Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28397
metadata.artigo.dc.title: Florística e estrutura da comunidade arbórea em fragmentos de floresta aluvial em São Sebastião da Bela Vista, Minas Gerais, Brasil
metadata.artigo.dc.title.alternative: Tree community floristic and structure of alluvial forest fragments in São Sebastião da Bela Vista, Minas Gerais, Brazil
metadata.artigo.dc.creator: Silva, Ana Carolina da
Berg, Eduardo van den
Higuchi, Pedro
Oliveira-Filho, Ary Teixeira de
Marques, João José Granate de Sá e Melo
Appolinário, Vivette
Pifano, Daniel Salgado
Ogusuku, Leonardo Massamitsu
Nunes, Matheus
metadata.artigo.dc.subject: Áreas inundáveis
Floresta aluvial - Vegetação
Fitossociologia
Componentes arbóreos
Flood areas
Alluvial forest - Vegetation
Phytosociology
Tree components
metadata.artigo.dc.publisher: Sociedade Botânica de São Paulo
metadata.artigo.dc.date.issued: Apr-2009
metadata.artigo.dc.identifier.citation: SILVA, A. C. da et al. Florística e estrutura da comunidade arbórea em fragmentos de floresta aluvial em São Sebastião da Bela Vista, Minas Gerais, Brasil. Brazilian Journal of Botany, v .32, n. 2, p. 283-297, abr./jun. 2009.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O presente estudo avaliou a diversidade e estrutura da vegetação de fragmentos de floresta aluvial no Município de São Sebastião da Bela Vista, MG, e as principais variáveis ambientais que influenciam essa vegetação. Os estudos das variáveis ambientais (dados de amostras superficiais dos solos, nível freático no solo, cobertura do dossel e impactos ambientais) e da composição e estrutura da vegetação arbórea (DAP ³ 5 cm) foram conduzidos em 54 parcelas de 200 m2, alocadas em floresta ciliar com influência aluvial e em cinco fragmentos de floresta aluvial. Nas parcelas, foram registrados 2.064 indivíduos pertencentes a 51 espécies. A análise de correspondência canônica detectou gradiente de distribuição das espécies arbóreas no eixo 1, de acordo com os valores no solo de: profundidade do nível freático, porcentagem de areia e argila e teores de Mg, matéria orgânica e H + Al. O eixo 2 esteve correlacionado com as variáveis cobertura do dossel e porcentagem de silte no solo. Estas variáveis ambientais ocasionaram a formação de grupos de parcelas, de acordo com a distribuição das espécies.
metadata.artigo.dc.description.abstract: Fragments of alluvial forest in the South of Minas Gerais, Brazil, were studied in order to assess the vegetation structure, tree diversity and the most influential environmental variables on vegetation variations. The environment and vegetation data (dbh ³ 5 cm) were collected in 54, 20 × 10 m, permanents plots allocated in a riverine forest and in five fragments of alluvial forests. In the plots, the survey totalled 2,064 tree individuals, distributed in 51 species. The canonical correspondence analysis detected a tree composition gradient in the first axis, related to Mg, organic matter and H + Al soil content, sand and clay percentage and soil water table level. The CCA second axis was associated with canopy coverage and soil silte percentage. Theses variables caused a plot group formation related to species distribution.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28397
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons