Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28776
Título : Painéis de madeira aglomerada de resíduos da laminação de diferentes procedências de Eucalyptus grandis, Eucalyptus saligna e Eucalyptus cloeziana
Título(s) alternativo(s): Wood paticleboards made from residues obtained in the veneer production of eucalypt species and provenances
Autor: Guimarães Júnior, José Benedito
Mendes, Lourival Marin
Mendes, Rafael Farinassi
Mori, Fábio Akira
Palavras-chave: Eucalipto - Painéis aglomerados
Eucalipto - Procedência
Resíduos de laminação
Eucalyptus - Particleboards
Eucalyptus - Procedure
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Data da publicação: Out-2011
Referência: GUIMARÃES JÚNIOR, J. B. et al. Painéis de madeira aglomerada de resíduos da laminação de diferentes procedências de Eucalyptus grandis, Eucalyptus saligna e Eucalyptus cloeziana. Cerne, Lavras, v. 17, n. 4, p. 443-452, out./dez. 2011.
Resumo : Com este trabalho, objetivou-se fazer a avaliação de 15 procedências de espécies de Eucalyptus cloeziana,Eucalyptus grandis e Eucalyptus saligna, com idade de 31 anos, sendo que esse teste foi instalado no campus da Universidade Federal de Lavras. Foram fabricados 6 painéis aglomerados para cada procedência, a partir dos resíduos gerados pela laminação desse material. Foi utilizado o adesivo uréia-formaldeído com 8%, e parafina a 1%, ambos com base nos seus respectivos teores de sólidos. Os painéis foram prensados à temperatura de 160ºC, pressão específica de 3,92MPa por tempo de 8 minutos. A partir dos resultados concluiu-se que: em absorção de água, destacou-se a espécie Eucalyptus saligna; em inchamento em espessura, a procedência 43 mostrou melhor desempenho dentro da espécie de Eucalyptus grandis; foram obtidos resultados superiores para Eucalyptus cloeziana no que se refere à compressão e MOE; para Eucalyptus grandis, a procedência de número 10695 apresentou melhores propriedades de MOE e MOR. De forma geral, a procedência 10.695 e as espécies de Eucalyptus grandis foram as que apresentaram maiores potenciais para a produção de painéis aglomerados.
Abstract: This work aimed the evaluation of 15 (fifteen) provenances of three eucalypt species: Eucalyptus cloeziana, Eucalyptus grandis and Eucalyptus saligna. The trees were 31 years old and the test was developed in the campus of the Universidade Federal de Lavras. Six particleboards for each provenance were made by using the residues generated in the veneer production of this material. It was used urea-formaldehyde at 8% resin level and paraffin at 1%, both according to their respective solid content. The boards were produced by using a pressing cycle with temperature of 160 ºC, specific pressure of 40kgf/cm² and pressing time of 8 minutes. From the results, it was concluded that the specie Eucalyptus saligna was the best one in terms of water absorption. The 43 provenance of Eucalyptus grandis showed the best development of thickness swelling. Superior results of compression and elastic modulus were found to Eucalyptus cloeziana. The provenance of number 10695 of the specie Eucalyptus grandis presented the bestresults for elastic and rupture modulus. In general, the provenance 10695 and species of Eucalyptus grandis showed the greatest potential for production of particleboard.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28776
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DCF - Artigos publicados em periódicos



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons