Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2220
Título: Fatores de risco associados à ocorrência de Cryptosporidium sp. e Giardia duodenalis em propriedades de produção de leite na região do Campos das Vertentes de Minas Gerais
Autor : Silva Júnior, Fidelis Antônio da
Primeiro orientador: Guimarães, Antonio Marcos
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Rocha, Christiane M.B.M.
Primeiro membro da banca: Coutinho, Adriana de Souza
Bezerra, Isis Abel
Área de concentração: Ciências Veterinárias
Palavras-chave: Diarréia
Bezerros assintomáticos
Leite cru refrigerado e tipo B
Diarrhea
Asymptomatic calves
Refrigerated raw milk and type B
Data da publicação: 5-Ago-2014
Referência: SILVA JÚNIOR, F. A. da. Fatores de risco associados à ocorrência de Cryptosporidium sp. e Giardia duodenalis em propriedades de produção de leite na região do Campo das Vertentes de Minas Gerais. 2010. 121 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: The objectives of this research were: to determine the dynamic of infection by Cryptosporidium sp. and Giardia duodenalis in dairy calves from the birth to 12 months old (Study I); as well as the risk factors that favor these protozoa infections in calves from ten farms producers of milk type B (LB) and ten others producers of refrigerated raw milk (LCR), located in the area Campo das Vertentes - South of Minas Gerais state (Study II). The fecal samples, in studies I and II were analyzed by the Ziehl Neelsen technique and zinc sulfate centrifugal flotation method for detection of Cryptosporidium sp. oocysts and G. duodenalis cysts, respectively. For study II, data describing the management practices, sanitary conditions, illness history, treatment, age and consistence of stools were collected to evaluate potential risk factors in the livestocks producers of milk LB and LCR. In study I was observed that the animals in the clinical profile of diarrhea, excreted a bigger amount of Cryptosporidium sp. (58.7%). However, positive samples for Giardia duodenalis were found in asymptomatic animals (without diarrhea). In Study II were collected fecal samples from 356 heifers aged less than 12 months, collected between September 2008 and August 2009. The overall average frequency of heifers infected with Cryptosporidium was 21.62%, with age group from seven to 21 days old with the highest rate of animals eliminating oocysts. Although, for G. duodenalis, the overall average frequency was 25.56% and age group between 60-90 days with the highest rate of female heifers eliminating cysts. Were identified as risk factors: 1) type of milk produced (LB or LCR); 2) type of milking (mechanical or manual); 3) location of the calf pens (near or far from the corral); 4) sanitary conditions of the place where the calves are kept; 5) the maintenance of animals at coletive places; 6) season (rainy or dry); and 7) period (hours) after the birth of calves for providing the colostrum. The results of these studies indicate that infection by Cryptosporidium and Giardia are largely spread among dairy calves in the region of Campo das Vertentes in South of Minas Gerais state, and that dairy calves are infected much earlier by Cryptosporidium in relation to Giardia. It was also observed that heifers reared in farms producers of refrigerated raw milk (LCR) have a bigger chance of being infected by both protozoa due to precarious hygiene, among other factors.
Este trabalho teve como objetivos determinar a dinâmica de infecção por Cryptosporidium sp. e Giardia duodenalis em bezerras leiteiras, do nascimento aos 12 meses de idade (Estudo I); bem como, avaliar os fatores de risco que favorecem as infecções destes protozoários em bezerras provenientes de dez propriedades produtoras de leite tipo B (LB) e dez de leite cru refrigerado (LCR), localizadas na região do Campo das Vertentes, sul de Minas Gerais (Estudo II). As amostras fecais foram coletadas no período de setembro de 2008 a agosto de 2009. No estudo II, dados descrevendo práticas de manejo, condições sanitárias e a percepção de produtores sobre a ocorrência de diarréia em bezerras leiteiras foram analisados para determinar potenciais fatores de risco associados à infecção por Cryptosporidium sp. e G. duodenalis. No estudo I, foram acompanhados 33 bezerras e os animais com diarréia eliminaram uma maior quantidade de oocistos de Cryptosporidium sp. (58,7%). Já amostras positivas para G. duodenalis foram observadas em animais assintomáticos (sem diarréia). No estudo II, foram coletadas amostras fecais de 356 bezerras com idade inferior a 12 meses de idade. A frequência média global de bezerras infectadas por Cryptosporidium foi de 21,62%, sendo a faixa etária entre sete a 21 dias de idade a que apresentou maior número de animais eliminando oocistos. Já para G. duodenalis, a frequência média global foi de 25,56% e a faixa etária entre 60 a 90 dias de idade com a maior taxa de bezerras eliminando cistos. Foram identificados como fatores de risco: 1) tipo de leite produzido (LB - LCR); 2) tipo de ordenha (mecânica - manual); 3) localização das instalações destinadas aos bezerros (próximo - distante do curral); 4) condições sanitárias do local onde as bezerras são mantidas; 5) a manutenção dos animais em locais coletivos; 6) estação do ano (chuvosa - seca), e 7) o tempo transcorrido após o nascimento para o fornecimento de colostro. Os resultados destes estudos indicam que infecções por Cryptosporidium e Giardia estão amplamente distribuídas entre as bezerras leiteiras na região do Campo das Vertentes de Minas Gerais, e estes animais se infectam mais precocemente por Cryptosporidium em relação à Giardia.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2220
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.