Use este identificador para citar ou linkar para este item: repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2245
Título: Produção de L(+) ácido lático por bactérias láticas utilizando meios com batata
Autor : Alves, Mariliana Luiza Ferreira
Primeiro orientador: Alves, José Guilherme Lembi Ferreira
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Bernal, Olga Lúcia Mondragón
Primeiro membro da banca: Dias, Disney Ribeiro
Kamimura, Eliana Setsuko
Área de concentração: Processos Fermentativos Rudimentares e Industriais
Palavras-chave: Extrato de levedura
L. rhamnosus
Ácido orgânico
Delineamento composto central rotacional
Yeast extract
Organic acid
Data da publicação: 5-Ago-2014
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: ALVES, M. L. F. Produção de L(+) ácido lático por bactérias láticas utilizando meios com batata. 2014. 137 p. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Alimentos) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: O ácido lático (AL) é o produto final da homofermentação de bactérias láticas (BAL) e possui grande importância comercial. Algumas BAL são conhecidas por converter diretamente o amido em AL, essas são chamadas de BAL amilolíticas. O isômero L(+) ácido lático, obtido somente por processo fermentativo, é a principal matéria-prima na produção de alguns polímeros biodegradáveis, como polilactato. A batata, rica em amido e vitaminas, é uma potencial matéria-prima a ser utilizada em processos fermentativos, uma vez que, no Brasil, tem perdas significativas de sua produção durante as etapas de colheita e comercialização. Assim conduziu-se esta pesquisa, com o objetivo de investigar a capacidade de produção de ácido lático de 5 espécies de BAL (Enterococcus durans, E. faecalis, Lactobacillus plantarum, L. rhamnosus e Streptococcus mutans), utilizando meios de batata (cultivar ágata), hidrolisados ou não, estudando o efeito do enriquecimento do meio de fermentação com extrato de levedura (EL), a fim de selecionar aquela com maior produtividade. Na segunda etapa, empregou-se planejamento DCCR com fatorial completo 2² e metodologia de superfície de resposta para avaliar a influência, no meio de fermentação, das concentrações de polpa de batata e EL na produtividade e rendimento de L(+) ácido lático usando L. rhamnosus. As fermentações foram conduzidas em erlenmeyers a 37 oC/96 h, em estufa BOD sem agitação e foram utilizados teste enzimático e CLAE para determinar qualitativamente e quantitativamente o L(+) ácido lático. Nas condições avaliadas, as espécies estudadas apresentaram maior potencial de produção em meio hidrolisado de batata com extrato de levedura. O aumento da concentração de EL no meio, propiciou maior produção de AL. A maior concentração obtida foi de 25 g/L de L(+) ácido lático, em meio de fermentação com 35 % (m/m) de polpa de batata hidrolisada e 8% (m/v) de EL utilizando L. rhamnosus.
Abstract: Lactic acid (LA) is the final product of lactic acid bacteria (LAB) homofermentation and presents great commercial importance. A few LAB are known for directly converting starch into LA, these are called amylolytic LAB. The L(+) lactic acid isomer, obtained only by fermentation, is the main raw material in the production of a few biodegradable polymers such as polylactide. The potato, rich in starch and vitamins, is a potential feedstock to be used in fermentation processes, since, in Brazil, its production during the stages of harvesting and marketing presents significant loss. Thus, this research aimed at investigating lactic acid production capacity from 5 LAB species (Enterococcus durans, E. faecalis, Lactobacillus plantarum, L. rhamnosus and Streptococcus mutans), using potato mediums (agata cultivar), hydrolyzed or not, studying the effect of enriching the fermentation medium with yeast extract (YE) in order to select the one with highest productivity. In the second stage we used the RCCD 2² full factorial design and surface response methodology to assess the influence, in the fermentation medium, of potato pulp and YE concentrations over L(+) lactic acid productivity and yield using L. rhamnosus. The fermentations were conducted in erlenmeyer flasks at 37 oC /96 h in BOD oven without agitation, and enzyme and HPLC tests were used to qualitatively and quantitatively determine the L(+) lactic acid. Under the evaluation conditions, the studied species showed greater production potential in potato hydrolyzed medium with yeast extract. The increased concentration of YE in the medium caused higher LA production. The highest concentration of L(+) lactic acid achieved was of 25g/L in the fermentation medium with 35 % (m/m) hydrolyzed potato pulp and 8 % (w/v) YE using L. rhamnosus.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2245
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCA - Ciência dos Alimentos - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTACAO_Produção de L(+) ácido lático por bactérias láticas utilizando meios com batata.pdf4,08 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.