Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2689
metadata.teses.dc.title: Fitogeografia de fragmentos florestais para o nordeste de Minas Gerais
metadata.teses.dc.creator: Corsini, Cristianne Riquetti
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Oliveira, Antonio Donizette de
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Mello, José Márcio de
Scolforo, José Roberto Soares
metadata.teses.dc.description.concentration: Ciências Florestais
metadata.teses.dc.subject: Engenharias
Composição florística
Grupos fitofisionômicos
Análise multivariada
Árvore de decisão
Fitogeografia
metadata.teses.dc.date.issued: 13-Aug-2014
metadata.teses.dc.identifier.citation: CORSINI, C. R. Fitogeografia de fragmentos florestais para o nordeste de Minas Gerais. 2008. 183 p. Dissertação (Mestrado em Engfenharia Florestal-Universidade Federal de Lavras, Lavras,2008.
metadata.teses.dc.description.resumo: Neste estudo foram amostrados 26 fragmentos de floresta nativa distribuídos nas bacias hidrográficas dos rios Jequitinhonha, Mucuri, Pardo e São Mateus, localizadas na região nordeste de Minas Gerais. Os objetivos foram: analisar a composição florística do componente arbóreo; determinar a formação de grupos florísticos de acordo com a similaridade de espécies existentes nos fragmentos; quantificar a diversidade e a equabilidade dos fragmentos por meio de índices; definir um gradiente de diversidade dentro de cada grupo florístico, determinado pela similaridade; aplicar análise multivariada na ordenação e no agrupamento dos fragmentos estudados, frente à estrutura das espécies baseada no índice de valor de cobertura; definir um grupo de espécies com alto potencial de adaptação aos ambientes das bacias para programas de revegetação; aplicar análise multivariada para investigar a correlação entre as variáveis geo-climáticas e os agrupamentos de fragmentos e aplicar ferramentas de geoprocessamento para gerar um mapa fitogeográfico para as Bacias estudadas. Utilizou-se amostragem sistemática com unidades amostrais de 1.000m² cada, em que a área amostral variou de 1 a 6 ha, conforme a área do fragmento. Foram mensuradas a CAP e altura total e coletado material botânico de todos os indivíduos com CAP maior ou igual a 15,7cm. Em toda a área foram amostrados 73.426 indivíduos, distribuídos em 79 famílias, 282 gêneros e 722 espécies. Foram formados 6 grupos florísticos com base no coeficiente de Sorensen, onde ocorreu associação de fragmentos de um ou dois tipos fitofisionômicos. O fragmento de maior diversidade foi o J114 (Aricanduva) e os fragmentos com os menores índices de diversidade foram J116 (Salinas) e M134 (Nanuque). O gradiente de diversidade não seguiu um padrão definido dentro da área, mas as florestas estacionais semideciduais apresentaram índices médios superiores ao das demais formações florestais. A análise de correspondência destendenciada (DCA) diferenciou 2 grupos quanto à estrutura e a análise divisiva de TWINSPAN completou a análise formando 10 grupos de fragmentos baseados na importância de cada espécie dentro dos fragmentos, a partir dos níveis de corte empregados. A análise dos gráficos de valor de cobertura das espécies para cada grupo formado possibilitou a escolha de 116 espécies como potenciais para programas de revegetação nas bacias estudadas. A análise de correspodência canônica (CCA) correlacionou as variáveis altitude, longitude e temperatura com a distribuição das espécies na área. A árvore de decisão propiciou a extrapolação das informações obtidas para as demais áreas não amostradas por meio de um mapa que informa a área de ocorrência das espécies selecionadas como adequadas em programas de revitalização florística nas bacias estudadas.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2689
metadata.teses.dc.publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
metadata.teses.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)
LEMAF - Teses e Dissertações

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.