Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/229
Título : Abordagem sobre os processos sucessórios do campesinato a partir das relações de gênero
Título(s) alternativo(s): An approach on the successional processes among the peasantry according to gender relations
Autor: Pereira, Viviane Guimarães
Reis, Liana Sisi dos
Oliveira, Maria de Lourdes Souza
Palavras-chave: Campesinato
Relações de gênero
Herança
Peasantry
Gender relations
Data da publicação: 2012
Referência: PEREIRA, V. G.; REIS, L. S.dos. OLIVEIRA, M. de L. S.Abordagem sobre os processos sucessórios do campesinato a partir das relações de gênero. Revista Latino-Americana de Geografia e Gênero, Ponta Grossa, v. 3, n. 2, p. 87-97, ago./dez. 2012.
Resumo : Uma das especificidades que caracterizam o campesinato é o papel central que o capital ecológico possui, na medida em que a relação com a natureza é a base de sua autonomia. Essa base de recursos não é estática e sofre crescente pressão, sendo a herança uma delas. O presente artigo analisa o sistema de herança da terra para a reprodução social do campesinato. O ponto de partida é a abordagem da unidade familiar camponesa, a partir dos estudos agrários de Alexander Chayanov, economista russo, passando pelas questões da sociabilidade, vistos através de aspectos antropológicos. As análises mostram como o “direito costumeiro” prevalece sobre as prescrições do Código Civil, evitando a excessiva fragmentação da terra, ao mesmo tempo em que reforça uma questão de gênero desigual em que o pai, chefe de família, exerce um esquema de autoridade.
Abstract: One of the peculiarities that characterize the peasantry is the central role that the ecological capital has, in so far as the relationship with nature is the basis of its autonomy. This resource base is not static and suffers increasing pressure, being inheritance an example of it. This article analyses the system of inheritance of land for the social reproduction of the peasantry. The starting point is the approach of the peasant family unit from the agrarian studies of Alexander Chayanov, a Russian economist, considering sociability issues, as seen under anthropological aspects. The analyses show how the “customary rights” prevail over the provisions of the Civil Code, avoiding excessive fragmentation of land, while reinforcing an unequal gender issue in which the father, as householder, has a scheme of authority.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/229
Idioma: other
Aparece nas coleções:DAE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_Abordagem sobre os processos sucessórios do campesinato a partir das relações de gênero.pdf986,98 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons