Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2238
Título: Toxicidade de produtos fitossanitários utilizados em crisântemo para o predador Orius insidiosus (Say, 1832) (Hemiptera: Anthocoridae)
Título(s) alternativo(s): Toxicity of pesticides utilized in crysanthemum to the predator Orius insidiosus (SAY, 1832) (Hemiptera: Anthocoridae)
Autor : Albernaz, Karina Cordeiro
Primeiro orientador: Carvalho, Geraldo Andrade
Primeiro membro da banca: Santa-Cecília, Lenira Viana Costa
Silveira, Luís Cláudio Paterno
Palavras-chave: Crisântemo
Seletividade
Defensivos vegetais
Chrysanthemums
Selectivity
Data da publicação: 2014
Referência: ALBERNAZ, K. C. Toxicidade de produtos fitossanitários utilizados em crisântemo para o predador Orius insidious (Say, 1832) (Hemiptera: Anthocoridae). 2007. 45 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Entomologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: Use of selective pesticides constitutes a viable strategy in minimizing the impact of products to beneficial organisms. So, the objective of the present work was to evaluate the selectivity of pesticides utilized in chrysanthemums for fifth instar nymphs and adults of Orius insidiosus (Say). The bioassays were conducted in the Selectivity Study Laboratory of the Entomology Department of the Federal University of Lavras (UFLA), in Lavras, MG, under temperature of 25±2ºC, RH of 70±10% and 12-hour photophase. The pesticides utilized and their respective dilutions in g a.i. 100 L-1 of water, were: mancozeb (160), chlorothalonil (150), lufenuron (15), dicofol (36), bifenthrin (2), triazophos (40), methomyl (2,15) and acetamiprid (6), the control being made up only of water. The pesticides were utilized at the same concentrations used by the farmers of the Terra-Viva farm (Schoenmaker Group) in the towns of Holambra and Santo Antônio da Posse, SP. The sprayers were accomplished by means of Potter´s tower on fifth instar nymphs and adults of O. insidiosus. The parameters evaluated were mortality of fifth instar nymphs and of adults, the daily average and total number of eggs in 15 days and survival rate of them. Chlorothalonil was considered innocuous to nymphs and adults of O. insidiosus; mancozeb was considered moderately noxious to nymphs and slightly noxious to adults; lufenuron was moderately noxious to nymphs and adults; dicofol was noxious to nymphs and slightly noxious to adults; bifenthrin, triazophos, methomyl and acetamiprid were the most harmful, their being considered noxious to fifth instar nymphs and adults of the predator.
A utilização de produtos fitossanitários seletivos constitui uma estratégia viável para a minimização do impacto de compostos químicos a organismos benéficos. Sendo assim, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a seletividade de produtos fitossanitários utilizados em crisântemo para ninfas de quinto instar e adultos de Orius insidiosus (Say). Os bioensaios foram realizados no Laboratório de Estudos de Seletividade do Departamento de Entomologia da Universidade Federal de Lavras (UFLA), em Lavras, MG, sob temperatura de 25±2ºC, UR de 70±10% e fotofase de 12 horas. Os produtos utilizados, e suas respectivas diluições em g i.a. 100 L-1 de água, foram: mancozeb (160), chlorothalonil (150), lufenuron (15), dicofol (36), bifenthrin (2), triazophos (40), methomyl (2,15) e acetamiprid (6), sendo a testemunha composta apenas por água. Os produtos foram utilizados nas mesmas concentrações usadas pelos produtores da fazenda Terra-Viva (Grupo Schoenmaker), nos municípios de Holambra e Santo Antônio da Posse, SP. As pulverizações foram realizadas por meio de torre de Potter sobre ninfas de quinto instar e adultos de O. insidiosus. Os parâmetros avaliados foram a mortalidade de ninfas de quinto instar e de adultos, o número médio diário e total de ovos em 15 dias e a viabilidade dos mesmos. Chlorothalonil foi considerado inócuo para ninfas e adultos de O. insidiosus; mancozeb foi moderadamente nocivo para ninfas e levemente nocivo para adultos; lufenuron foi moderadamente nocivo para ninfas e adultos; dicofol foi nocivo para ninfas e levemente nocivo para adultos; e bifenthrin, triazophos, methomyl e acetamiprid foram os mais prejudiciais, sendo considerados nocivos para ninfas de quinto instar e adultos do predador.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2238
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTACAO_Toxicidade de produtos fitossanitários utilizados em crisântemo para o predador Orius....pdf263,31 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.