Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28436
Título: Efeito da altura do dossel e da época do ano sobre as características agronômicas e nutricionais do capim-elefante fresco e ensilado
Título(s) alternativo(s): Efeito da altura do dossel e da época do ano sobre as características agronômicas e nutricionais do capim-elefante fresco e ensilado
Autor : Alves, Eveline Bueno
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0716263974949919
Primeiro orientador: Bernardes, Thiago Fernandes
Primeiro membro da banca: Casagrande, Daniel Rume
Segundo membro da banca: Pereira, Marcos Neves
Terceiro membro da banca: Dórea, João Ricardo Rebouças
Quarto membro da banca: Sbrissia, André Fischer
Palavras-chave: Capim-elefante - Dinâmica de crescimento
Silagem
Capineira
Altura do dossel
Elephant grass - Growth dynamics
Silage
Canopy height
Data da publicação: 26-Dez-2017
Agência(s) de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: ALVES, E. B. Efeito da altura do dossel e da época do ano sobre as características agronômicas e nutricionais do capim-elefante fresco e ensilado. 2017. 56 p. Tese (Doutorado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
Resumo: O capim-Elefante é importante fonte de forragem em muitos países, no entanto, sua dinâmica de crescimento, na forma de capineira, ainda não é conhecida. O objetivo deste estudo foi determinar as taxas de acúmulo de forragem e componentes morfológicos, e a dinâmica de crescimento de capim-Elefante (Pennisetum purpureumSchum. cv Cameroon) na forma de capineira. As alturas do dossel avaliadas foram: 1,00, 1,40, 1,80, 2,20 e 2,60 m. O experimento foi realizado em 25 parcelas de 28,8 m² cada com seis linhas de 6 metros de comprimento. O período experimental ocorreu de novembro de 2014 a novembro de 2016, duas estações chuvosas (verão, de 11/01 a 03/21) e duas estações secas (inverno, de 03/22 a 10/31) nos dois anos. A adubação consistiu de 400 kg de N, 200 kg de K2O e 60 kg de P2O5 por hectare por ano, realizada a cada 15 dias. Essas plantas foram pesadas, os perfilhos foram contados e a forragem foi separada em folhas, colmos e material morto. Os modelos: linear (LIN) e quadrático (QUA) foram testados usando o PROC REG e os modelos exponencial (EXP), linear com platô (LCP) e sigmoide (SIG) foram testados pelo PROC NLIN do SAS. O critério de informação Akaike foi usado para selecionar o melhor modelo. Com os resultados deste trabalho foi possível identificar pontos-chave sobre a dinâmica de crescimento do capimElefante cultivado na forma de capineira. O capim-Elefante pode ser manejado até 1,40 m sem qualquer prejuízo na digestibilidade das fibras. Durante o inverno o capim-Elefante pode ser utilizado, mas é necessário considerar os requisitos dos animais para equilibrar a dieta devido à baixa digestibilidade da gramínea. Quanto a silagem de capim-Elefante, embora as silagens preparadas com plantas colhidas em alturas inferiores tenham fibras mais digestíveis, as perdas por efluentes são muito altas. Considere a produção de matéria seca digestível de silagem produzida por hectare para determinar o manejo do dossel, uma vez que não houve diferenças entre o perfil fermentativo das silagens neste estudo.
Abstract: Elephant grass is an important source of fodder in many countries, however, its dynamics of growth, in cut-and-carry systems, is not yet known. The objective of this study was to determine the forage accumulation rates and morphological componentes accumulation rate, and the growth dynamics of elephantgrass (Pennisetum purpureumSchum. Cv Cameroon) incut-and-carry systems. The evaluated canopy heights were: 1.00, 1.40, 1.80, 2.20 and 2.60 m. The experiment was carried out in 25 plots of 28.8 m² each with six rows of 6 meters. The experimental period occurred from November 2014 to November 2016, two rainy seasons (summer, from 11/01 to 03/21) and two dry seasons (winter, from 03/22 to 10/31) in the two years. The fertilization consisted of 400 kg of N, 200 kg of K2O and 60 kg of P2O5per hectare per year, performed every 15 days. These plants were weighed, the tillers were counted and the forage was separated into leaves, stems and dead material. Linear (LIN) and quadratic (QUA) models were tested using PROC REG and exponential (EXP), linear with plateau (LCP) and sigmoid (SIG) models were tested by PROC NLIN from SAS. The Akaike information criterion was used to select the best model. With the results of this thesis it was possible to identify key points on the growth dynamics of Elephant grass cultivated in cut-and-carry systems. Elephant grass can be managed up to 1.40 m without any prejudice in fiber digestibility. During the winter the elephant grass can be used, but it is necessary to consider the requirements of the animals to balance the diet due to the low digestibility of the grass. As for elephant grass silage, although silages prepared with plants harvested at lower altitudes have more digestible fibers, the losses from effluent are very high. Consider the production of digestible dry matter of silage produced per hectare to determine the management of the canopy, since there were no differences between the fermentation profile of the silages in this study.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28436
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Doutorado (Teses)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.