Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2483
metadata.teses.dc.title: Contabilidade ambiental emergética: uma análise comparativa entre sistemas de produção leiteira
metadata.teses.dc.title.alternative: Environmental accounting emergy: a comparative analysis between dairy production systems
metadata.teses.dc.creator: Teixeira, Marília Paula dos Reis
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Brito, Mozar José de
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co: Ortega, Enrique
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Pereira, José Roberto
Carvalho, Francisval de Melo
Kassai, José Roberto
metadata.teses.dc.description.concentration: Organizações, Gestão e Sociedade
metadata.teses.dc.subject: Contabilidade emergética
Desempenho ambiental
Sistemas de produção leiteira
Emergy accounting
Enviromental performance
Dairy production systems
metadata.teses.dc.date.issued: 11-Aug-2014
metadata.teses.dc.identifier.citation: TEIXEIRA, M. P. dos R. Contabilidade ambiental emergética: uma análise comparativa entre sistemas de produção leiteira. 2011. 139 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
metadata.teses.dc.description.resumo: Esta dissertação foi produzida com o objetivo de investigar, de modo comparativo, o desempenho ambiental de dois sistemas de produção de leite aplicados por organizações localizadas na mesorregião do Campo das Vertentes, em Minas Gerais. Para alcançar este escopo empregou-se a abordagem da contabilidade emergética, tendo em vista a sua capacidade como método de valoração ambiental, as suas potencialidades de aproximação da Ciência Contábil, bem como a sua utilidade como ferramenta de geração de indicadores para a gestão ambiental das organizações. O percurso metodológico adotado para tanto foi o de uma pesquisa descritiva, quanto aos seus objetivos e como estudo de caso comparativo, quanto aos meios. A seleção das unidades de análise deu-se em função da importância histórica, econômica e social da atividade leiteira no Brasil e, especificamente, na mesorregião do Campo das Vertentes, em Minas Gerais, reconhecida como tradicional bacia leiteira. A primeira unidade de análise foi a Fazenda Santa Edwiges, que se enquadra no sistema tradicional de produção leiteira, ao passo que a segunda fazenda estudada está inserida na sistema silvipastoril, a Fazenda Boa Vida. Os dados coletados nestas fazendas foram posteriormente analisados por meio da contabilidade emergética. Esta análise permitiu a geração dos índices emergéticos da Fazenda Santa Edwiges e Boa Vida, respectivamente: transformidade 9,19E+05 seJ/J e 3,16E+05 seJ/J; renovabilidade 33,54% e 40,03%; razão do investimento emergético 5,5348 e 9,1843; razão do rendimento emergético 1,1807 e 1,1089; razão de carga ambiental 1,98 e 1,50 e, por fim, razão do intercâmbio de emergia 0,47 e 0,16. Por meio destes indicadores foi possível diagnosticar que o desempenho ambiental da Fazenda Boa Vida (sistema silvipastoril) foi mais satisfatório que o da Fazenda Santa Edwiges (sistema tradicional), tendo em vista o menor gasto emergético para a produção leiteira, o melhor uso dos recursos renováveis e por provocar menor estresse ecossistêmico.
The aim of this thesis was to investigate in a comparative way the environmental performance of two milk production systems applied by organizations located in the Campos das Vertentes mesoregion of Minas Gerais. To achieve this scope the approach of emergy accounting was used, with a view to its capacity as a method of environmental valuation, its potential approximation of Accounting Science, as well as its usefulness as a tool to generate indicators for the environmental management of organizations. The attended methodological course for the subject was about a descriptive research related to their goals and as a comparative case study about the means. The selection of the analysis units took place according to the historical, economic and social importance of dairy farming activity in Brazil and specifically in the mesoregion of the Campos das Vertentes in Minas Gerais, known as a traditional dairy farming region. The first unit of analysis was the Santa Edwiges farm, which falls within the traditional system of milk production, while the second farm of this study is included in the silvopastoral system, the Boa Vida farm. The collected data on these farms were subsequently analyzed by emergetic accounting. This analysis allowed the generation of emergy indices of the Santa Edwiges and Boa Vida farms respectively: Transformity 9.19 E+05 seJ/J and 3.16E+05 seJ/J; Renewability 33.54% and 40.03%; Emergy Investment Ratio 5.5348 and 9.1843; Emergy Yield Ratio of 1.1807 and 1.1089; Environmental Load Ratio 1.98 and 1.50, and finally Emergy Exchange Ratio of 0.47 and 0.16. By these indicators was possible to diagnose that the environmental performance of Boa Vida Farm (silvopastoral system) was more satisfactory than the Santa Edwiges Farm (traditional system), in view of its lower emergy expenditure for milk production, their best use of renewable resources and by causing less stress on the ecosystem.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2483
metadata.teses.dc.publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
metadata.teses.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_Contabilidade ambiental emergética.pdf806,89 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.