Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28192
metadata.teses.dc.title: “Eu te falei de Mariana, do rompimento da barragem?”: sussurros da educação ambiental entre profissionais da educação básica pública, Nepomuceno, Minas
metadata.teses.dc.title.alternative: “Did i tell you about Mariana, the break up of the dam?”: whispers of environmental education among públic basic professionals, Nepomuceno, Minas
metadata.teses.dc.creator: Liberato, Vanderléia das Dores Silva
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/9736928489712614
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Magalhães, Jacqueline Alves
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Fernandes, Priscila Correia
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Festozo, Marina Battistetti
metadata.teses.dc.subject: Educação ambiental – Aspectos sociais
Professores – Formação
Planejamento educacional – Nepomuceno, MG
Environmental education – Social aspects
Teachers – In-service training
Educational planning – Nepomuceno, State of Minas Gerais, Brazil
metadata.teses.dc.date.issued: 30-Nov-2017
metadata.teses.dc.identifier.citation: LIBERATO, V. das D. S. “Eu te falei de Mariana, do rompimento da barragem?”: sussurros da educação ambiental entre profissionais da educação básica pública, Nepomuceno, Minas. 2017. 117 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
metadata.teses.dc.description.resumo: Ao longo dos anos as inúmeras transformações na sociedade trouxeram muita evolução e benefícios, acarretando, por outro lado, muitos riscos sociais. Entre os riscos e problemas que emergem a cada dia, merecem destaque os problemas ambientais, sendo alvo de debate em vários campos de pesquisa. Com o aumento dos problemas ambientais, é importante que a sociedade em geral reflita, repense ações e práticas, muitas vezes naturalizadas e reproduzidas cotidianamente, propondo novas propostas e alternativas que contribuam para minimizar os problemas ambientais. No contexto destas alternativas, visualizamos a união de várias áreas do conhecimento como tentativas para combater os efeitos da ação humana no planeta. Nesse sentido, a área da Educação, por meio da Educação Ambiental tem ganhado destaque no sentido de buscar maior reflexão e participação dos sujeitos diante desses problemas. Uma vez que os problemas ambientais começaram a ser percebidos pela sociedade, começaram a surgir diversos movimentos e grupos sociais reivindicando uma posição dos diferentes atores sociais. A partir de diversos grupos e movimentos sociais, de encontros internacionais e nacionais, torna-se cada vez mais formalizada a Educação Ambiental, sendo no Brasil instituída pela Lei nº 9.795, de 27 de abril de 1999 - Política Nacional de Educação Ambiental. A partir desta política, a Educação ambiental, foi inserida de forma transversal e interdisciplinar nos espaços de educação formal e não formal de educação. Diante disso, há de se pensar como está acontecendo o trabalho de Educação Ambiental nos espaços escolares. Sendo assim, buscamos nesta pesquisa investigar as concepções de Educação Ambiental de profissionais da Educação Básica da rede pública de Nepomuceno MG, bem como verificar a abordagem do tema, conhecer as estratégias didáticas que estão sendo utilizadas para este trabalho, assim como as que se fazem necessárias, tendo por questão de fundo o trabalho das Escolas em relação com a realidade socioambiental local. O tipo de pesquisa foi o Estudo de Caso na abordagem qualitativa, com pesquisa de campo. Para a coleta de dados utilizamos um roteiro de entrevista semiestruturado e um questionário fechado para entrevista individual. A análise dos resultados se deu por meio da técnica de análise de conteúdos temática. A partir dos resultados, constatamos que na realidade investigada, a prática de EA acontece de forma pontual limitada às datas comemorativas, com exceção a alguns casos vindos pelo currículo oculto. Os dados da pesquisa mostraram que a EA não faz parte do Projeto Político Pedagógico (PPP), evidenciando um desconhecimento desta ferramenta coletiva e democrática no âmbito escolar. A partir do estudo teórico pertinente à temática em questão, bem como todas as análises dos resultados da pesquisa, é válido destacar que, apesar da EA acontecer de forma pontual, apresentando desconhecimento do tema por meio de um processo de educação formal por parte dos profissionais no município, mesmo assim, muitos já fazem EA nas práticas educacionais cotidianas. Diante deste fato, consideramos que estas práticas podem ser uma semente a germinar no futuro, baseada em uma perspectiva de EA crítica.
metadata.teses.dc.description.abstract: Over the years the numerous transformations in society have brought a lot of evolution and benefits, and, on the other hand, many social risks. Among the risks and problems emerging each day, they deserve to highlight environmental problems, being discussed in various research camps. With the increase in environmental problems, it is important that society in general reflect, rethink actions and practices, often naturalized and reproduced everyday, proposing new proposals and alternatives that contribute to minimizing environmental problems. In the context of these alternatives, we visualize the union of several areas of knowledge as attempts to combat the effects of human action on the planet. In this sense, the area of Education, through Environmental Education has gained prominence in seeking greater reflection and participation of the subjects in the face of these problems. Since the environmental problems began to be perceived by society, several movements and social groups began to emerge, claiming a position of the different social actors. From various groups and social movements, of international and national meetings, it becomes increasingly formalized the environmental education, being in Brazil established by Law n° 9.795, of 27 April 1999 – National Policy of Environmental Education. From this policy, Environmental Education was inserted in a transversal and interdisciplinary form in the formal and non-formal education spaces. In the face of this, we must think about how the work of environmental education is happening in the school spaces. Thus, we seek this research to investigate the conceptions of Environmental Education of professionals of the basic public education of Nepomuceno, MG, as well as verifying the approach of the theme, knowing the didactic strategies that are being used for this work, and those that are necessary, in the background of the work of schools in relation to local socio-environmental reality. The type of research was the Case Study in the qualitative approach, with field research. For the collection of data we use a roadmap for a very structured interview and a closed questionnaire for an individual interview. The analysis of the results has been achieved through the thematic content analysis technique. From the results, we find that in reality investigated, the practice of EE happens in a punctual way limited to commemorative dates, except for some cases coming through the occult curriculum. The research data showed that EE is not part of the Pedagogical Political Project (PPP), demonstrating a lack of knowledge of this collective and democratic tool in the school field. From the theoretical study pertinent to the thematic in question, as well as all analyses of the results of the survey, it is valid to highlight that, despite the fact and happens in a punctual manner, presenting ignorance of the theme through a formal education process by the professionals in the municipality, even so, many people already do EE in the everyday educational practices. Faced with this fact, we consider that these practices can be a seed to germinate in the future, based on a perspective of EE criticism.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28192
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DED - Educação - Mestrado Profissional (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_Eu te falei de Mariana, do rompimento da barragem....pdf963,96 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.