Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/190
metadata.artigo.dc.title: Nature value: the evolution of this concept
metadata.artigo.dc.title.alternative: Valor da natureza: a evolução desse conceito
metadata.artigo.dc.creator: Silva, Sabrina Soares da
Reis, Ricardo Pereira
Ferreira, Patrícia Aparecida
metadata.artigo.dc.subject: Valoração
Recursos naturais
Análises ambientais
Nature goods
Environmental analyses
metadata.artigo.dc.date.issued: 2012
metadata.artigo.dc.identifier.citation: SILVA, S. S. da; REIS, R. P.;  FERREIRA, P. A. Nature value: the evolution of this concept. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 36, n. 1, p. 9-15, jan./fev. 2012.
metadata.artigo.dc.description.resumo: More attention has been paid to environmental matters in recent years, mainly due to the current scenario of accentuated environmental degradation. The economic valuation of nature goods can contribute to the decision-making process in environment management, generating a more comprehensive informational base. This paper aims to present, in a historic perspective, the different concepts attributed to nature goods and were related to the current predominant perspectives of nature analyses. For this purpose, this paper presents the different concepts attributed to value since the pre-classical period, when nature were viewed as inert and passive providers of goods and services, this view legitimized nature’s exploration without concern over the preservation and conservation of nature. The capacity of nature to absorb the impact of human action appears to be reaching its limit, considering the irreversibility, the irreproducibility and the possibility of collapse. The appropriate method for valuing natural resources is not known, but more important than the method is to respect and incorporate the particular characteristics of the nature goods into this process. These characteristics must be valuated in order to arrive at a more consistence approach to nature value and promote sustainability.
metadata.artigo.dc.description.abstract: Nos últimos anos, mais atenção tem sido dada às questões ambientais, principalmente decorrente do atual cenário de acentuada degradação. A avaliação econômica dos recursos naturais pode contribuir com o processo de tomada de decisão na gestão ambiental, gerando uma importante base de informações. Neste artigo, buscou-se apresentar, em uma perspectiva histórica, os diferentes conceitos atribuídos ao valor dos recursos naturais e como eles se relacionam às perspectivas atuais de análise ambiental. Com essa finalidade, foram apresentados os conceitos atribuídos ao valor desde o período pré-clássico, quando a natureza era vista como fornecedora inerte e passiva de produtos e serviços, visão que legitimou sua exploração, sem considerações quanto à sua preservação e conservação. A capacidade da natureza de absorver o impacto das ações humanas parece estar chegando ao seu limite, em razão da irreversibilidade, irreprodutibilidade e possibilidade de colapso. Não se conhece um método totalmente apropriado para se avaliar os recursos naturais, porém, mais importante seria respeitar e incorporar as características particulares dos recursos naturais nesse processo. Essas características devem ser valoradas, a fim de se chegar a uma aproximação mais consistente do valor da natureza e promover a sustentabilidade.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/190
metadata.artigo.dc.language: en
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_Nature value the evolution of this concept.pdf54,06 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.