented the best results. The determination through HPLC detected higher vitamin C levels. The 1-MCP, at the concentration of 100 nL L-1, applied in the strawberries, for a 2 hour exposure in a tightly closed chamber, followed by storage for six days at room temperature was efficient in delaying the softening of the fruits. When stored for 18 days under refrigeration, it was efficient in extending the shelflife of these fruits for 8 days.
metadata.teses.dc.description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agroquímica/Agrobioquímica para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1751
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DQI - Agroquímica - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.