Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1891
Título: Xilema e propriedades hidráulicas de plantas de Caryocar brasiliense camb. (Pequi) em diferentes ambientes
Título(s) alternativo(s): Xylem and hydraulic properties of Caryocar brasiliense CAMB. (pequi) on diferent environment
Autor : Caldeira Junior, Cecílio Frois
Primeiro orientador: Soares, Angela Maria
Primeiro membro da banca: Mori, Fábio Akira
Castro, Evaristo Mauro de
Área de concentração: Fisiologia Vegetal
Palavras-chave: Xilema
Cavitação
Condutividade hidráulica
Pontuações de membrana Tilose
Xylem
Cavitation
Hydraulic conductivity
Pit membrane Tylose
Data da publicação: 31-Jul-2014
Referência: CALDEIRA JÚNIOR, C. F. Xilema e propriedades hidráulicas de plantas de Caryocar brasiliense camb. (Pequi) em diferentes ambientes. 2009. 42 p. Dissertação (Mestrado em Fisiologia Vegetal ) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: A água é um fator capaz de definir a produção e distribuição das espécies no ambiente natural. Muitas espécies se adapatam a diferentes condições de disponibilidade hídrica por ajustes estuturais e funcionais. Esse estudo teve como objetivo avaliar a existência de plasticidade na anatomia do xilema e propriedades hidráulicas de plantas da espécie Caryocar brasiliense com ocorrência em dois ambientes distintos (centro-oeste e sul de Minas Gerais) e em duas formas de crescimento (árvores grandes e rebrotas de pequeno porte). Foram realizadas análises da anatomia do tecido xilemático e estimativas de propriedades hidráulicas. O xilema das árvores de grande porte apresenta elementos de vaso com maior diâmetro que as rebrotas, proporcionando condutividade hidráulica superior, o que favorece maior capacidade de fornecimento de água para as folhas e fixação de CO2. Entre os ambientes, rebrotas do sul de Minas Gerais possuem maior capacidade de condução devido à maior freqüência de elementos de vaso. A ocorrência de maior condutividade hidráulica em árvores pode estar associada à maior capacidadede de extração de água do solo que seu sistema radicular possui. No entanto, quanto às rebrotas, possivelmente a maior condutividade das plantas do sul de Minas está ligada à menor restrição hídrica existente neste ambiente. Maior capacidade de transporte de água geralmente está associada a vasos com menor resistência à implosão e maior susceptibilidade do sistema vascular a eventos de cavitação, o que foi encontrado. No entanto, menor diferença de pressão para ocorrência de cavitação foi encontrada nas rebrotas do sul, devido às maiores dimensões das pontuações de membrana nos elementos de vaso. Verificou-se também a presença de tiloses nos elementos de vaso destas plantas, o que pode ocorrer como conseqüência eventos de cavitação nos vasos. Portanto, percebe-se que a espécie C. brasiliense apresenta plasticidade fenotípica para o tecido xilemático e que ajustes nas propriedades hidráulicas são mediadas por fatores ambientais.
Water is a factor able to define the production and distribution of species on the natural environment. Many species are adapted to different conditions of water availability for structural and functional adjustments. This study aimed to evaluate the existence of plasticity in the xylem anatomy and hydraulic properties of plant species with Caryocar brasiliense occurred in two distinct environments other (center-west and south of Minas Gerais) and two forms of growth (large trees and small sprouts). We performed analysis of the anatomy of the xylem tissue and estimates of hydraulic properties. The xylem of large trees shown vessels elements with greater diameter than sprouts providing superior hydraulic conductivity, which favors greater capacity to supply water to the leaves and fixation of CO2. Among environments, sprouts in southern Minas Gerais have greater ability to transport due to the higher frequency components of the vessel. The occurrence of greater hydraulic conductivity in trees may be associated with greater capacity to extract water from soil that has its roots. However, on the sprouts, possibly the highest conductivity of the plants in southern Minas is linked to lower water restriction in this environment. Increased transport capacity of water is usually associated with vessels that less resistance and greater susceptibility to the implosion of the vascular system of cavitation events, which were found. However, the lower pressure difference for occurrence of cavitation was found in the sprouts from south due to the larger of the scores of membrane elements in the vase. There was also the presence of tylose in the vessel elements of these plants, which may occur as a result of cavitation events in vessels. Therefore, we find that the species C. brasiliense shows phenotypic plasticity to xylem tissue and that adjustments in hydraulic properties are mediated by environmental factors.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/1891
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.