Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2004
Título: Composição química, características físicas e peroxidação lipídica da carne de suínos alimentados com diferentes níveis de ractopamina
Autor : Garbossa, César Augusto Pospissil
Primeiro orientador: Sousa, Raimundo Vicente de
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Zangerônimo, Márcio Gilberto
Cantarelli, Vinícius de Souza
Primeiro membro da banca: Pimenta, Maria Emilia de Sousa Gomes
Área de concentração: Ciências Veterinárias
Palavras-chave: TBARS
Agonista β-Adrenérgico
Qualidade de carne
β-adrenergic agonist
Meat quality
Data da publicação: 1-Ago-2014
Referência: GARBOSSA, C. A. P. Composição química, características físicas e peroxidação lipídica da carne de suínos alimentados com diferentes níveis de ractopamina. 2010. 77 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: O experimento foi conduzido no Departamento de Zootecnia da UFLA com o objetivo de avaliar o desempenho e a qualidade de carne de suínos em terminação recebendo na dieta ractopamina hidroclorada (RAC) durante 28 dias. Foram utilizados 70 suínos híbridos, sendo 35 suínos machos castrados e 35 fêmeas, selecionados para alta deposição de carne magra, com peso inicial de 77,1 ± 0,32 kg. O delineamento experimental foi feito em blocos casualizados, com cinco tratamentos (0, 5, 10, 15 e 20 ppm de RAC) e sete repetições, com a parcela experimental representada por um macho e uma fêmea. Ao final do período experimental, os suínos foram abatidos e a carcaça esquerda resfriada para avaliação. Com relação às variáveis de desempenho, observou-se um aumento linear dos níveis de RAC para o peso final (P<0,05), bem como para o ganho médio diário. Para a conversão alimentar (P<0,05), observou-se diminuição para os animais que a receberam, sendo o nível melhor próximo a 5 ppm. Para as variáveis de consumo de ração diária, consumo de lisina digestível e consumo de energia metabolizável não foi observado efeito significativo. Para as variáveis de rendimento de carcaça, cinzas, Cor b*, e perda de peso por gotejamento foi observado e feito linear. Observou-se, ainda, diferença significativa (P<0,05) para a porcentagem de extrato etéreo e proteína bruta no lombo, sendo que o tratamento com 20 ppm apresentou menor quantidade de proteína bruta e maiores valores de extrato etéreo, quando comparado aos outros tratamentos. Para a variável força de cisalhamento, foi observado aumento (P<0,05) para o músculo de animais suplementados com 20 ppm. Para as variáveis de umidade, cor L*, perda de peso por cocção e por descongelamento e pH não foi observado efeito significativo. Com relação à oxidação lipídica, não foi observado efeito da RAC sobre a concentração de TBARS, tanto para as amostras sob resfriamento como para as sob congelamento. Dessa forma, a suplementação de 5 ppm de ractopamina para suínos em terminação melhora os índices zootécnicos, bem como não afeta de forma negativa a qualidade da carne.
The experiment was conducted at the Department of Animal Science of UFLA with the objective of evaluating the performance and meat quality of finishing pigs receiving dietary ractopamine hydrochloride (RAC) for 28 days. We used 70 crossbred pigs, 35 barrows and 35 females, selected for high lean gain, initial weight of 77.1 ± 0.32 kg. The experiment was done in randomized blocks with five treatments (0, 5, 10, 15 and 20 ppm RAC) and seven replicates, with the plot represented by one male and one female. At the end of the experiment, pigs were slaughtered and the left chilled carcass was used for the evaluation. Related with performance variables, there was a linear increase in the levels of RAC for the final weight (P <0.05) and for average daily gain. The feed conversion (P <0.05) decrease for the animals that received RAC, and the best level was near of 5 ppm. For variables of daily feed intake, intake of digestible lysine and energy intake no differences were observed. For carcass yield, ash, color b*, and drip loss was observed a linear effect. There was also a significant difference (P <0.05) for percentage of ether extract and crude protein in the loin, but the treatment with 20 ppm showed lower amounts of crude protein and higher amounts of fat, compared to other treatments. For the variable shear force increase was observed (P <0.05) for muscle from animals supplemented with 20 ppm. For the variables of moisture, color L *, weight loss due to cooking and thawing and pH was not significantly affected. For lipid oxidation, there was no effect of RAC on the TBARS concentration for both samples under cooling and freezing. Thus, the addition of 5 ppm of ractopamine to finishing pigs improved the indexes and not adversely affects the quality of the meat.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2004
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.